Gordura localizada: o que é e como tratá-la

A gordura localizada tem a sua distribuição nos diversos segmentos corporais influenciados diretamente pelo sexo, produção hormonal e genética

Gordura localizada: o que é e como tratá-la   Artigos Cursos CPT

 

Popularmente conhecida como gordura localizada, tem a sua distribuição nos diversos segmentos corporais influenciados diretamente pelo sexo, produção hormonal e genética. A gordura pode ser depositada em praticamente todas as regiões do corpo. Nas mulheres, localiza-se mais nas regiões do quadril e das coxas, denominando-se de obesidade ginoide ou em forma de pera. “Nos homens, o acúmulo de gordura ocorre preferencialmente na região abdominal, denominando-se de obesidade androide ou em forma de maçã”, afirma Marcelo Quaranta de Vasconcelos Pena, professor do Curso a Distância CPT Massagem Modeladora e Bambuterapia, em Livro+DVD e Curso Online. Outra opção é utilizar óleos para massagem.

Segundo Guirro (2004), o padrão de distribuição de gordura é hereditário e pode ser associado à atividade regional de uma enzima denominada lipase lipoproteica. Esse fator hereditário fará com que o indivíduo, que perdeu gordura em determinadas regiões, se engordar novamente, terá o acúmulo de lipídio nessas mesmas regiões de outrora.

Formas de tratamento


O tratamento da obesidade depende de fatores diversos como o aumento do gasto energético, redução da ingestão calórica, prática de atividade física, o interesse do cliente em modificar hábitos de vida, além da ação educativa que envolve profissionais de áreas distintas como nutricionista, médico, fisioterapeuta, educador físico entre outros. Além desses fatores, existem algumas terapias utilizadas na redução de massa gorda. Dentre estas, podemos citar:

1- Terapia medicamentosa
Pode ser prescrita apenas por profissionais da saúde devidamente capacitados para fazê-lo. Incluem nessa categoria as anfetaminas (anorexígenos), os hormônios tireoidianos, os diuréticos e os laxativos. Em sua grande maioria apresentam efeitos colaterais indesejáveis e com efetividade decrescente após um período de tratamento. São indicados em casos de obesidade mais severa, ou em complicações decorrentes da mesma.

2- Terapia nutricional
Nessa forma de tratamento, é fundamental a participação de um profissional nutricionista que ficará responsável pelo planejamento de uma dieta-padrão compatível com o estilo de vida do cliente, orientando-o a escolher os alimentos compatíveis com a sua necessidade de ingestão calórica, a fim de reduzir os depósitos de gordura. Programas de redução de peso de forma brusca e rápida, não são indicados, e quase sempre não são duradouros, uma vez que a fase seguinte, de manutenção do peso, dependerá de reeducação do hábito alimentar, nem sempre observado nessas dietas ditas “milagrosas”.

3- Terapia física
A atividade física é uma das principais aliadas no tratamento da obesidade e também a mais eficaz. Atua diretamente na elevação do consumo calórico, reduzindo a concentração de gordura em certas áreas do corpo, melhora a circulação arterial e venosa, auxilia a eliminação de água e sal, produz hormônios diretamente relacionados ao estado de prazer e bem-estar, reduzindo assim níveis elevados de ansiedade, dentre outros. Nem sempre, a prática de atividade física leva à redução do peso corporal, uma vez que esta é formada pela massa gorda e pela massa magra e, a segunda, composta pelos músculos e ossos que são mais densos do que a primeira, que é formada por água, gorduras. É claro que o corpo necessita de reservas de lipídio para a sua manutenção e sustentação, porém, no que se refere a questões de estética e saúde, é muito mais aconselhável se ter o peso corporal total ganhando em massa magra do que em massa gorda, nas suas devidas proporções.

5- Massagem
A massagem é tida como uma forte aliada no tratamento da obesidade e da gordura localizada, porém faltam pesquisas de validação científica para atestar essa informação. Na prática de muitos terapeutas corporais, a experiência do tratamento da obesidade associado a outras terapias complementares tem demonstrado bons resultados, seja sob o aspecto físico ou psicológico. De qualquer forma, sabe-se que a nutrição celular, bem como a eliminação de toxinas do produto metabólico, o auxílio ao retorno venoso e a circulação linfática, entre muitos outros benefícios da massoterapia, são de grande valia, não só em tratamentos preventivos diversos, mas também em distúrbios metabólicos.

Quer saber mais sobre o Curso CPT? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Estética e Beleza.
Por Silvana Teixeira.

 

Cursos Relacionados

Curso Massagem Relaxante e Terapia com Pedras Quentes Curso Massagem Relaxante e Terapia com Pedras Quentes

Com Prof.ª Gislene de Oliveira

R$ 498,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Massagem Modeladora e Bambuterapia Curso Massagem Modeladora e Bambuterapia

Com Prof. Marcelo Quaranta

R$ 498,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Massagem Shiatsu Curso Massagem Shiatsu

Com Prof. Marcelo Quaranta

R$ 498,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Estética e Beleza

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade