Coqueiro anão: solo e clima aumentam a lucratividade da cultura

Para que a produtividade do coqueiro anão aumente ainda mais e gere lucros ao produtor rural, é preciso considerar o tipo de solo e o clima onde a cultura será implantada

Produção de coco anão

 

Em geral, a produção de coco anão tende a ser bastante lucrativa, visto que a planta possui rusticidade e adaptabilidade às mais diversas regiões. Entretanto, não somente tais características promovem o sucesso da cultura, é preciso também considerar o tipo de solo e o clima, para que a produtividade do coqueiro anão aumente ainda mais e gere lucros ao produtor rural.

O solo

O solo onde a cultura de coco anão será implantada é primordial, pois ele é o responsável por fornecer à planta água de qualidade e os nutrientes necessários para o pleno desenvolvimento do coqueiro, além de servir como suporte para a fixação adequada da planta. Daí a importância de sua textura e propriedades físicas.

coqueiro anão prospera melhor em solos com boa drenagem e de composição arenosa. Isso é fator-chave para que a planta absorva constantemente os nutrientes contidos no solo, já que seu crescimento e produtividade são contínuos.

Da mesma forma, o coqueiro anão exige uma boa aeração do sistema radicular e um solo de textura média, para que suas raízes penetrem facilmente e se fixem melhor. Assim, será capaz de retirar dele tudo o que precisa para se manter saudável e forte para produzir.

O clima

De acordo com o professor Luiz Ângelo Mirizola Filho, do Curso CPT Produção de Coco Anão para Consumo de Água, além do solo, alguns fatores climáticos proporcionam ótima produtividade do coqueiro anão, como a temperatura, a pluviosidade, a umidade relativa do ar e o vento.

A temperatura ideal para se produzir coco anão oscila entre 18 e 34°C. Isso porque o coqueiro anão é uma planta típica de clima tropical, em regiões consideravelmente quentes. Por isso, a planta não produz bem em climas frios, principalmente em temperaturas abaixo de 15°C. Culturas implantadas nessa faixa interrompem seu desenvolvimento e param de produzir de forma adequada.

O índice pluviométrico da região de produção de coco anão deve ser alto. Isso porque a planta é muito exigente em água. Por isso, a intensidade das chuvas e a sua distribuição devem ser suficientes para que o coqueiro anão se desenvolva normalmente, tendo plena produtividade.  
 
A umidade relativa do ar requerida pela planta varia entre 65 e 85%. Se a umidade estiver abaixo de 50%, a produção do coqueiro será prejudicada, pois absorverá pouca água da atmosfera. Lembre-se que a planta é bastante exigente em água. Entretanto, se a umidade for excessivamente alta, mais que 90%, os cocos cairão do pé antes da época.

O vento pode ser prejudicial para os coqueiros, se forem muito fortes. Os prejuízos poderão ir da queda das inflorescências e dos frutos, até a queda das folhas e o tombamento do coqueiro anão.

Não perca tempo! Faça o Curso CPT Irrigação do Coqueiro Anão na versão Online pela Universidade Online de Viçosa - UOV.

Por Andréa Oliveira.

Fonte: Embrapa.


Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis As Principais Pragas do Coqueiro

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

marli Ferreira

30 de mai de 2019

Tenho um sitio aqui no MS, o solo é terra amarela. Gostaria de saber se posso produzir nessa e área, e quantas plantas por hectare. Obrigada Aguardo a resposta

Resposta do Portal Cursos CPT

3 de jun de 2019

Olá Marli Ferreira,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

O ideal é realizar uma amostragem de solo e enviar para um laboratório de análises. Com o resultado em mãos, procure um agrônomo, para que ele possa realizar as recomendações indicadas para o cultivo em sua área.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

wagner de jesus canedo

11 de out de 2015

tenho 1000 pés de coco no goiás não estou conseguindo combater ácaro já coloquei óleo de algodão e tbm vertimec não para de cair tem mais cem mil cocos no chão

Resposta do Portal Cursos CPT

13 de out de 2015

Olá, Wagner!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso sitw. Poucas são as alternativas de controle, sendo a aplicação de acaricidas a principal opção. No Brasil, existem apenas cinco acaricidas registrados para o controle dessa praga – abamectina, azadiractina, espirodiclofeno, fenpiroximato e hexitiazoxi. Estes produtos devem ser utilizados conforme recomendação dos fabricantes, a partir do aparecimento dos primeiros danos – cloroses em formato triangular – nos frutos dos cachos novos. Isso garante eficiência no controle. Mas, para mais informações é necessário que consulte um especialista para mais informações.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Cursos Relacionados

Curso Irrigação do Coqueiro Anão Curso Irrigação do Coqueiro Anão

Com Prof. Dr. Ângelo Mirisola

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Adubação do Coqueiro Anão Curso Adubação do Coqueiro Anão

Com Prof. Dr. Ângelo Mirisola

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção de Coco Anão para Consumo de Água Curso Produção de Coco Anão para Consumo de Água

Com Prof. Dr. Ângelo Mirisola

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Outros artigos relacionados à área Cultivo e Processamento de Coco

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade