WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

6 dicas para economizar no enxoval do seu bebê

Será inevitável cometer um exagero aqui e outro ali, mas algumas dicas e um bom planejamento farão com que você acerte em cheio ao montar o enxoval do seu bebê, com grande economia.

6 dicas para economizar na montagem do enxoval do seu bebê. Curso CPT Da Gestação ao Nascimento do Bebê

 

Você fez o teste e o resultado deu positivo? Parabéns mamãe! Que o seu filho venha cheio de saúde, amor e que tenha uma vida cheia de glórias. Ah! E por falar em amor, prepare-se para um momento muito especial, em que cada minuto deve ser desfrutado com muito carinho e cuidados... É chegada a hora de começar a montar o enxoval do seu bebê. Para deixar a sua imaginação cheia de sonhos encantados, nada melhor do que perder horas e horas namorando as lindas roupinhas e acessórios para bebês, exibidos nas vitrines e nos sites especializados. Com certeza, será inevitável cometer um exagero aqui e outro ali, afinal até os exageros fazem parte do momento. Mas, para você que não pretende exceder nas compras, um bom planejamento fará com que você acerte em cheio ao montar o enxoval do seu bebê, com grande economia. Veja as dicas abaixo:

1- Compre poucos sapatinhos

Tudo bem que eles são encantadores, mas adquirir sapatinhos variados só fará com que você gaste boa parte do orçamento com um item que, na verdade, só será usado, pelo menos nos primeiros meses, para bater fotos ou compor o visual. Lembre-se: os bebês não sabem andar e ficam boa parte do tempo sobre berços ou carrinhos.

2- Não faça estoque produtos

Não há como saber se o seu bebê será ou não alérgico a alguns produtos. Portanto, mais uma vez, nada de gastar dinheiro estocando produtos como óleos, cremes, pomadas, fraldas descartáveis, sabonetes, lenços umedecidos, entre outros. Além disto, mesmo que não sejam alérgicos, gasta-se muito pouco com os bebês (com exceção das fraldas). As pomadas, por exemplo, duram por meses.

3- Compre roupinhas confortáveis

Nos primeiros meses de vida de seus bebês, as mamães devem se preocupar, na verdade, em vestir seus filhos confortavelmente e não luxuosamente. Neste sentido, saias de tule, vestidos, camisas, coletes, e várias outras roupinhas de zíperes, colchetes ou botões, além de nada de úteis e confortáveis, irão dar muito trabalho na hora de trocar a fralda. Compre, sim, pagãozinhos, blusinhas e calças de malha. Conferir a estação do ano em que o bebê vai nascer também ajuda ao montar o enxoval, mas é importante lembrar que as mudanças climáticas acontecem sem aviso prévio e, portanto, você deverá ter algumas roupinhas de outras estações à disposição.

4- Não se precipite. Nada de exagerar na decoração do quartinho

Assim como no caso dos produtos, o excesso de “coisas” no quartinho do seu bebê pode piorar o seu estado de saúde em caso de alergias. Por mais lindos que sejam os kits de berço, os bichinhos de pelúcias, as cortinas de babados, os quadros, estantes e tapetes fofinhos, esses acessórios acumulam poeira e sujeira. Portanto, muita cautela! Para muitos médicos pediatras, quanto mais simples e vazio estiver o quartinho do bebê, melhor.

5- Compre um bom carrinho multiúso

Pense bem antes de comprar o carrinho do seu bebê. Este é um investimento que realmente vale a pena e você não poderá errar na escolha. Leve em consideração a frequência que você terá de sair com ele, as condições das vias públicas e calçadas, o trânsito, entre outros. Adquira um modelo de carrinho que seja prático, confortável, forte e leve. Se puder aliar com a beleza, ótimo. Caso contrário, use sua imaginação para deixá-lo tão atrativo quanto os outros.

6- Ignore objetos desnecessários

Objetos como: aquecedor de lenço umedecido, aspiradores nasais, lixeira especial que disfarça o cheiro das fraldas sujas, tapa xixi e capa de chuva para o carrinho do bebê, por exemplo, são completamente desnecessários e inviáveis no uso do dia a dia. O melhor mesmo, é usar água morna, sabão neutro e algodão na assepsia do seu bebê; jogar o lixo caseiro, diariamente, na lixeira urbana (no horário recomendado pelo serviço público de limpeza da sua cidade); comprar apenas aquilo que você sabe usar, que efetivamente funciona e que consegue carregar quando tiver de sair.

Por Silvana Teixeira.

Conheça o Curso CPT Da Gestação ao Nascimento do Bebê.

Fonte: revistacrescer.globo.com/Gravidez/Enxoval-e-Decoracao/

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!