WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Conheça nossos Cursos Profissionalizantes (combos) com 40% de DESCONTO

Educação infantil - 17 princípios fundamentais de inclusão de crianças com TDA/H

Dentro das escolas inclusivas, as crianças com TDA/H (transtorno do déficit de atenção e hiperatividade) devem receber qualquer apoio extra de que possam precisar para uma educação efetiva

Uma criança com déficit de atenção isola-se das demais, o que prejudica o seu desenvolvimento educacional.

Uma criança com déficit de atenção isola-se das demais, o que prejudica o seu desenvolvimento educacional.

De acordo com os avanços e os estudos das neurociências, torna-se constante o número de crianças diagnosticadas com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDA/H) inseridas no contexto escolar. Trabalhar com uma criança que apresente o transtorno de déficit de atenção com hiperatividade é um trabalho árduo, que necessita de muito empenho, dedicação, conhecimento e uma intensa relação com a família, que precisa ser acolhida pela escola. Com isso, o resultado será gratificante e maravilhoso.

Processo de inclusão

A inclusão é uma possibilidade que se abre para o aperfeiçoamento da educação escolar e para o benefício de todos os alunos, valorizando suas peculiaridades, independente de serem ou não portadores de necessidades especiais. Dentro das escolas inclusivas, as crianças com necessidades educacionais especiais devem receber qualquer apoio extra de que possam precisar para uma educação efetiva. Entretanto, deve-se contar com a disponibilidade de todos os envolvidos no processo para lidar com tais inovações.

“O princípio fundamental da educação inclusiva é que todas as crianças deveriam aprender juntas, independentemente de quaisquer dificuldades ou diferenças que possam ter”, afirmam Paulo Mattos, Sérgio Bourbon e Luciana Fiel, professores do curso A Criança e o TDA/H – Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Princípios fundamentais de inclusão

1. Direcionamento para a comunidade, processo social;
2. Possibilidades de que todas as crianças atinjam seu potencial máximo;
3. Privilegiamento das relações sociais entre todos os participantes, colaboração e participação;
4. Mudança de papéis e de responsabilidades dentro das escolas;
5. Estabelecimentos de infraestrutura de serviços e suporte;
6. Parceria com os pais;
7. Ambientes educacionais flexíveis;
8. Estratégias baseadas em pesquisas, equipe técnica, professores, alunos, pais e universidade;
9. Estabelecimento de novas formas de avaliação;
10. Garantia de acesso à escola para todos;
11. Continuidade do desenvolvimento profissional da equipe técnica/formação continuada;
12. Monitoramento e reavaliação constante do processo;
13. Educação de qualidade para todos;
14. Crença de que as crianças possam aprender juntas, embora tenham ritmos e processos diferentes;
15. Suporte técnico aos professores de classes comuns e ou atuação colaborativa de professor especializado em educação especial;
16. Estabelecimento de formas criativas de atuação com as crianças com necessidades educativas especiais;
17. Alargamento do conceito de necessidades educativas especiais, incluindo, além dos alunos que apresentem necessidades educacionais especiais, os que apresentam dificuldades temporárias ou permanentes na escola, os que estejam repetindo anos escolares, os que sejam forçadas a trabalhar, os que vivem nas ruas, os que moram em locais distantes de qualquer escola, os que vivem em condições de extrema pobreza, os que sejam vítimas de abusos, os que estão fora da escola por qualquer motivo, os que apresentam altas habilidades/superdotação e/ou déficits.

Estratégias para o professor

Quando a criança vai para a escola e, desde o primeiro dia de aula, apresenta-se inquieta, tira os brinquedos do lugar, esparrama todos pelo chão quase sem usá-los, toma dos colegas, pega outro e outros, sem deter-se em nenhum, interrompe permanentemente a professora, atrapalha as brincadeiras de outras crianças, responde impulsivamente e de forma exagerada aqueles que a molestam, esta poderá ser portadora de transtorno de déficit de atenção/hiperatividade. Principalmente, se apresentar esse típico comportamento em casa, na escola e na sociedade.

