WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Esquenta Black Friday 25%OFF nos cursos online

Criação de peixes: aeradores para oxigenação da água

A oxigenação da água dos tanques de criação de peixes é fator determinante para que eles se mantenham vivos

Criação de peixes: aeradores para oxigenação da água

Na criação de peixes, a oxigenação da água é realizada por sistemas artificiais, como aeradores com pás, aeradores com injetores, aeradores de ar difuso ou aeradores tipo chafariz. Diferentemente da oxigenação de rios e lagos, habitat natural dos peixes, onde ela ocorre por meio da captação do oxigênio da atmosfera terrestre e da fotossíntese. Sem a concentração adequada de oxigênio na água, os peixes não sobrevivem.

Oxigenação da água dos tanques


Segundo Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso CPT Criação de Peixes - Como Implantar uma Piscicultura, a oxigenação da água dos tanques de criação de peixes é fator determinante para que eles se mantenham vivos e se desenvolvam bem. Por esse motivo, torna-se necessário adotar meios artificiais para elevar o oxigênio da água quando seu índice é reduzido. As principais causas são a temperatura e/ou a salinidade da água elevadas.

Principais vantagens dos aeradores


Os aeradores permitem que os peixes recebam os níveis adequados de oxigênio em todas as fases de desenvolvimento. O sistema favorece a incorporação de oxigênio na água por meio da movimentação da água dos tanques. Com isso, melhora-se a qualidade da água, garante-se a sobrevivência dos peixes, evita-se a frequente renovação da água, além de aumentar a produtividade e a densidade dos peixes nos tanques.

Quais os tipos de aeradores mais comuns?


Aeradores com pás

Os aeradores com pás movimentam a água do tanque, como se fosse uma correnteza de um rio. Esse movimento conduz o oxigênio à camada primária do tanque (em toda a sua extensão). Essa distribuição equilibrada de oxigênio supre todos os peixes, que vivem no tanque.

Aeradores com injetores

Os aeradores com injetores são conectados a bombas d’água. Eles apresentam bico com saída de ar, que distribui o oxigênio no tanque com alta pressão. Com isso, o alcance da corrente de oxigênio na água é maior. Além disso, o equipamento elimina fezes e restos de ração do tanque.

Aeradores de ar difuso

Os aeradores de ar difuso são recomendados para tanques com maior profundidade. Principalmente porque o oxigênio consegue chegar ao fundo do tanque com maior velocidade. Além disso, o sistema de ar difuso é projetado para movimentar grandes volumes de água.

Aeradores tipo chafariz

Os aeradores tipo chafariz distribuem o oxigênio com maior homogeneidade nos tanques. Com isso, cada metro quadrado (ou cúbico) de água é oxigenado. Como resultado, todos os peixes do tanque são supridos com oxigênio suficiente para sobreviverem e de desenvolverem bem.

Quer uma prévia do Curso Criação de Peixes - Como Implantar uma Piscicultura? Dê play no vídeo abaixo:

Conheça os Cursos CPT da Área Piscicultura.

Leia o artigo "Por que cultivar tilápia-do-Nilo nas pisciculturas?"

Fontes: revistagloborural.globo.com; blog.lojasansuy.com.br; cpt.com.br

Por Andréa Oliveira.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Criação de Peixes em Viveiros Escavados

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!