WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Exame andrológico em cavalos doadores de sêmen. Por que fazer?

O objetivo do exame andrológico é estimar a fertilidade potencial do reprodutor na puberdade, na estação de monta, ao comercializá-lo e em caso de subfertilidade ou infertilidade temporária

Exame andrológico em cavalos doadores de sêmen. Por que fazer?   Artigos Cursos CPT

 

Considerando a Inseminação Artificial como uma técnica que é parte de um conjunto de tecnologias que visam à evolução da criação de equinos, um procedimento de grande valor a ser adotado quando um garanhão é usado como reprodutor é o exame andrológico. “O objetivo do exame andrológico é estimar a fertilidade potencial do reprodutor”, afirma Fabiana Garcia Christovão, professora do Curso a Distância CPT Inseminação Artificial em Equinos, em Livro+DVD e Curso Online.

O garanhão pode manifestar limitações em sua capacidade copuladora como comprometimentos locomotores, pode estar infectado por patógenos ou apresentar problemas no sêmen. Os problemas de comportamento sexual merecem atenção, especialmente, se estiverem interferindo na fertilidade. Da mesma maneira, as doenças venéreas deverão ser diagnosticadas e tratadas adequadamente. Já a avaliação do sêmen objetiva avaliar a produção espermática em termos qualitativos e quantitativos.

É bastante aconselhável a realização do exame andrológico em alguns momentos da vida do reprodutor, como no início da puberdade, às vésperas da estação de monta, em caso de comercialização do animal e caso sejam diagnosticadas subfertilidade ou infertilidade temporária. Também, será essencial fazer esse exame no momento em que o garanhão passa a ser doador de sêmen em um programa de Inseminação Artificial. O exame vai, particularmente, verificar aspectos relacionados à criopreservação e à refrigeração de sêmen, quando já aprovados, anteriormente, na sua qualidade sanitária.

O exame andrológico tem inicio com a identificação do animal, a mais completa possível, incluindo informações como nome, marcações já feitas (nitrogênio ou erro quente, tatuagem, chip etc.), número de registro, idade, peso e raça. Pode ser realizada uma resenha descrevendo o animal.

Aprimore seus conhecimentos. Leia a(s) matéria(s) abaixo:


Inseminação artificial em equinos: como escolher matrizes e garanhões?
Inseminação Artificial em éguas: sêmen fresco, resfriado ou congelado?

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 


Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Criação de Cavalos.
Por Silvana Teixeira.

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!