WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Guppy - reprodução, alimentação, variedades e classificação quanto ao formato da cauda

Os guppys possuem inúmeras variedades de cores e formatos de caudas, se reproduzem facilmente em aquários e suportam as mais adversas condições devido à sua rusticidade.

Os machos do guppy são menores que as fêmeas, mas apresentam cores muito vivas e bonitas.

Os machos do guppy são menores que as fêmeas, mas apresentam cores muito vivas e bonitas.

O peixe Guppy pertence aos Ciprinodontídeos, que incluem os vivíparos (platys, guppys e espadas) e ovíparos (killis). São originários da América Central e América do Sul. Possuem pequenos dentes nas maxilas, muitas vezes chamados carpas dentadas (toothcarps). As fêmeas alcançam até 6,5cm, mas já procriam com 2,5cm. Os machos são menores e alcançam até 3,5cm. Entretanto, os guppies machos apresentam cores muito bonitas, ao contrário das fêmeas, que são pouco coloridas. Outra característica bastante importante é que os guppies apresentam uma grande variedade quanto à nadadeira caudal, dos mais diversos formatos. São peixes muito ativos e cheios de vida, nadando a todo o momento.

Outra vantagem é quanto à rusticidade do guppy, pois não exigem muitos equipamentos no aquário e suportam condições adversas de vida por muito mais tempo que os demais peixes ornamentais. No entanto, fêmeas de guppy grávidas ficam muito sensíveis ao frio, por isso a temperatura da água deverá manter-se a 24ºC. Caso contrário, elas podem sofrer o ataque de uma praga de íctio (ponto branco) ou mesmo fungos. Nestes casos, além de elevar a temperatura da água, deve-se adicionar, por exemplo, sera-ectopur em conjunção com sera-costapur, conforme as instruções.

Reprodução

Um macho de guppy pode fertilizar de 3 a 5 fêmeas. Os ovos do guppy são fertilizados no corpo da mãe, permanecendo nele, até o momento do nascimento. Com 3 meses as fêmeas do guppy já atingem a maturidade sexual. Sua gestação fica em torno de 22 a 26 dias, sendo o intervalo entre os partos um pouco maior. Geralmente nascem de 30 a 60 alevinos de guppy. Isso depende do tamanho da fêmea e da qualidade da alimentação. A primeira gestação, independente de outros fatores, normalmente produz poucos alevinos. Há mães que ignoram os filhos, há as que os devoram prontamente (canibalismo). Alguma forma de proteção deve ser providenciada, como plantas densas, telas, escorredores plásticos de macarrão ou qualquer outro dispositivo que sirva de abrigo. Os alevinos podem ficar até 2 dias sem alimento, pois nascem com um saco vitelino.

Alimentação

Os guppys são omnívoros e gostam de carne e vegetais. Deve-se alimentá-lo várias vezes ao dia, desde que seja em pequenas porções. Eles adoram alimentos vivos, como artêmias salinas ou enquitreias. Mas também comem alimentos secos, em flocos, granulados ou liofilizados. Jamais deixe restos de comida no fundo do aquário. Os guppys têm uma boca pequena e um intestino bastante comprido, por isso cerca de duas horas mais tarde já estão com fome, mas restos em demasia são um mau hábito que pode originar a perda da qualidade do aquário de que tanto gosta. Os recém-nascidos podem ser alimentados com sera-mikropan. Você pode fazer uma papa, misturando-o com água. Da mesma forma, alimente-os várias vezes ao dia, alternando com artemia recém-nascida, para garantir um crescimento saudável. Utilize muitas plantas, umas com raiz e outras flutuantes, para que as crias possam esconder dos pais (que podem comê-los) e, ao mesmo tempo, crescer sem problemas. Sagittarias, fetos americanos, synnemas, cabombas e muitas outras espécies servem perfeitamente.

Algumas variedades de guppy

A variedade Moscow Black possui cor de um azul intensamente escuro. As atuais variedades se distinguem principalmente pelo formato da cauda. Nesse aspecto, há grande diversidade, desde a delta, mais valorizada, até a véu, a espada, a lira, a bolha, entre outras. A variedade Gold Red possui o corpo dourado e as nadadeiras dorsal e caudal vermelhas. A variedade HB Yellow possui o corpo escuro e as nadadeiras amarelas. Já o Yellow possui o corpo cinza claro (original) e as nadadeiras amarelas. Há uma gama enorme de cores e combinações, algumas mais valorizadas, outras menos. Há também a variedade Moscow, totalmente azul, verde ou púrpura metálicos; a variedade  Mikariff, com o corpo todo amarelo (embora com a caudal pequena); o Full Red, totalmente vermelho. Existem padronagens bastante complexas, como as dos cobras (snakeskin) e dos multi. O termo AOC (any other color) é empregado para as variedades que não se classificam entre as tradicionais, como o Leopardo. Há também variedades albinas, não menos importantes que as demais.

Classificação quanto ao formato da cauda

Guppy Veiltail (cauda véu):  A nadadeira caudal deve ter a forma de um triângulo isósceles de 45º, de 10/10 do comprimento do corpo.
Guppy Triangletail (cauda delta): A nadadeira caudal deve ter a forma de um triângulo de 70º, de 8/10 do comprimento do corpo.
Guppy Fantail (leque/ventilador): A nadadeira caudal é delicadamente curva nas bordas superiores e mais baixas. Seu comprimento corresponde a 8/10 do comprimento do corpo.
Guppy Scarftail (lenço/bandeira): A caudal tem uma forma retangular e seu comprimento corresponde a 8/10 do comprimento do corpo.
Guppy Double Swordtail (cauda dupla espada): A caudal tem uma forma básica oval e duas  extensões em forma de espada nos raios superiores e inferiores da cauda.
Guppy Top Swordtail (espada superior): A caudal tem uma forma básica oval e uma extensão em forma de espada no raio superior.
Guppy Bottom Swordtail (espada inferior): A caudal tem uma forma básica oval e uma extensão em forma de espada no raio inferior.
Guppy Lyretail (cauda Lira): A caudal tem a forma de uma lira. A forma básica é redonda e não deve exceder 4/10 do comprimento do corpo.
Guppy Cofertail (cauda em forma de pá): A forma da caudal se parece com uma pá. O início da caudal é redonda e se abre paralelamente ao eixo do corpo.
Guppy Speartail (forma de lança): A caudal tem a forma da ponta de uma lança. Seu comprimento corresponde 8/10 do comprimento do corpo.
Guppy Roundtail (cauda redonda): A caudal é redonda com um diâmetro de 5/10 do comprimento do corpo.
Guppy Pintail  (cauda alfinete): A forma básica da caudal é arredondada, com um diâmetro de 4/10 do comprimento do corpo. A dorsal é fina e se levanta, íngreme no início. Já a extremidade é pontuda e  se afina a partir do último terço de seu comprimento.

As diferentes cauda dos guppys


Características dos machos para concursos

O tamanho ideal é de 3,2 cm, o que faz com que o guppy receba 8 pontos. Se tiver 2,5 cm, receberá só 6 pontos. As fêmeas são maiores e o tamanho de corpo ideal é de 5,70 cm ou maior, o que faz com que receba 11 pontos por isso.

Forma do corpo

O corpo deve ser arredondado, e não curvado. Não pode ter calombos ou convexidades, pois, dessa forma, perderá pontos. Não deve haver depressões após os olhos. Visto de cima, o corpo deve ser reto, sem deformidades na espinha dorsal. O pedúnculo deve ser forte, na proporção de duas unidades de altura para três de comprimento.

Cor do corpo

A cor do corpo deve ser uniforme da dorsal até a caudal, indo até a cabeça. Se o peito do guppy não for colorido, ele perderá alguns pontos. A intensidade da cor é muito importante, o vermelho fraco terá menos pontos do que o vermelho intenso. Uma padronagem fechada terá mais pontos do que uma com falhas ou pouco definidas.

Comportamento

Um guppy prostrado no fundo do aquário obterá o mínimo de pontos. Já o que se movimenta com vivacidade obterá o máximo de pontos.

Simetria

Uma simetria excepcional terá o máximo de pontos. Já uma desarticulação entre as proporções das partes terá menos pontos quanto maior for o desequilíbrio.

Aprenda sobre peixes ornamentais, acessando o curso Produção de Peixes Ornamentais, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Por Andréa Oliveira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Allan Lincon Faustino de souza

1 de jul de 2019

Olá boa tarde Dois dias atrás tive um incidente no meu aquário, saí de casa e a minha guppy que estava grávida pulou do aquário cheguei em casa ela estava no chão peguei ela é voltei para o aquário comunitário, ela estava machucada pela queda e os outros peixes estavam a perseguindo. Então, a coloquei na criadeira, uma horas depois ela começou a ter os filhotes, de 16 filhotes que nasceram 4 nasceram mortos entre os 12 vivos dois nasceram siameses, estão vivos e nadando bem. Não sei o porque nasceram assim e nem se tem que ser dado algum tratamento específico. Sou nova nesse universo de peixes.

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de jul de 2019

Olá Allan Lincon Faustino de Souza,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

O nascimento de siameses ocorre pela não divisão completa do óvulo fecundado, sendo assim, os filhotes nascem com alguma parte unida. O que você pode fazer para preservar esses filhotes siameses é deixá-los em um aquário separado, até que eles completem cerca de 30 a 45 dias.

Em relação a alimentação, ela deverá ser administrada normalmente.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

Carlos Antonio da Silva

16 de fev de 2019

Gostei muito da orientação estou começando a produção de peixes ornamentais.

Resposta do Portal Cursos CPT

18 de fev de 2019

Olá Carlos,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site. Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Marcio Guimaraes

30 de set de 2018

Muito bom eu também estou começando a criação de guppy

Resposta do Portal Cursos CPT

1 de out de 2018

Olá Marcio,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Marco Aurélio Rodrigues

22 de jul de 2018

Quero saber mais sobre a criação do peixe beta

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de jul de 2018

Olá Marco Aurélio,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site. Para mais informações, castramos seu e-mail para receber nosso boletim afirmativo.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!