WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Brinquedos com sucata: uma forma criativa de educar

O brinquedo certo é uma forma de estimular a atividade criadora e a percepção infantil, possibilitando à criança desenvolver a inteligência

 

Brinquedos com sucata

De forma criativa, utilizando materiais de sucata, poderão ser criados os mais variados e interessantes brinquedos

A ação de brincar e o interesse da criança evoluem conforme sua faixa etária, seu desenvolvimento sócio-afetivo, seus hábitos culturais. Por meio da brincadeira, a criança aprende, exercita suas habilidades, percebe, fascinada, coisas novas, repete sem parar o que gosta, explora e pesquisa o que há de novo ao seu redor. Estudos mostram que crianças que brincam bastante serão adultos mais ajustados e preparados para a vida. É brincando que se descobre como enfrentar situações de medo, dor, angústia, alegria ou ansiedade.

Brincar é um verdadeiro fenômeno. Uma criança consegue brincar ainda que não possua brinquedos. Entretanto, afirmam os educadores, uma vez que se pensa em dar um brinquedo a uma criança, é importante que ele seja adequado à sua idade e ao seu desenvolvimento”, afirma Luciana fiel, professora do curso Confecção de Brinquedos com Sucata e Dobradura, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

 

O brinquedo pode ser uma pipa, um carrinho, uma pá, uma boneca de pano, como pode ser uma folha caída da árvore, pedrinhas achadas no chão, tampinhas e caixinhas de papel. O brinquedo certo é mais do que um meio de gerar consumo e lazer. Ele é também uma forma de estimular a atividade criadora e a percepção infantil, possibilitando à criança desenvolver a inteligência, dotando-a de maior capacidade de apreensão e compreensão.

 

RELAÇÃO IDADE E TIPO DE BRINQUEDO

 

Até 1 ano

Móbiles, brinquedos de borracha, bolas com textura macia, painéis e brinquedos sonoros.

 

De 1 a 2 anos

Argolas, caixas grandes, objetos com tampa, bolas, brinquedos de encaixe simples, livrinhos de histórias de pano, plástico ou papel , com figuras coloridas, cubos para empilhar, jogos de encaixe de pinos, velocípedes, cavalinhos de madeira, bonecas, brinquedos de puxar.

 

De 2 a 4 anos

Casa de bonecas, carrinhos para empurrar, brinquedos de encaixe com três elementos, cubos coloridos, discos/fitas de historinhas, massa de modelar, argila, formas, brinquedos musicais, lápis de cera, bicicletas.

 

De 5 a 6 anos

Jogos com números, material de desenhos e pintura, livros de histórias com enredo definido, bonecos para colecionar, brinquedos com controle remoto.

 

De 6 a 7 anos

Livros, jogos com mais concentração, pipas, bola aplicada a jogos coletivos (vôlei).

 

É necessário que a criança brinque para expressar suas fantasias, seus desejos e experiências, pois, no mundo do faz de conta, é possível destruir o que incomoda, sejam pessoas ou situações, e reconstruí-los, novamente, colocando-se no mundo externo à própria realidade interna, sem danos e culpas inadequadas; para dominar as suas angústias e os seus medos, provenientes de fantasias mescladas, muitas vezes, com a realidade.

 

Brincar é importante para o desenvolvimento cognitivo, para o desenvolvimento da linguagem e para a socialização. As crianças brincam para buscar prazer, para expressar agressão, para controlar a ansiedade, para estabelecer contatos sociais, para realizar a integração da personalidade e, por fim, para comunicar-se com as pessoas.

 

De forma criativa, utilizando materiais de sucata, poderão ser criados os mais variados e interessantes jogos sem gastar praticamente nada, como por exemplo:

 

  •   Caixas de vários tamanhos;

  •   Latinhas de cerveja e refrigerante;

  •   Garrafas de refrigerante;

  •   Tampinhas de variados tamanhos e cores ;

  •   Latas de conserva;

  •   Garrafas de plástico;

  •   Embalagens de leite e suco;

  •   Embalagens de iogurte, bliss, yakult e outros;

  •   Palitos de picolé e fósforo.

 

Com o material de sucata, a criança, sob a orientação do professor, pode confeccionar variados tipos de enfeites, brinquedos e jogos. Esse material confeccionado, de acordo com a criatividade de cada um, pode envolver diversos conteúdos como: matemática, ciências, entre outros.

 

Confecção de brinquedos

 

Boneco-peteca

 

Descrição: O jornal é um material diferente para ser usado com crianças de quatro a seis anos. Usando a criatividade, a professora vai orientar as crianças a confeccionar uma peteca e, logo em seguida, sobre o que a peteca pode virar.

 

       Material usado:

  •   Jornal;

  •   Fita durex;

  •   Tinta guache;

  •   Pincel atômico preto e vermelho;

  •   Pincel grosso .

     

    Confecção:

  •   Rasgar o jornal formando tiras largas ;

  •   Unir as pontas do jornal picado;

  •   Dobrar ao meio as tiras de jornal ;

  •   Envolver a dobra com fita durex;

  •   Sugerir que as crianças brinquem com peteca;

  •   Virar a dobra para cima;

  •   Formar amassando o jornal as pernas e os braços;

  •   Desenhar ou pintar olho boca e nariz no boneco .

Objetivo: Proporcionar condições à criança para que ela possa exercitar o controle motor, como rasgar, picar e amassar; expressão corporal e percepção visual.

Jogo de argolas

O jogo de argola consiste em um conjunto de 10 garrafas descartáveis, em cores diferentes, numeradas de 1 a 10

 

Jogo de argolas

 

Descrição: O jogo de argola consiste em um conjunto de 10 garrafas descartáveis, em cores diferentes, numeradas de 1 a 10, e num conjunto de material de contagem com as mesmas cores das garrafas e argolas.

 

       Material usado:

  •   Garrafa;

  •   Papel crepom;

  •   Papel fantasia ;

  •   Argolas;

  •   Tesoura;

  •   Cola;

  •   Durex largo.

     

    Confecção:

  •   Colocar uma porção de areia no fundo da garrafa;

  •   Cortar papel crepom em tiras e colocar em cada garrafa uma cor;

  •   Fechar a garrafa;

  •   Cortar tampas de plástico no tamanho que encaixem nas garrafas para servir de argolas ;

  •   Recortar em papel preto os numerais de 1 a 10 e colar um em cada garrafa.

Objetivo: Este jogo de argolas desenvolve a percepção visomotora das crianças, auxiliando-as na identificação de cores, relação número/quantidade, classificação e correspondência. Jogos de regra possibilitam uma aproximação da criança com os conhecimentos matemáticos e incentivam-na a desenvolver estratégias de resolução de problemas.

 

Confira mais informações, acessando os cursos da área Educação Infantil.

Por Andréa Oliveira

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Elaine Auxiliadora Mauricio Neves

19 de mai de 2017

Gostei muito.Vou utilizar esse texto para trabalhar com as aluna do Curso Normal Em Nível Médio e postarei também no blog: http://supervisoraelaine.blogspot.com.br/ juntamente com as fotos que eu tirar(alunas com as caixas de Sucata).Obrigada.

Resposta do Portal Cursos CPT

19 de mai de 2017

Olá Elaine,

Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo. Só pedimos que realize as seguintes citações.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Luiz Martins Alves

2 de fev de 2016

Gostei muito deste material e etou utilizando as dicas com meus alunos de pedagogia. Muito obrigado

Resposta do Portal Cursos CPT

3 de fev de 2016

Olá, Luiz!

Agradecemos pela visita e comentário em nosso site.

Ficamos felizes em saber que o nosso conteúdo esteja lhe ajudando. Não deixe de nos visitar. Diariamente atualizamos nossas postagens de forma a privilegiar nossos alunos das mais diversas áreas do conhecimento.

Atenciosamente,

Silvana Teixeira.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!