Com certeza, será o professor que facilmente detectará e perceberá que o aluno está apresentando problemas de atenção, de aprendizagem, de comportamento ou problemas emocionais/afetivos e sociais. Sendo assim, o primeiro passo que o professor deve tomar, na tentativa de solucionar os problemas, é verificar o que realmente está acontecendo. Esta primeira avaliação deve ser feita por um grupo dentro da escola, levando em consideração o comportamento do aluno em várias atividades e situações.

O que deve fazer o professor?

- Ensine a esta criança pequenas coisas como cartões de lembretes, versos, rimas, parlendas, músicas, códigos, trava-língua e outras dicas que servirão de estímulos para o desenvolver a memoria;
- Use resumos e explique resumidamente, pois estas técnicas não são fáceis para as crianças com TDA/H, mas uma vez aprendidas podem ajudá-las a estruturar e moldar o que está sendo ensinado;
- Avise sobre o que vai falar antes de falar;
- Simplifique as instruções, as opções e as programações;
- Palavreado mais simples será mais facilmente compreendido;
- Quando for avaliar, faça de forma individual, adotando vários critérios e nunca compare o desenvolvimento do hiperativo com o restante da turma;
- Pense em conteúdo sim. Da mesma maneira,  pense e priorize a forma lúdica do aprender.

Quando a criança interrompe permanentemente a professora e atrapalha as brincadeiras de outras crianças, esta poderá ser portadora de transtorno de déficit de atenção/hiperatividade.

Quando a criança interrompe permanentemente a professora e atrapalha as brincadeiras de outras crianças, esta poderá ser portadora de transtorno de déficit de atenção/hiperatividade.

Técnicas e dinâmicas a serem trabalhadas

CHAMAR E PRENDER A ATENÇÃO
Uso de novidades e incentivos, técnicas de questionamentos eficazes, uso de cd player, data show, entre outros.

MANEJO DA SALA
Clareza na comunicação e nas expectativas, uso de colegas tutores, uso do controle por proximidade, repetição das instruções feitas pelos alunos, sinais, elogios e reforço nas horas de transição, revisão de regras e automonitoramento no trabalho em grupo.

APRENDIZAGEM ATIVA E OPORTUNIDADES PARA ALTA INCIDÊNCIA DE RESPOSTA
Aprendizagem cooperativa, utilizando parceiros, membros dos grupos com parceiros predeterminados, dar responsabilidade de automonitoramento, resposta em grupo ou no quadro negro.

ORGANIZAÇÃO E HÁBITOS DE ESTUDO
Utilização dos programas e expectativas da escola, utilização de cadernos e agendas de tarefas, com tarefas bem definidas e expostas em sala, utilizando sistema de estudo colega/parceiro.

INSTRUÇÕES MULTISENSORIAIS E ACOMODAÇÕES PARA DIVERSOS ESTILOS DE APRENDIZAGEM
Utilização de ritmos e melodias com instruções apresentadas visual e auditivamente, uso dos computadores e atividades tipo mão na massa, ambiente focalizado no trabalho dos alunos, opções de cantinhos e áreas de estudo, uso de fones de ouvido e outros instrumentos, exercícios de relaxamento/alongamento.

MODIFICACÕES DA PRODUCÃO DA ESCRITA
Apresentações de trabalhos escritos e orais, atividades e tarefas mais curtas, desenvolver habilidades da escrita no teclado e atividades com tipos variados de papel.

PRÁTICAS COLABORATIVAS
Equipes formadas pelos alunos para realizar trabalhos, enfatizar a parceria com os pais, ensinar o trabalho em equipe para desenvolver disciplina.

Leia o artigo relacionado ao tema: Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade na criança.

Confira mais informações, acessando os cursos da área Educação Infantil.

Por Andréa Oliveira.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis LDB Completa e Atualizada

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

eliane lima pires

29 de abr de 2013

Ótimo, curso, quero fazer;

Resposta do Portal Cursos CPT

30 de abr de 2013

Olá, Eliane!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Nossas consultoras entrarão em contato para mais informações sobre o curso A Criança e o TDA/H - Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!