WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Cria porcos? Opte por camas sobrepostas e livre-se de problemas

O sistema de criação de porcos em camas sobrepostas resolve não só o problemas relativos às questões ambientais, como os problemas de investimento

Cria porcos? Opte por camas sobrepostas e livre-se de problemas   Artigos CPT

O sistema mais comum de criação de suínos no Brasil, até os dias de hoje, é aquele desenvolvido em granjas de piso ripado, total ou parcialmente. “Grande erro dos suinocultores, diga-se de passagem, pois nesse sistema os animais ficam confinados em ambientes pequenos, em contato permanente com seus dejetos, o que acaba causando uma série de problemas, tais como mau cheiro, proliferação de insetos, desconforto para os animais, e más condições de trabalho para os operadores”, explica Prof. Remi José Sterzelecki, do Curso CPT Criação de Suínos em Camas Sobrepostas.

Nesse sistema de criação de suínos, nas fases de crescimento e terminação os dejetos são manejados internamente sob o piso ripado ou externamente em canaletas abertas e ambos exigem a utilização de esterqueiras ou de lagoas para o armazenamento dos dejetos líquidos. O volume total dos dejetos líquidos conduzidos (dejetos produzidos pelos animais + perda de água dos bebedouros + água utilizada na limpeza) requer grandes estruturas para o armazenamento (os órgãos de fiscalização ambiental preconizam um tempo mínimo de 120 dias de retenção, áreas com culturas suficientes para o aproveitamento agronômico desses resíduos e, também, a disponibilidade de máquinas e equipamentos para o transporte e distribuição). A agressão ao meio ambiente, principalmente por meio da contaminação de rios e lagoas é um dos maiores problemas resultantes desse sistema de criação. Como consequência, os criadores que adotam o sistema convencional acabam, geralmente, enfrentando problemas com os órgãos de fiscalização ambiental.

Para fugir desses problemas, por sua vez, a única alternativa é seguir toda a legislação ambiental relacionada com a suinocultura, que envolve grandes investimentos no manejo, tratamento, escoamento e utilização dos dejetos. Assim, para atender a todas as exigências da lei ambiental, os criadores têm de arcar, entre outros, com os seguintes investimentos:


- Ocupação de grandes áreas da propriedade para a construção de estações de coleta e tratamento de resíduos;
- Investimentos financeiros consideráveis;
- Manutenção de um maior número de funcionários na propriedade.

Como se pode observar, a criação de suínos pelo sistema tradicional tem se mostrado cada vez mais oneroso aos criadores e essa situação se mostra ainda mais delicada para os pequenos suinocultores, principalmente pelo fato de o tratamento de dejetos envolver grandes investimentos em infraestrutura, muito difíceis de serem suportados por eles. É fato dizer, então, que investimentos como esse, nada simples e caro, talvez sejam suportados apenas pelas grandes granjas, em razão do espaço ocupado e dos investimentos que têm de ser feitos.

O que fazer então? Simples: objetivando facilitar a vida tanto de grandes como de pequenos produtores, desenvolveu-se recentemente uma nova técnica capaz de resolver tanto as questões ambientais, como os problemas de investimento. Trata-se do sistema que ficou conhecido como “Criação em Camas Sobrepostas”.

Conhecendo todos os passos a serem dados nessa nova modalidade de criação, o suinocultor conseguirá, com sucesso, organizar, implantar, manejar e administrar corretamente seu negócio. É bom lembrar, ainda, que a criação de porcos em camas sobrepostas tem se mostrado altamente produtivo sob o ponto de vista econômico, além de extremamente benéfico ao meio ambiente.

Saiba mais sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


Cria porcos? Trate adequadamente esterco e resíduos e livre-se das moscas

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Suinocultura.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!