Cria surubins? Aprenda a soltar os alevinos no tanque!

A soltura dos alevinos de surubins em tanques de terra ou tanques-rede é feita levando-se em consideração o tipo de embalagem, sacola plástica ou caixa térmica, utilizado no transporte

Cria surubins? Aprenda a soltar os alevinos no tanque!   Artigos Cursos CPT

 

Independentemente se serão recriados em tanques de terra ou em tanques-rede, o procedimento de soltura dos alevinos será feito levando-se em consideração o tipo de embalagem, sacola plástica ou caixa térmica, utilizado no transporte, afirma José Eduardo Aracena Rasguido, professor do Curso a Distância CPT Criação Comercial de Surubim, em Livro+DVD e Curso Online.

- Processo de soltura dos alevinos transportados em sacolas


Nesses casos, antes de realizar a soltura dos filhotes, as sacolas são colocadas ainda lacradas para boiar na água do tanque que receberá os alevinos, durante um período de 15 a 20 minutos. Isto é feito, para que a temperatura da água contida na embalagem se aproxime da temperatura da água do tanque, evitando assim que os filhotes sofram um choque térmico.

Para saber se o momento adequado para a soltura dos alevinos foi alcançado, após 15 minutos, deve-se utilizar um termômetro para medir a temperatura da água no tanque e, em seguida, a do interior de uma das sacolas. Quando for observado que a diferença de temperatura entre a água do tanque e a da sacola for de, no máximo, 2ºC, todos os alevinos poderão ser soltos nos tanques.

Para evitar que eles sofram um choque de pH, entre a água do tanque e a do interior das sacolas, após abrir cada uma delas, deve-se colocar, lentamente, água do tanque dentro delas. Feito isso, os alevinos poderão ser lentamente transferidos das sacolas para o tanque de recria.

No momento da soltura, é importante ficar atento ao número de alevinos que está sendo colocado em cada tanque de recria, seja tanque de terra ou tanque-rede, pois é preciso respeitar a recomendação de densidade de cada tipo de tanque. Além disso, o processo de soltura deverá ser realizado nos horários menos quentes do dia.

- Processo de soltura dos alevinos transportados em caixas isotérmicas


Aqui o procedimento de soltura nos tanques de recria é diferente, mas o objetivo é o mesmo, ou seja, evitar que os filhotes sofram choque térmico e de pH. Para isso, as caixas permanecerão dentro do veículo de transporte, enquanto uma pequena bomba conduzirá, de forma lenta, água do tanque de recria ou da represa para o interior das caixas isotérmicas. Ao mesmo tempo, a mesma vazão de água que estiver sendo bombeada para dentro da caixa deverá ser retirada pelo fundo da mesma, através do seu tubo de drenagem.

Esse processo faz com que ocorra, lentamente, a renovação da água das caixas, evitando-se o choque de temperatura e de pH. Depois de um certo tempo, suficiente para que toda a água das caixas tenha sido substituída, realiza-se a captura dos peixes dentro da caixa, utilizando um puçá.

O puçá é um instrumento com cabo de alumínio e que possui um aro em uma de suas extremidades. Preso ao aro do puçá existe uma rede de nylon com multifilamento que permite capturar os peixes com facilidade.

À medida em que os alevinos são capturados, eles deverão ser colocados em um recipiente menor, parcialmente cheio com água do tanque, para, depois, serem soltos no novo ambiente. O puçá pode possuir formato circular ou retangular, sendo os retangulares mais adequados para serem utilizados nas caixas isotérmicas e em tanques-redes.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Criando surubins? Saiba como realizar a despesca
- Ao iniciar uma criação comercial de surubim, atente-se à água
- Criação de surubim em pisciculturas: saiba mais sobre o assunto

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Piscicultura.
Por Silvana Teixeira.

Cursos Relacionados

Curso Criação Comercial de Surubim Curso Criação Comercial de Surubim

Com Prof. Eduardo Rasguido

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Criação de Peixes - Como Implantar uma Piscicultura Curso Criação de Peixes - Como Implantar uma Piscicultura

Com Prof. Dr. Giovanni Resende

R$ 586,00 à vista ou em até 12x de R$ 48,83 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Nutrição e Alimentação de Peixes Curso Nutrição e Alimentação de Peixes

Com Prof. Dr. Giovanni Resende

R$ 586,00 à vista ou em até 12x de R$ 48,83 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Piscicultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade