WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Criação de suínos no sistema de camas sobrepostas é alternativa agroecológica

A criação intensiva de suínos em cama sobreposta é uma alternativa para solucionar os problemas da poluição ambiental e dos odores ocasionados pelo manejo líquido do esterco dos animais

https://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia1885/m-suinos-camas-sobreposta.jpg

A criação de suínos em camas constitui-se como uma  alternativa “agroecológica”.

Atualmente, o sistema de produção intensiva predomina na exploração suinícola, o que tem gerado grande preocupação, principalmente no que se refere às questões ambientais, em função do grande poder poluente, que chega a ser quatro a cinco vezes maior que o do homem. Essa é uma das atividades que, se não for conduzida com responsabilidade e com a adoção de técnicas adequadas à realidade atual de expansão e concentração, é capaz de trazer sérios problemas ao ambiente, principalmente a contaminação do solo e das águas, proliferação de vetores e geração de odores.

Nesse contexto, o correto manejo dos dejetos de suínos é o maior desafio que as regiões de produção intensiva têm que enfrentar em função dos problemas de poluição, dos custos e dificuldades de tratamento, de armazenamento, de transporte, de distribuição e de utilização na agricultura. Isso torna a criação de suínos pelo sistema tradicional cada vez mais onerosa aos criadores.

Por isso, num esforço para facilitar a vida tanto de grandes como de pequenos produtores, desenvolveu-se, recentemente, uma nova técnica capaz de resolver tanto as questões ambientais, como os problemas de investimento. Trata-se do sistema que ficou conhecido como criação em camas sobrepostas.

A principal vantagem da criação de suínos em camas é que ela se constitui numa alternativa “agroecológica”, na qual os dejetos formam uma compostagem dentro da própria edificação, reduzindo assim os riscos de poluição ambiental, melhorando, inclusive, sua valorização agronômica. Outras vantagens relevantes são o baixo custo de investimento; respeito à legislação ambiental; menor agressão aos animais e consumo de água; diminuição das expressões de vícios, como as brigas e o canibalismo; diminuição de moscas e odores, da mortalidade; uniformidade dos lotes; melhor ganho de peso, qualidade da carne e marketing de venda.

Esse sistema consiste na criação de suínos em ambientes mais amplos, com a colocação de camas de diversos tipos, sendo mais conhecidas e utilizadas as constituídas  com casca de arroz; maravalha ou sepilho; serragem; palha de trigo; palha de milho; feno em geral; bagaço de cana e sabugo moído. O produtor deve escolher o material que tenha mais disponibilidade em sua região, levando em consideração também o custo do produto e as facilidades de transporte, capazes de garantir assim um abastecimento permanente da propriedade.

Ao escolher o material a ser utilizado como cama, é muito importante que o produtor se informe sobre a sua procedência. É indispensável saber se esse não está contaminado com produtos químicos ou por algum tipo de fungo, capazes de causar problemas de ordem sanitária nos animais. Seja qual for o tipo de cama utilizada, é importante que ela seja armazenada em locais apropriados, com uma umidade máxima de 50%.

https://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia1885/m-criacao-suinos-cama-sobreposta.jpg

A cama absorve os dejetos produzidos pelos animais durante o processo de criação.

A cama absorve os dejetos produzidos pelos animais, líquidos e sólidos, durante o processo de criação. Esses acabam se transformando em matéria orgânica de alto valor nutritivo, que poderá ser empregada em diversos tipos de lavoura.

Consciente das dificuldades na implantação e manutenção de um sistema de criação de suínos e preocupado com a preservação ambiental, o CPT – Centro de Produções Técnicas, em convênio com a EMATER do Paraná, elaborou o curso  “Criação de Suínos em Camas Sobrepostas” abordando informações técnicas necessárias para a implantação e manutenção desse novo e lucrativo sistema de criação. Nele você receberá  informações do engenheiro agrônomo Remi José Sterzelecki, mestre em suinocultura pela UFRS, coordenador do Programa Estadual de Suinocultura da EMATER – PR. Conta, ainda, com a colaboração dos engenheiros agrônomos Luiz Feitosa dos Santos e Júlio Carlos B. Veiga Silva.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On-line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

Diante do exposto, o sistema de criação de suínos em cama sobreposta apresenta-se como altamente interessante aos produtores, atendendo às expectativas da criação tanto nas questões econômicas quanto nas relacionadas à sustentabilidade.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!