WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Quanto mais luz, mais cios têm as éguas, você sabia?

Quando os dias se tornam mais longos, com maior exposição de luz diária, ocorre o estímulo para a espécie equina iniciar a atividade reprodutiva

Quanto mais luz, mais cios têm as éguas, você sabia?    Artigos Cursos CPT

 

Estudos relatam que a espécie equina apresenta sazonalidade reprodutiva, ou seja, em um determinado período do ano ocorre efeito do ambiente (fotoperíodo) sobre a manifestação reprodutiva.

“Quando os dias se tornam mais longos, com maior exposição de luz diária, ocorre o estímulo para a espécie equina iniciar a atividade reprodutiva”, afirma Fabiana Garcia Christovão, professora do Curso a Distância CPT Inseminação Artificial em Equinos, em Livro+DVD e Curso Online. Em regiões que apresentam altas temperaturas e alta incidência de luz solar durante o ano todo (próximas a linha do equador), as éguas tendem a apresentar estro durante todos os meses do ano.

As éguas manifestam cios em média de 21 em 21 dias, sendo classificadas reprodutivamente como poliéstricas estacionais por apresentarem cios concentrados nas estações mais quentes do ano (primavera e verão). Para que uma fêmea equina entre em cio, será de grande importância, além da idade adequada e de uma condição corporal favorável, a presença de um fotoperíodo longo, com aproximadamente 16 horas de luz por dia.

Vale destacar a influência do fator climático sobre as pastagens, cujo crescimento e qualidade aumenta muito no período de primavera/verão, o que significa nutrição mais adequada para as éguas, fator que também influencia a fertilidade. A influência do fotoperíodo pode ser reproduzida artificialmente com programas de iluminação das cocheiras e, até mesmo, em piquetes.

Nos haras onde as fêmeas demoram mais para entrar no cio, elas podem ser recolhidas da pastagem ao final do dia e colocadas em cocheiras, onde será colocado em prática um programa de luz com iluminação de 20 wts/m2, com o objetivo de completar as 16 horas de luminosidade diária. Geralmente, programas desse tipo são iniciados alguns meses antes da estação de monta.

Aprimore seus conhecimentos. Leia a(s) matéria(s) abaixo:


- Inseminação artificial em equinos: como escolher matrizes e garanhões?
- Inseminação Artificial em éguas: sêmen fresco, resfriado ou congelado?

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 


Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Criação de Cavalos.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!