Esquema de vacinação para suínos

É importante vacinar os suínos adequadamente para garantir a saúde deles

Criação de suínos

Cuidar da saúde dos animais é fundamental para o sucesso da criação. Na criação de suínos, a prevenção de doenças é peça-chave para garantir o bem-estar dos animais e a máxima produtividade deles. A melhor forma de prevenção é a vacinação desses animais que deve ser realizada em diferentes estágios da vida deles e de forma minuciosa, podendo não ter valia se não aplicadas corretamente.

As principais doenças que acometem esses animais são a rinite atrófica, a parvovirose, a pleuropneumonia, a leptospirose, a pneumonia por micoplasma, a doença de aujesky e a erisipela. Cada uma apresenta sintomas típicos e devem seguir esse esquema de vacinação:


Rinite atrófica


Os suínos doentes apresentam perda de peso, destruição dos cornetos e espirros. Para leitões, a 1ª dose deve ser feita em 7 dias e o reforço em 28; para marrãs, a vacina deve ser ministrada 6 e 3 semanas pré-parto; para matrizes, 4 e 2 semanas pré-parto e para cachaços semestralmente.


Parvovirose


Os sintomas são leitegadas pequenas e mumificação. Em marrãs, aplicar 6 e 3 semanas pré-cobertura; em matrizes, 4 e 2 semanas pré cobertura e semestralmente em cachaços.


Pleuropneumonia


Causa perda de peso e mortalidade entre os suínos. Para leitões, a 1ª dose deve ser aplicada entre 4 e 5 semanas de vida e o reforço 3 semanas após; marrãs devem receber a vacina 6 e 3 semanas pré-parto; matrizes 4 e 2 semanas pré-parto; cachaços, semestralmente.


Leptospirose


Provoca aborto e o nascimento de leitões fracos. Nos leitões, aplicar a 1ª dose no desmame e o reforço após 3 semanas; em marrãs, 6 e 3 semanas pré-cobertura; em matrizes 4 e 2 semanas pré-cobertura e em cachaços, semestralmente.


Pneumonia por micoplasma


Essa doença provoca tosse, espirros e perda de peso. A vacina deve ser aplicada somente em leitões, com aplicação da 1ª dose com 7 dias de vida e o reforço com 28.


Doença de aujesky


Também provoca aborto e alta mortalidade em leitões. Aos 65 dias de vida, os leitões devem receber vacina para essa doença; as marrãs, 6 e 3 semanas pré -cobertura; matrizes 4 e 3 semanas pré-parto e os cachaços, semestralmente.


Erisipela


Caracterizada pelo aparecimento de lesões cutâneas, morte súbita e artrite. 1ª dose no desmame e o reforço após 3 semanas para leitões; para marrãs, 6 e 3 semanas pré-parto; matrizes 4 e 2 semanas pré-parto e cachaços, semestralmente.

 


Conheça os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD e Cursos Online da Área Suinocultura:

Manejo de Leitões do Nascimento ao Abate
Criação de Suínos em Camas Sobrepostas
Criação de Suínos – Manejo de Reprodutores e Matrizes


Fonte: Saúde Animal – saudeanimal.com.br


por Renato Rodrigues

Cursos Relacionados

Curso Criação de Suínos - Manejo de Reprodutores e Matrizes Curso Criação de Suínos - Manejo de Reprodutores e Matrizes

Com Prof. Dr. Paulo Brustolini

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Manejo de Leitões do Nascimento ao Abate Curso Manejo de Leitões do Nascimento ao Abate

Com Prof. Dr. Paulo Brustolini

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Criação de Suínos em Camas Sobrepostas Curso Criação de Suínos em Camas Sobrepostas

Com Prof. Remi José Sterzelecki

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

MARINA

18 de mai de 2018

Gostaria de receber e-mail, esquema de vacinas de leitões

Resposta do Portal Cursos CPT

18 de mai de 2018

Olá Marina,

Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Outros artigos relacionados à área Suinocultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade