WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Ranicultura ganha cada vez mais espaço no Brasil

As características nutricionais da carne, bem como seu sabor diferenciado, tornam a rã um prato sofisticado que já possui considerável aceitação gastronômica no país

Além da carne, o ranicultor pode comercializar também a pele e o óleo das rãs

A ranicultura é um ramo da aquicultura que está em crescimento no Brasil. Pesquisas têm apontado características da que podem torná-la ainda mais rentável ao produtor. Sua carne é muito saborosa e possui substâncias que auxiliam alguns tratamentos alérgicos e de doenças gastrointestinais. Restaurantes sofisticados são os principais consumidores dessa iguaria. Sua pele pode ser amplamente comercializada, já que possui efeito cicatrizante, especialmente em tratamentos de queimadura, e pode ser transformada em couro. O óleo da rã também fornece bom índice lucrativo ao criador, pois constitui a fórmula de alguns medicamentos e cosméticos.      

Como ser um ranicultor

Visando suprir a crescente demanda por informações tecnológicas a respeito da criação de rãs, o CPT – Centro de Produções Técnicas elaborou o curso Criação de Rãs: Novas Tecnologias, coordenado pelo doutor Samuel Lopes Lima, ex-professor da UFV – Universidade Federal de Viçosa e responsável pelo desenvolvimento de várias das principais técnicas usadas no Brasil. O curso é dividido entre os seguintes tópicos: ciclo de vida das rãs, setores e instalações de um ranário, técnicas de manejo, linhagem monossexo e caráter albino, sistemas de produção, abate e considerações sobre o mercado – novas alternativas para ranicultura.

Ranicultura no Brasil

Rã em período de metamorfose

A criação de rãs no Brasil tornou-se expressiva somente em meados da década de 90, devido ao investimento em pesquisas para que novas técnicas fossem desenvolvidas. Nessa época também começaram a ser realizados alguns eventos que contribuíram significativamente com a disseminação de informações relevantes sobre o processo de criação de rãs. O ENAR – Encontro Nacional de Ranicultura foi o mais importante deles, reunindo técnicos, pesquisadores e produtores de todo o país. Foi a partir desse momento que houve a necessidade de criar cursos para preparar as pessoas para lidar com esse campo da aquicultura.  

Instalações da ranicultura

As instalações do ranário são divididas em setores (reprodução, girinos e recria) e cada setor é construído segundo as intenções e as condições financeiras do técnico em ranicultura. Lima explica que cabe a ele determinar que tipo de construção oferecerá mais conforto térmico às rãs. A temperatura ideal para a criação é de 16°C e a altitude local deve ser inferior a 600 m do mar. No entanto, tecnologias avançadas permitem que o ambiente seja devidamente equipado para atender às necessidades dos animais. Assim, ranicultores com alto poder aquisitivo não terão problemas caso queiram criar rãs em lugares com características desfavoráveis ao bem estar dos animais.

Setores do ranário

Setores de reprodução
- Baia de mantença: onde as rãs são mantidas o ano todo;
- Baia de acasalamentos: destinada à reprodução e à desova.

No momento da reprodução e da desova, a rã é transferida da baia de mantença para a baia de acasalamentos

Setores de girinos
- Tanque de incubação dos ovos: aquários pequenos que abrigam os anfíbios desde o desenvolvimento embrionário até a fase de larva;
- Tanque de crescimento e metamorfose: aquários maiores nos quais os animais são mantidos desde a fase de girino até a metamorfose.

Setores de recria
- Baia de recria inicial: recipiente que aloja as rãs nos primeiros 20 a 30 dias de vida;
- Baia para crescimento e terminação: local onde os animais são mantidos até o abate.  

Ciclo de vida das rãs

O ciclo de vida das rãs independe do ambiente, ou seja, elas passam exatamente pelos mesmos processos de crescimento na natureza ou no criatório. No entanto, quando mantidos em cativeiro, os animais podem crescer mais rapidamente, dependendo das condições oferecidas pelo criador. Lima ressalta que o ranicultor deve preocupar-se não apenas com o desenvolvimento acelerado mas também com um índice baixo de mortalidade e de gasto com a alimentação dos anfíbios.  

Por Camila Guimarães Ribeiro

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Antonio Carlos Ribeiro da Rocha

29 de jun de 2019

Olá, tudo bem? Meu interesse é pela alimentação de adultas. Grato

Resposta do Portal Cursos CPT

1 de jul de 2019

Olá Antônio Carlos Ribeiro,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

A alimentação das rãs adultas deve ser rica em proteínas e em energia, além da ração, você poderá oferecer alguns insetos para complementar a alimentação dos animais.

Para saber todos os segredos sobre esta criação, o ideal é realizar cursos sobre tema. Sendo assim, em breve, uma das nossas consultoras entrará em contato com informações e esclarecimentos em relação ao curso.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

Antonio Carlos Ribeiro da Rocha

28 de jun de 2019

Olá, tudo bem? Gostaria de saber como posso alimentá-las, produzir a alimentação? Grato

Resposta do Portal Cursos CPT

28 de jun de 2019

Olá Antônio Carlos Ribeiro da Rocha,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

A alimentação das rãs é feita com a utilização de ração. Você pode optar por formulaçãoes comerciais, ricas em proteínas, ou então, fazer a ração em sua própria propriedade.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

Antonio Carlos Ribeiro da Rocha

30 de jan de 2019

Bem? ótimo só que preciso da alimentação para rãs adultas, como fazer ?

Resposta do Portal Cursos CPT

30 de jan de 2019

Olá Antonio,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Para mais informações, sugerimos consultar um especialista da área.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Antonio Carlos Ribeiro da Rocha

4 de nov de 2018

Muito bom, quero saber da alimentação de rã adulta; e como montar um ranário. Tenho todas as necessidades para tal . grato

Resposta do Portal Cursos CPT

5 de nov de 2018

Olá Antônio,

Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Gislaine Chagas

13 de mai de 2018

Olá. Gostaria de saber se há alguma ração própria para rãs, marca e onde encontrar. Encontrei alguns trabalhos que falam da existência da ração exclusiva da espécie, mas não acho em lugar nenhum. Obrigada!

Resposta do Portal Cursos CPT

14 de mai de 2018

Olá Gislaine,

Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Jayse Martins

4 de jan de 2018

Gostaria de saber como faço para adquirir o curso completo e valores tbm. Obrigada

Resposta do Portal Cursos CPT

5 de jan de 2018

Olá Jayse Martins,

Em breve, uma das nossas consultoras entrará em contato com mais informações e esclarecimentos sobre o curso.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

Sergio Benavides

21 de nov de 2017

Buenas tardes, realmete me interezo muchisimo la crianza de ranas, pudieran proporcionarme datos, como ser donde puedo comprar algunas para hacer mi propio negocio de cria de ranas, gracias

Resposta do Portal Cursos CPT

22 de nov de 2017

Hola, Sergio.

Agradecemos su visita y comentário en nuestro site. Nuestras consultoras entrarán en contacto.

Saludos,

Renato Rodrigues.

MARCOS N. MENDONÇA

29 de ago de 2017

Bom dia. Sou pesquisador e estou disponibilizando pesquisas e informações no sentido de poder ajudar no desenvolvimento dos criatórios em ranicultura. Veja site: https://www.youtube.com/watch?v=YTd94ePut1A&t=34s Estamos à disposição para maiores e esclarecimentos. mnoraldino@gmail.com Tel. 51-31-3245 051

Resposta do Portal Cursos CPT

29 de ago de 2017

Olá, Marcos.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Antonio Carlos Ribeiro da Rocha

13 de jun de 2017

Olá tudo bem? Gostaria de saber sobre a alimentação das rãs, além de minhocas, como faço ?

Resposta do Portal Cursos CPT

14 de jun de 2017

Olá Antônio Carlos,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. As rãs podem ser alimentadas com ração pelitizada e moscas, para mais informações recomendamos que procure uma casa agrícola de sua região.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Keren Neris Costa

6 de jun de 2017

Muito bom estudo na Escola Família Agrícola de Orizona e quer faze meu Projeto Profissional do Jovem de ranicultura

Resposta do Portal Cursos CPT

7 de jun de 2017

Olá, Keren.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Desejamos sorte nos seus projetos!

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!