Como as rãs se reproduzem, você sabe?

Na natureza, a reprodução nos anfíbios Anura (rãs, sapos e pererecas) é precedida por uma vocalização do macho para atrair a fêmea. O acasalamento ocorre na água, com fecundação externa

Como as rãs se reproduzem, você sabe?   Artigos Cursos CPT

 

Na natureza, a reprodução nos anfíbios Anura (rãs, sapos e pererecas) é precedida por uma vocalização do macho para atrair a fêmea. O acasalamento ocorre na água, com fecundação externa. “O macho abraça o dorso da fêmea, e simultaneamente ocorre a liberação dos gametas e, em consequência, a fecundação. Depois de fecundado, o ovo irá se dividir seguidas vezes até formar o embrião, e finalmente o girino”, afirma Dr. Samuel Lopes Lima, professor do Curso a Distância CPT Criação de Rãs - Novas Tecnologias, em Livros+DVDs e Cursos Online. Após um período de crescimento, os girinos se transformam em imagos, ou rãzinhas, para colonizar o ambiente terrestre.

Os girinos possuem estruturas semelhantes à dos peixes, para sobreviver nesse ambiente, tais como brânquias para respirar, o corpo com cauda alongada para se movimentar. Geralmente, alimentam-se de microrganismos, possuem aparelho filtrador e tubo digestivo longo, hábito herbívoro, iliófago ou onívoro. Quando na fase terrestre, passam a respirar através dos pulmões (que são rudimentares), pela pele, que é fina e muito vascularizada, e região gular (papo). O tubo digestivo é curto, com hábito carnívoro (alimenta-se, geralmente, de insetos, crustáceos e pequenos vertebrados).

A transição da fase aquática para a terrestre é marcada por gradativas transformações no formato do corpo e na sua fisiologia. A vida se inicia com a fecundação dos gametas, formando os ovos. A fêmea da rã-touro pode produzir até 25 mil ovos. O acasalamento ocorre com o macho agarrado ao dorso da fêmea, que solta os espermatozoides enquanto a fêmea elimina os óvulos, formando um “manto” gelatinoso (desova).

A eficiência da fecundação pode variar muito em razão das condições em que ocorre o acasalamento, ou seja: nem sempre, todos os ovos de uma desova são fertilizados.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Rãs, sapos e pererecas: qual a principal diferença entre eles?
- Vai criar rãs? Saiba mais sobre a metamorfose dos girinos
- Tanque para incubação (desovas) de rãs: como deve ser

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Piscicultura.
Por Silvana Teixeira.

Cursos Relacionados

Curso Criação de Rãs - Novas Tecnologias Curso Criação de Rãs - Novas Tecnologias

Com Prof. Dr. Samuel Lopes

R$ 520,00 à vista ou em até 12x de R$ 43,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Nutrição e Alimentação de Peixes Curso Nutrição e Alimentação de Peixes

Com Prof. Dr. Giovanni Resende

R$ 586,00 à vista ou em até 12x de R$ 48,83 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Piscicultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade