Como escolher e preparar a égua para receber embrião?

Entre as receptoras será escolhida, no momento da transferência, de preferência, uma égua virgem que apresentar as melhores características e que tiver ovulado o mais próximo da doadora

Como escolher e preparar a égua para receber embrião?   Artigos Cursos CPT

 

As éguas receptoras de embrião devem passar por uma seleção mais rigorosa que aquela que passam as éguas doadoras. Elas devem:
- ter uma idade entre três e dez anos;
- estarem ciclando normalmente;
- não apresentarem cistos uterinos;
- apresentarem corpo lúteo maior do que 30 mm;
- apresentarem a cérvix firmemente fechada e útero de conformação tubular.

“Entre as receptoras será escolhida, no momento da transferência, de preferência, uma égua virgem que apresentar as melhores características acima descritas e que tiver ovulado o mais próximo da doadora”, afirma Dr. Orlando Marcelo Vendramini, professor do Curso a Distância CPT Reprodução de Cavalos, em Livro+DVD e Curso Online.

Considera-se como grau de sincronia de ovulação, entre doadora e receptora, a diferença de dias entre as duas ovulações. O ideal é que a receptora ovule numa faixa de um dia antes da doadora até quatro dias depois.

Escolhida a receptora, ela é colocada num tronco com a cauda ligada e tracionada para cima, por um auxiliar ou por um cordão. A ampola retal é esvaziada dos excrementos que poderão contaminar a vulva no curso da operação.

A coleta pode ser cirúrgica ou não cirúrgica. Essa última é a mais utilizada. Ela se assemelha à técnica de inseminação artificial nessa espécie. O embrião é montado dentro de um paillete de 0,25 ou 0,5 mL, dependendo do estádio de desenvolvimento, onde é mantido em um meio de conservação entre duas bolhas de ar seguidas por igual quantidade de meio nas extremidades do paillete.

O paillete pronto é colocado dentro do aplicador para transferência do embrião (inovulador), e este último é colocado dentro de uma bainha plástica descartável com extremidade aberta e arredondada. Todo esse aplicativo é revestido por uma camisa sanitária. Utilizando luvas de palpação estéreis, o técnico deve introduzir o aplicador via vaginal, guiando-o com o dedo indicador através da cérvix. O embrião é depositado cuidadosamente no corpo do útero.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Fecundação equina: saiba um pouco mais
- Reprodução de cavalos: transferência de embrião
- Como garantir o sucesso na inseminação artificial de equinos?

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Criação de Cavalos.
Por Silvana Teixeira.

Cursos Relacionados

Curso Alimentação de Cavalos Curso Alimentação de Cavalos

Com Prof. Dr. Orlando Marcelo Vendramini

R$ 426,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Reprodução de Cavalos Curso Reprodução de Cavalos

Com Prof. Dr. Orlando Marcelo Vendramini

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Aprenda a Montar e Lidar com Cavalos Curso Aprenda a Montar e Lidar com Cavalos

Com Prof. Dr. Haroldo Vargas

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Criação de Cavalos

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade