WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Conheça nossos Cursos Profissionalizantes (combos) com 40% de DESCONTO

Odontologia equina: Erupção molar assincrônica

Alguns casos de degrau ou ondulação oclusal em equinos são resultantes da assincronia da erupção do dente permanente e seu antagonista mandibular e maxilar

Odontologia equina: Erupção molar assincrônica   Artigos CPT

A oclusão funcional ideal em equinos ocorre quando há uma perfeita sincronia de erupção de dentes molares e pré-molares e seus dentes antagonistas. “Alguns casos de degrau ou ondulação oclusal são resultantes da assincronia da erupção do dente permanente e seu antagonista mandibular e maxilar”, explica o Prof. Dr. Luiz Fernando Rapp de Oliveira Pimentel, do Curso CPT Odontologia Equina: Diagnóstico e Intervenções em Odontopatias Congênitas e Adquiridas.

Degrau bilateral, com tamanho excessivo nos dentes 110 e 210 (superiores) é uma desordem comum em algumas raças. Ao acompanhar estudos radiográficos de potros por volta de dois anos de idade, percebemos que a erupção dos dentes 310 e 410 (inferiores) não ocorre de forma direta e alinhada para a cavidade oral. Devido à curvatura da mandíbula (Curva de Spee), esses dentes estão posicionados em direção à coroa de reserva dos dentes dos 309 e 409, respectivamente. Apenas após contato com esses dentes é que 310 e 410 iniciam o alinhamento para a erupção na cavidade oral. Esse maior percurso percorrido (a menor distância entre dois pontos é uma reta!) pode atrasar a erupção de 310 e 410 em direção na cavidade oral. Ao mesmo tempo, os dentes 110 e 210 já erupcionados, pela falta de contato oclusal com seus antagonistas ainda, apresentam coroa clínica mais longa e formam os degraus.


Cavidade oral. Degrau bilateral, com tamanho excessivo nos dentes 110 e 210 (círculos amarelos)   Artigos CPT

Tratamento:


Desgaste oclusal seletivo de degraus e ondulações deve ser progressivo; lembremos mais uma vez que a dentina oclusal tem tamanho variável entre 2 mm e 8 mm. Faça a redução milímetro a milímetro, observe a oclusal antes de continuar o desgaste seletivo para evitar a exposição do canal pulpar. Ao terminar, cubra a oclusal do dente desgastado com cimento de hidróxido de cálcio e administre analgésicos por três dias. Caso ocorra a exposição do canal pulpar, inicie a terapia antibiótica imediatamente e mantenha por 7 a 15 dias.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Saiba mais sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) abaixo:


 - Odontologia equina: distúrbios de oclusão

Conheça os Cursos CPT da área Criação de Cavalos.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!