Alevinos de tilápia - reversão sexual, alimentação, comercialização e transporte

O processo de reversão sexual dos alevinos de tilápia produz indivíduos que crescem e funcionam reprodutivamente como machos. No entanto, é necessário o manejo adequado desde a alimentação até o transporte para que o piscicultor aumente sua produção

Alevinos de tilápia - reversão sexual, alimentação e transporte   Artigos Cursos CPT


 

O processo de reversão sexual baseia-se no fornecimento de hormônios masculinizantes às pós-larvas. Esse manejo faz com que as gônadas das fêmeas se desenvolvam em tecido testicular, produzindo indivíduos que crescem e funcionam reprodutivamente como machos. É um método prático e eficiente, originando de 95 a 99% de machos. No entanto os produtores que optarem por produzir alevinos de tilápias para comercialização, deverão atentar-se para o fornecimento dos alevinos, bem como sua padronização.

Padronização dos alevinos


- Possuírem comprimento de dois a três centímetros;
- Terem passado pela reversão sexual, ou seja, mais de 95% dos alevinos deverão ser machos;
- Terem recebido treinamento alimentar, ou seja, já deverão estar habituados a se alimentarem com ração farelada e balanceada.

Benefícios da reversão sexual dos alevinos


Como os peixes machos apresentam maior taxa de crescimento (em torno de 30% a mais), a reversão sexual em mais de 95% dos alevinos de tilápia para o sexo masculino permite que os peixes atinjam o peso ideal em menor espaço de tempo. Assim, se as condições do ambiente e de manejo forem satisfatórias, em seis meses, aproximadamente, a tilápia se encontrará no ponto de comercialização. A tilápia é uma espécie de peixe que apresenta uma taxa de reprodução intensa, ou seja, reproduz muito em pouco tempo. Assim, se houver, em um mesmo tanque, um número considerável de machos e fêmeas, a capacidade de suporte dos tanques será ultrapassada em pouco tempo.

“Outro benefício da reversão sexual é o de evitar que ocorra uma superpopulação dos tanques”, afirma o professor Manuel Vazquez Vidal Júnior, do Curso a Distância CPT, em Livro+DVD e Curso Online, Criação de Tilápias.

Procedimentos para reversão sexual


O primeiro passo para a reversão sexual é produzir os alevinos. Os reprodutores devem ser colocados em tanques de dimensões entre 200 e 2.000 m², na proporção de um macho para duas a três fêmeas, a cada 2 m² de tanque. O macho escavará um ninho no fundo do tanque e, após um breve ritual de acasalamento, a fêmea desovará no ninho e o macho fertilizará os óvulos. A cada postura, obtêm-se de 800 a 1.000 alevinos. Estima-se que, em um tanque de 2.000 m², seja possível coletar 30.000 pós-larvas/dia.

O segundo passo é selecionar os alevinos que serão submetidos à reversão. Os alevinos não devem ter comprimento superior a 8 mm. Isto é conseguido, passando-se os animais em uma peneira de malha 2,8 mm que permite a passagem somente dos alevinos com tamanho adequado. Isto é extremamente importante, porque a reversão sexual ocorre entre o 7º e o 18º dia de vida dos alevinos.

O terceiro passo é o fornecimento da ração que contenha um hormônio masculinizante, a metiltestosterona. Utilizam-se 40 a 60 mg do hormônio metiltestosterona, por kg de ração, que deve ter textura muito fina (0,6 mm) e 40 a 48% de proteína bruta. Os alevinos devem receber a ração por 30 a 40 dias. Nos primeiros 10 a 20 dias, eles devem ser colocados em tanques de alvenaria e, posteriormente, mais 20 a 30 dias, em tanques-rede (malha 1,5 a 2,0 mm) dentro de um tanque maior.

A densidade pode situar-se entre 1.500 e 3.000 pós-larvas/m². A reversão requer 250 a 400 g de ração tratada por lote de 1.000 alevinos. Os alevinos de tilápia devem ser alimentados de seis a nove vezes ao dia, a uma taxa de alimentação de 15% do peso vivo dos alevinos, até atingirem 15 mm, com redução gradual para 10% da biomassa até o final do tratamento. Um índice aceitável de sobrevivência é de 70 a 80%. Após essa etapa, os alevinos com tamanho inferior a 14 mm devem ser eliminados, pois, aproximadamente 25% destes não sofreram reversão, são fêmeas. Em cultivo normal, a taxa de indivíduos menores de 14 mm, após 30 a 40 dias é, no máximo, de 5% Seguindo essas recomendações, será possível conseguir uma taxa de 95 a 99% de eficiência na reversão.

Receita da ração utilizada para reversão sexual dos alevinos


Para fabricar 33 kg de ração, proceda da seguinte maneira:

- Coloque os 33 kg em uma bacia; a ração deve ter textura fina (usar peneira de malha igual a 0,6mm) e 40 a 48% de proteína bruta;
- Coloque 12 (doze) litros de álcool etílico em outra bacia e dissolva no álcool 2,0 g de metiltestosterona;
- Adicione o álcool contendo o hormônio à ração. Misturando muito bem, deixe o álcool evaporar à sombra, espalhando a ração sobre uma superfície lisa, a uma espessura máxima de 5 cm;
- Forneça a ração com o hormônio aos alevinos, conforme orientado acima;

Exemplo prático de reversão para 1 milhão de pós-larvas:

Considerando uma taxa de 70% de sobrevivência durante o processo, precisamos obter 1.430.000 larvas por mês. Como 3.000 fêmeas com 1.000 machos são capazes de produzir 30.000 larvas por dia em tanques de 2.000 m, em 30 dias, a produção será de 900.000 larvas. Como os tanques devem ser periodicamente esvaziados, considera-se uma produção de 40% inferior, ou seja, 540.000 larvas por mês. Nesse caso, precisaríamos de três tanques de 2.000 m com 9.000 fêmeas e 3.000 machos.

Veja, a seguir, um exemplo prático da quantidade de ração e de hormônio usados para reverter um milhão de pós-larvas:

Como são gastos 250 a 400 g de ração por lote de 1.000 alevinos, precisaríamos de 250 a 400 kg de ração. Supondo que o hormônio fosse adicionado à razão de 60 mg por kg de ração, necessitaríamos de 15 a 24 g para produzir um milhão de alevinos revertidos.

Comercialização dos alevinos convertidos


Para comercialização dos alevinos de tilápia, estes deverão passar pelo tanque de depuração por pelo menos 24 h, ficando sem receber alimentos para que ocorra o esvaziamento do seu tubo digestivo. Recomenda-se que o tanque seja de cimento e que haja renovação constante de água. O produtor deve atentar-se a alguns cuidados, deverá se preocupar com a qualidade do transporte dos animais em qualquer fase do seu desenvolvimento (vivos), o que deverá ser feito em veículos adequados, evitando transportar animais com parasitas e outras doenças contagiosas.

Da mesma forma, é importante que os produtores que comercializam animais vivos tenham conhecimento da obrigatoriedade da GTA (Guia de Trânsito Animal), sendo que qualquer lote de carga em qualquer fase do seu desenvolvimento para entrar ou sair da propriedade. Mesmo aquelas situadas no mesmo município, deverão estar acompanhadas desta guia, que poderá ser emitida por um médico veterinário do IMA (Instituto Mineiro de Agropecuária – no caso de Minas Gerais) ou se habilitado junto ao MAPA (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento) pelo próprio médico veterinário da propriedade.

Dependendo da quantidade de alevinos a serem comercializados, eles poderão ser transportados, com segurança, em sacolas de plástico ou em caixas isotérmicas de fibra de vidro ou ainda em bombonas de plástico.

Transporte dos alevinos


- Transporte em sacolas de plástico: As sacolas de plástico, com capacidade de aproximadamente 30 litros, poderão ser utilizadas para transportar os alevinos, quando a quantidade a ser adquirida for de, no máximo, 100.000 unidades. Para receber os alevinos, elas deverão ser parcialmente preenchidas com água limpa e com bastante oxigênio dissolvido. Feito isso, em cada sacola, poderão ser colocados até 2.000 alevinos e, em seguida, deve-se injetar oxigênio no seu interior, até completar o seu volume. Finalmente, as sacolas deverão ser devidamente lacradas, com tiras de borracha, para, em seguida, serem colocadas em caixas de papelão. Assim, elas estarão devidamente em condições de serem transportadas, por via aérea ou por terra. Acondicionados dessa maneira, os alevinos terão capacidade de se manter vivos por um período de até 25 horas, desde a embalagem até o momento da soltura.

- Transporte em caixas isotérmicas de fibra de vidro: Quando a quantidade de alevinos a ser adquirida for superior a 100.000 unidades, o transporte deverá ser feito, utilizando-se caixas isotérmicas de fibra de vidro, que permitem obter um controle da temperatura da água e da taxa de oxigênio, o que possibilitará manter os alevinos vivos por um período de até 48 h, desde a embalagem até a sua soltura nos tanques de recria. Sendo maior o tempo de sobrevivência dos alevinos, desde a embalagem até a sua soltura nos tanques. As caixas isotérmicas poderão ser transportadas por terra, reduzindo-se os gastos com transporte, uma vez que o frete terrestre será mais barato.

- Transporte em bombonas de plástico: Outra opção de recipiente utilizado para transportar os alevinos são as bombonas de plástico, com capacidade de 200 litros. Porém, esse sistema de transporte, por ser mais simples, deverá se restringir àqueles casos em que o tempo de transporte entre o criatório e a piscicultura seja de até 3 horas. Para isso, as bombonas deverão ser devidamente lavadas e preenchidas com água dos próprios tanques de onde os alevinos serão retirados. Cada bombona terá condições de transportar 10.000 alevinos de 2,0 a 3,0 cm de comprimento, desde que seu volume esteja totalmente preenchido com água e alevinos.

Leia o artigo Criação de tilápias - sistemas de produção extensivo, semi-intensivo, intensivo e superintensivo.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Piscicultura.


 

Por Andréa Oliveira.

Pensando em você, cliente CPT, o Centro de Produções Técnicas disponibiliza gratuitamente um manual prático sobre criação de tilápias, com especificações sobre as principais espécies, a temperatura e o o pH mais adequados para a sua criação, bem como os tipos de alimentação e as formas de reprodução. Tudo elaborado em linguagem simples e ilustrações para melhor exemplificar o conteúdo.

Portanto, não perca tempo!

 

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Manual sobre Criação de Tilápias

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Cursos Relacionados

Curso Criação de Tilápias Curso Criação de Tilápias

Com Prof. Dr. Manuel Vazquez JR

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Criação Comercial de Surubim Curso Criação Comercial de Surubim

Com Prof. Eduardo Rasguido

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção de Peixes Ornamentais Curso Produção de Peixes Ornamentais

Com Prof. Dr. Manuel Vazquez JR

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo de Camarões Marinhos Curso Cultivo de Camarões Marinhos

Com Prof. Dr. Prof. Antônio Ostrensky e Prof. Carlos...

R$ 412,00 à vista ou em até 12x de R$ 34,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Criação de Tilápias em Tanques-rede Curso Criação de Tilápias em Tanques-rede

Com Prof. Dr. Augusto dos Santos

R$ 520,00 à vista ou em até 12x de R$ 43,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Cecília Maria da Silva

20 de abr de 2019

Quero aprender sobre a criação de tilápias.

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de abr de 2019

Olá Cecilia Maria da Silva,

Ficamos felizes pela sua visita e comentário em nosso site.

Nossa empresa possui diversos cursos técnicos na área de piscicultura, principalmente relacionados à criação de tilápias. Creio que serão ótimos materiais para que você consiga ter sucesso nesta atividade.

Em breve, uma das nossas consultoras entrará em contato com mais informações e esclarecimentos sobre os cursos.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

 

Divina Nunes de Sousa

6 de fev de 2019

Estão de parabéns com as explicações. Estou na região de Bom Jardim de Goiás, onde mais perto posso comprar alevinos de tilapia sexuada?

Resposta do Portal Cursos CPT

7 de fev de 2019

Olá Divina,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Você pode procurar por criadores na sua região.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Maria Vilma de matos

2 de mai de 2018

Trabalho com criação de tilápia em tanques rede. Gostaria de saber onde comprar ração em quantidade maior. Sou da cidade de Coluna MG. Desde já obrigado

Resposta do Portal Cursos CPT

3 de mai de 2018

Olá Maria Vilma,

Recomendamos que entre em contato com casas agrícolas de sua região, eles podem lhe fornecer telefone de fornecedores na região.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Josejoaquimmateuspereira

20 de out de 2017

O melhor que já li, divino adorei ,foi Deus

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de out de 2017

Olá, Jose.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo!

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Vilson Barbalho

16 de mai de 2017

Gostaria de obter mais informações escificas sobre o curso, pretendo iniciar em caixas dgua.

Resposta do Portal Cursos CPT

17 de mai de 2017

Oál Vilson,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações sobre o Curso a Distância Criação de Tilápias em Tanques-rede.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Gislaine

10 de out de 2016

Olá sou de alagoas e não estou conseguindo encontrar o hormônio da reversão onde posso comprar.

Resposta do Portal Cursos CPT

17 de out de 2016

Olá Gislaine,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Você pode encontrar este hormônio em casas agrícolas, ou em empresas especializada em produtos para piscicultura, ou se preferir em mecanismos de busca como o Google.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Vanda Cristina

29 de set de 2016

Gostaria de se no curso da criação de tilápia vê alguma matéria sobre a reversão sexual.

Resposta do Portal Cursos CPT

3 de out de 2016

Olá Vanda,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. No Curso a Distância de Criação de Tilápias, são ensinados os seguintes tópicos: tipos de piscicultura, pré-requisitos para a criação, técnicas de cultivo, reversão sexual, engorda e despesca e processamento. Para mais informações sobbre o curso, nossas consultoras entrarão em contato.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Luis Eduardo

9 de ago de 2016

Obrigado pela Resposta, vai me ajudar bastante.

Resposta do Portal Cursos CPT

10 de ago de 2016

Olá Luis Eduardo,

Ficamos felizes em lhe ajudar.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Luis Eduardo

8 de ago de 2016

Boa noite! Tenho 6000 alevinos de tilápia de aproximadamente 17 mm cada, Gostaria de saber qual a quantidade de ração que deve colocar por dia e quantas vezes.

Resposta do Portal Cursos CPT

9 de ago de 2016

Olá Luis Eduardo,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Os alevinos entre 5,0 e 20,0 g, após o primeiro mês, já se alimentam com rações extrusadas e posteriormente, trituradas, na proporção de 5 a 8% de peso vivo, devendo a ração ser fornecida pelo menos quatro vezes ao dia.

Os peixes no estado juvenil – entre 80 e 250 g, devem ser alimentados de três a quatro vezes ao dia na proporção de 3 a 5% do peso vivo, com rações extrusadas de 4 a 5 mm de diâmetro e na fase de engorda, acima de 250g, a ração deve ser fornecida na proporção de 2 a 3% do peso vivo, com 6,0 até 10 mm de diâmetro. Essa mesma ração deve continuar até a fase final da engorda (acabamento), com 1 a 3 kg de peso vivo, quando os peixes ingerem, 1 a 2% do peso vivo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

vasco domingos jundo

26 de jul de 2016

Escreva o seu comentário...ao aprender a piscicultura acredito q muitos de nós mudaremos de vida, porque a criação de peixe e o comércio dá muito rendimento. Deus abençoe a maneira sábia que estão expondo os temas, são compreensíveis para todos. O meu muito obrigado.

Resposta do Portal Cursos CPT

26 de jul de 2016

Olá Vasco,

Ficamos muito felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Outros artigos relacionados à área Piscicultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade