Adquira 2 ou mais Cursos CPT e ganhe Frete Grátis.

Educação infantil: aprendendo matemática

Um dos objetivos do ensino da matemática deve ser o de desenvolver a capacidade de dedução e não a habilidade para calcular mecanicamente

Linguagem matemática

Um dos objetivos do ensino da matemática deve ser o de desenvolver a capacidade de dedução (raciocínio lógico) e não a habilidade para calcular mecanicamente 

Ainda cedo, a criança faz julgamentos, que é o início do processo de raciocínio. Ela calcula o espaço necessário para passar entre duas cadeiras para apanhar um copo de água sobre a mesa, calcula o quanto deverá levantar a mão para apanhar o copo, quanto de água tem dentro do copo, se quer ou não mais água, o tamanho do copo, em que posição deve colocar o copo para que ele não caia, e assim por diante, em tudo o que faz. Dessa forma, a criança aprende conceitos e habilidades importantes, mesmo antes de iniciar a vida escolar.

“A matemática não deve ser vista pela criança como disciplina ou matéria escolar, mas como uma atividade do pensamento que está em permanente relação com suas atividades diárias na escola, em casa, ou em qualquer outro lugar”, afirmam Luciana Fiel e Eneida Pereira Gondim, professoras do curso Desenvolvimento da Linguagem Matemática, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

 

Um dos objetivos do ensino da matemática deve ser o de desenvolver a capacidade de dedução (raciocínio lógico) e não a habilidade para calcular mecanicamente. Embora a contagem seja importante para a compreensão do próprio conceito de número, aprender números é mais do que contar. Por isso, o conhecimento matemático não pode ser visto como uma simples memorização de fatos.

 

É importante compreendermos que os números são símbolos que representam graficamente uma quantidade de coisas que poderiam ser representadas de outra forma. Assim, antes de descobrir os números, é importante ajudarmos as crianças: dizer quantos têm, mostrar nos dedinhos e brincar com tudo isso. Também é muito importante que os primeiros contatos da criança com a matemática lhe tragam prazer e que ela tenha a sensação de estar fazendo descobertas interessantes.

 

Circunstâncias interessantes do dia a dia da pré-escola

 

- Em um passeio, mencionar os sinais de trânsito, direções e distâncias;

- Quando a criança brinca, mencionar as estimativas, medidas e comparações que ela faz;

- Manter um termômetro de parede na classe;

- Registrar a temperatura do ambiente em um calendário designado para esta atividade;

- Observar o céu e registrar a situação das nuvens a cada dia;

- Elaborar gráficos e estatísticas;

- Fazer contagens regressivas para jogos;

- Fazer divisão para trabalho e brinquedo;

- Selecionar músicas, histórias e jogos, para desenvolver o interesse e uma repetição motivadora dos conceitos apresentados;

- Conceitos quantitativos, tamanhos e formatos contrastantes podem ser utilizados de maneira que pareça informal, mesmo tendo feito parte de um plano feito pelo professor;

- Observações cuidadosas e discussões ensinam à criança muitas palavras quantitativas e seu emprego em situações significativas. Assim, o professor guia a criança para sentir os contrastes e escolher palavras adequadas para expressá-los.

 

Desenvolvimento das atividades

 

A proposta de trabalho em Matemática se baseia na ideia de que há um ambiente a ser criado na sala de aula que se caracteriza pela proposição, investigação e exploração de diferentes situações-problema por parte das crianças. A interação entre as crianças, a socialização de procedimentos encontrados para solucionar uma questão e a troca de informações são elementos indispensáveis nas atividades de matemática em todas as fases da escolaridade.

 

Assim, desde a escola infantil, o desenvolvimento do respeito pelas ideias de todos, a valorização e discussão do raciocínio, das soluções e dos questionamentos das crianças devem ser assegurados pelo professor. Isso gera elementos para a construção de uma comunidade social e intelectual na classe e evidencia a necessidade de muitas oportunidades para o trabalho em grupo, seja em duplas, trios, quartetos ou mesmo a classe toda.

 

A ação pedagógica em matemática, organizada pelo trabalho em grupos, não apenas propicia troca de informações, mas cria situações que favorecem o desenvolvimento da sociabilidade, da cooperação e do respeito mútuo entre as crianças, possibilitando aprendizagens significativas. Para viabilizar um trabalho assim, as brincadeiras infantis são fundamentais.

 

Como propor as brincadeiras

 

Há várias brincadeiras que poderiam ser apresentadas para as crianças de Educação Infantil, tais como as de roda, corda, amarelinha, ou com objetos como bola de gude e boliche. No entanto, elas se diferenciam pelo uso do material ou dos recursos predominantemente envolvidos no ato de brincar. Elas são apresentadas, variando das formas mais simples até as mais complexas, e as de um mesmo tipo não precisam ser esgotadas para se iniciar as de outro.

 

O importante é que o professor vá selecionando as sugestões de atividades mais adequadas à sua turma, podendo trabalhar com dois tipos de brincadeiras por semana. É importante também que o professor abra espaço para brincadeiras que as próprias crianças ou ele mesmo conheçam ou queiram inventar.

 

Uma brincadeira não deve ser feita apenas uma vez, sob pena de muitas crianças não terem chance de se apropriar das regras e dos vários aspectos inerentes a ela. Por isso, o professor propõe, semanalmente, a mesma atividade, durante, aproximadamente, quatro a cinco semanas. Em média, esse é o tempo adequado para permitir a compreensão das regras e para a evolução pessoal de cada criança, em relação à atividade como um todo, sem que se cansem da brincadeira.

 

Entretanto, o professor deve ser muito cuidadoso ao aplicar um jogo ou brincadeira. Os jogos e as brincadeiras devem ser escolhidos e pesquisados com critério e dedicação para que seu real objetivo não se perca. Para as crianças, as brincadeiras possuem como objetivo a recreação e o divertimento. Mas o educador deve sempre ter em mente o objetivo a ser alcançado. Bem planejadas e aplicadas, as brincadeiras auxiliam a criança a despertar seus talentos.

 

A amarelinha colabora para o desenvolvimento e a memorização da sequência numérica. Foto: reprodução

Uma brincadeira legal: amarelinha

 

A amarelinha é uma brincadeira que desenvolve noções espaciais e auxilia diretamente na organização do esquema corporal, da motricidade e força das crianças. A brincadeira é conhecida também como sapata, macaca, academia, jogo da pedrinha e pula-macaco e constitui-se, basicamente, em um diagrama riscado no chão, que deve ser percorrido, seguindo-se algumas regras preestabelecidas.

 

A amarelinha é um jogo que:

 

- Estimula a comparação constante entre as ações dos jogadores;

- Apresenta comparações, que podem estimular anotações gráficas do desempenho de cada um para outras comparações posteriores;

-Exige que os jogadores pesquisem e descubram a quantidade de força que devem usar ao jogar a pedra para acertar o alvo;

- Exige a estruturação dos movimentos corporais, que permitirão as ações de pular no diagrama, o que auxilia o desenvolvimento do raciocínio espacial;

- Colabora para o desenvolvimento e a memorização da sequência numérica.

 

Confira mais informações, acessando os cursos da área Educação Infantil.

 

Por Andréa Oliveira

 

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis PCN - Matemática

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

joelma souza da silva

24 de mai de 2016

Material bom mande sempre que puder

Resposta do Portal Cursos CPT

25 de mai de 2016

Olá Joelma,

Ficamos felizes que goste do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

valdirene M. Mariano de Oliveira

15 de mar de 2016

Que bom ter em mãos estes documentos. Agradeço.

Resposta do Portal Cursos CPT

16 de mar de 2016

Olá Valdirene,

Ficamos felizes que tenha gostado de nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Roziane

4 de mar de 2016

Encontrei nesse artigo tudo que precisava para realizar minhas atividade, obrigada e parabéns pelo trabalho.

Resposta do Portal Cursos CPT

4 de mar de 2016

Olá Roziene,

Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Maria de Lurdes Sousa

6 de nov de 2015

Muito bom o artigo. Contribuiu para preparar uma formação sobre "Dedução Matemática na Educação Infantil". Gostei muito. Divulgarei o site na escola.

Resposta do Portal Cursos CPT

9 de nov de 2015

Olá, Maria de Lourdes!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

ROSELI BENTO BRAZ

23 de mai de 2015

Muito bom o artigo, todos deveriam ler, pois desmistifica que matemática é só calculo, e que esse calculo não pode conter erros.

Resposta do Portal Cursos CPT

25 de mai de 2015

Olá, Roseli!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Ficamos felizes que tenha gostado do nosso artigo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

luciana Golarte

16 de jul de 2014

Muito bom o artigo ele nos oferece caminhos interessantes para (re)pensar a matemática na Ed. Infantil.

Resposta do Portal Cursos CPT

16 de jul de 2014

Olá, Luciana!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Ficamos felizes que tenha gostado do artigo sobre "A matemática na Educação Infantil".

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Conceição Braga

2 de mar de 2014

Muito importante e um assunto que faz parte do nosso dia a dia, inclusão de muitas atividades q trazem desenvolvimento para a disciplina matemática, vale colega de profissão.

Resposta do Portal Cursos CPT

5 de mar de 2014

Olá, Conceição!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

edineia sargses ferrira

17 de jan de 2013

A vida se torna tão maravilhosa quando vivemos juntos as nossas crianças do nosso Brasil! E este artigo veio me dar mas conhecimento para trabalhar de modo mas dinâmico em minhas práticas educativas.

Resposta do Portal Cursos CPT

17 de jan de 2013

Olá, Edineia!

Ficamos felizes por sua visita e seu comentário.

Não deixe de acessar o site para ficar por dentro de conteúdo em sua área de interesse.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Cursos Relacionados

Curso Desenvolvimento da Linguagem Matemática Curso Desenvolvimento da Linguagem Matemática

Com Prof.ª Luciana Fiel

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Educação Infantil - Linguagem Oral e Escrita Curso Educação Infantil - Linguagem Oral e Escrita

Com Prof.ª Eneida Pereira e Prof.ª Luciana Fiel

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Educação Infantil - Educação Financeira e Empreendedorismo Curso Educação Infantil - Educação Financeira e Empreendedorismo

Com Prof.ª Michelle Lelis

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Educação Infantil - Literatura Infantil e Contação de  Histórias Curso Educação Infantil - Literatura Infantil e Contação de Histórias

Com Prof.ª Maria Cortes

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Outros artigos relacionados à área Educação Infantil

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade