WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Vai cuidar de cavalos? Você terá de saber o básico da enfermagem

Na criação de equinos são comuns os problemas que requeiram a interferência imediata para salvar a vida de um cavalo. Para isso, você, cuidador, deve ter conhecimentos básicos de enfermagem

Vai cuidar de cavalos? Você terá de saber o básico da enfermagem   Artigos CPT

Na criação de equinos não é raro encontrarmos problemas com os animais que requeiram a interferência imediata para salvar a vida de um cavalo. Na maioria das vezes, é fundamental a presença de um médico veterinário, mas na ausência de um, você, cuidador, deverá agir. Para isso, no entanto, você deverá ter, pelo menos, conhecimentos básicos de enfermagem.

“A análise e a interpretação corretas do nível dos problemas que acometem um animal é de grande importância. Através dela poderemos transmitir ao Médico Veterinário, com precisão, dados que permitirão que ele avalie o nível do problema”, explica Haroldo Vargas Leal Júnior, professor do Curso CPT Enquanto o Veterinário Não Chega - Atendimento a Equinos. Dessa forma, ele poderá decidir o grau de urgência no atendimento e orientar procedimentos que certamente poderão salvar um animal (ou pelo menos melhorar suas condições até o atendimento) ou ainda reduzir o seu nível de sofrimento.

Fazendo um treinamento adequado, você será capaz de avaliar os problemas que, porventura, venham a ocorrer com seus cavalos, analisar seu grau de importância, reconhecer os principais sinais e sintomas que devem ser transmitidos ao Médico Veterinário e oferecer algumas dicas do que fazer enquanto aguardar a presença de um Veterinário.

Mas, afinal, o que será preciso saber para lidar adequadamente com cavalos? Entre outras coisas, as principais são:


1. Medir a temperatura
A temperatura retal do cavalo é medida com a introdução de um termômetro clínico no ânus do animal, deixando-o em contato com a mucosa retal:

Temperatura Retal Normal dos equinos:

ADULTOS: 37,5 a 38,5o C

POTROS: 38 a 39o C

2. Aplicação de injeções
O uso de medicação injetável é comum em equinos. Ela geralmente é feita pelas vias intramuscular, intravenosa, subcutânea, intradérmica e intra-articular.

3. Soroterapia
A realização de soroterapia em adultos e potros merece cuidados especiais. Muitos tratamentos requerem a administração intravenosa de grandes volumes de soro.

4. Curativos e bandagens
Os acidentes traumáticos são uma rotina em equinos. No caso de cortes, devemos lembrar que:

5. Fisioterapia
O uso da fisioterapia, principalmente em cavalos de esporte, tem crescido muito. O uso de gelo, calor, parafina, infravermelho, ultrassom, alongamentos, entre outros, geralmente é de responsabilidade de tratadores e enfermeiros que devem ser treinados para tal.

Um pouco mais sobre o que encontrar no Curso CPT? Assista ao vídeo!


 

Conheça os Cursos CPT da área Criação de Cavalos.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!