WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Alevinos em cativeiro? 10 dicas para a seleção de matrizes

Dentro do plantel de matrizes existente, é preciso selecionar aquelas que estarão aptas à reprodução, que serão submetidas à indução hormonal

Alevinos em cativeiro? 10 dicas para a seleção de matrizes    Artigos Cursos CPT

 

O processo de reprodução de peixes por indução hormonal inicia com a seleção das matrizes. “Dentro do plantel de matrizes existente, é preciso selecionar aquelas que estarão aptas à reprodução, que serão submetidas à indução hormonal”, afirma Dr. Manuel Braz, professor do Curso CPT Produção de Alevinos. Para isso, é preciso capturar as matrizes com uma rede de arrastão, de forma a proporcionar o menor estresse possível.

As matrizes devem ser apalpadas, visando identificar quais se encontram em condições apropriadas para a reprodução. O macho precisa conter sêmen em condições de ser liberado e a fêmea deverá conter ovócitos em seu abdome, que, após a indução hormonal, serão liberados para que ocorra a fecundação de forma artificial.

As matrizes encontradas em condições adequadas para a reprodução deverão ser encaminhadas para o laboratório, devendo ser colocadas nas caixas de espera, uma matriz em cada caixa.

O que observar nas fêmeas


- abdomen bem abaulado e macio, que se estende além da pélvis até o orifício urogenital;
- a abertura genital fica intumescida, saliente, avermelhada ou rosada;
- o ânus também pode estar avermelhado;
- alguns peixes desenvolvem coloração pré-nupcial antes da ovulação;
- as fêmeas possuem três orifícios: ânus, orifício genital e uretra.

O que observar nos machos


- os machos são mais delgados;
- em algumas espécies, os machos são de menor tamanho (caso tenham a mesma idade);
- os machos de Matrinxã, Piracanjuba e os Brycons em geral apresentam aspereza na nadadeira anal;
- alguns peixes produzem som (ronco) quando retirados da água, por exemplo Curimatã;
- machos apresentam dois orifícios: ânus e orifício urogenital.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Alevinos em cativeiro? Aprenda sobre extrusão de ovócitos e sêmen

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Piscicultura.
Por Silvana Teixeira.

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!