Adquira 2 ou mais Cursos CPT e ganhe Frete Grátis.

Abelhas sem ferrão - Guarupu (Melipona bicolor)

Abelhas sem ferrão - Guarupu (Melipona bicolor)

 

A Guarupu (Melipona bicolor) é uma abelha social da subfamília dos meliponíneos, de ampla distribuição brasileira. Também é conhecida pelos nomes de Fura-Terra, Garapu, Graipu, Guaraipo, Guarapu e Pé-de-Pau. Essa espécie é muito mansa, proporcionando um fácil manejo. A Guarupu apresenta poliginia, isto é,  mais de uma rainha no mesmo ninho, o que é raro entre as abelhas sem ferrão.

Essa espécie é muito rústica, mas com o fator feromonal em destaque. Necessita de lugares sombreados e alimentação, em igual proporção de água e açúcar. Desta forma, ao desidratare o xarope, as Guarupus são beneficiadas com a umidade interna da colmeia.

Morfologia

A Melipona bicolor atinge até 9 mm de comprimento e possui coloração preta com a cabeça manchada de amarelo, construindo ninhos em árvores ocas, especialmente na base, e produz mel apreciado.

Ocorrência

A abelha Guarupu é encontrada no Rio de Janeiro, em Minas Gerais, em São Paulo, no Paraná, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. A Guaraipo da Região Sul é a  Melipona bicolor schencki ou Guaraipo Negra e está incluída na lista de espécies ameaçadas de extinção.

As rainhas da Melipona bicolor

Na espécie de abelhas Guaraipo, há mais de uma rainha na colônia. Nem todas as operárias são irmãs, algumas são primas ou exibem outro grau de parentesco, visto que as múltiplas rainhas tendem a ser mães e filhas ou irmãs. Em compensação, para reforçar os laços familiares, cada rainha parece cruzar com apenas um macho, isto garante a manutenção de sua genética.

A organização social típica da Guaraipo são colônias com 2 ou 3 rainhas e, às vezes, até 4 ou 5. Já se viu essa característica esporadicamente em outras espécies, mas não como padrão da espécie. Ninhos comandados por mais de uma rainha são um traço mais comum em colônia de Vespas e de Formigas.

Outro dado surpreendente da Guaraipo: as rainhas convivem em tranquilidade, sem grandes disputas, em um mundo onde a partilha de liderança não parece ser empecilho ao desenvolvimento do grupo.

Ninho

O ninho da Melipona bicolor fica rente ao solo, dentro de cavidades de árvores. Na serra do Rio Grande do Sul, a Guarupu nidifica tanto próximo ao chão quanto em alturas maiores, em proporção similar. A entrada do ninho, assim como da maioria das meliponas, é feita com barro. No interior da colmeia, os favos têm uma disposição espiral, cobertos por um invólucro de várias camadas de cerume. Ao redor do favo, estão os potes ovais onde ficam armazenados os alimentos (mel e pólen).

Mel

O mel desta espécie é bastante saboroso.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os cursos da área Apicultura, elaborados pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Por Andréa Oliveira.

Fontes: Embrapa, USP, WebBee e Wikipédia

Acesse os links abaixo e conheça mais sobre as abelhas:

Anatomia das abelhas

O mercado do mel no Brasil

Abelhas sem ferrão e com ferrão

Funções da rainha

Funções do zangão e das operárias

Termorregulação da colmeia

A dança em busca de alimento

ABELHAS SEM FERRÃO

Critérios de escolha das espécies para a criação

Requisitos ideiais para a criação

Vantagens e dificuldades quanto à sua criação

Mel com baixo teor de açúcar e ação antibacteriana

ESPÉCIES DE ABELHAS SEM FERRÃO

Abelha-Limão (Lestrimelitta limao)

Boca-de-Sapo (Partamona helleri)

Borá (Tetragona clavipes)

Guira (Geotrigona mombuca)

Guiruçu (Schwarziana quadripunctata)

Iraí (Nannotrigona testaceicornes)

Irapuã (Trigona spinipes)

Jataí (Tetragonisca angustula)

Jataí-da-Terra (Paratrigona subnuda)

Lambe-Olhos (Leurotrigona muelleri)

Mandaçaia (Melipona mandacaia)

Manduri (Melipona marginata)

Marmelada Amarela (Frieseomelitta varia)

Mirim Droryana (Plebeia droryana)

Mirim-Guaçu (Plebeia remota)

Mirim-Preguiça (Friesella Schrottkyi)

Mombucão (Cephalotrigona capitat)

Tataíra (Oxytrigona tataira tataira)

Tubuna (Scaptotrigona bipunctata)

Uruçu (Melipona scutellaris)

Uruçu-Amarela (Melipona rufiventris)

ABELHAS COM FERRÃO

Origem da Apis mellifera e mecanismo de defesa

Gênero Apis e sua distribuição no mundo

Como as Apis mellifera se comunicam

ESPÉCIES DE ABELHAS COM FERRÃO

Abelha-Africana (Apis mellifera scutellata)

Abelhas Africanizadas (Africana+Europeia)

Abelha-Carnica (Apis mellifera carnica)

Abelha-Caucasiana (Apis mellifera caucasica)

Abelha-Europeia (Apis mellifera mellifera)

Abelha-Italiana (Apis mellifera ligustica)

Cursos Relacionados

Curso Planejamento e Implantação de Apiário Curso Planejamento e Implantação de Apiário

Com Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Manejo do Apiário - Mais Mel com Qualidade Curso Manejo do Apiário - Mais Mel com Qualidade

Com Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Apicultura Migratória - Produção Intensiva de Mel Curso Apicultura Migratória - Produção Intensiva de Mel

Com Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Processamento de Mel Puro e Composto Curso Processamento de Mel Puro e Composto

Com Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção e Processamento de Própolis e Cera Curso Produção e Processamento de Própolis e Cera

Com Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Criação de Abelhas Nativas sem Ferrão - Uruçu, Mandaçaia, Jataí e Iraí Curso Criação de Abelhas Nativas sem Ferrão - Uruçu, Mandaçaia, Jataí e Iraí

Com Prof.ª Dr.ª Ana Maria Waldschmidt e Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Leonor S. Estevam

14 de ago de 2016

Estou animadíssima em conhecer mais sobre as melíponas (abelhas sem ferrão). Infelizmente perdi uma colmeia de jataís, por falta de conhecimento. Agora, que já descobri vocês e outros meios, quero aprender mais p ajudar o meio ambiente e me empenhar p proteger as abelhas. Não quero aprender muito mais sobre abelhas.

Resposta do Portal Cursos CPT

15 de ago de 2016

Olá Leonor,

Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Leonardo

14 de jul de 2016

Boa tarde, sou um pequeno meliponicultor e moro em Domingos Martins, região serrana do Espirito santo. Ao ler sua matéria sobre a Guarupu (Melipona bicolor) que fala de sua ocorrência (A abelha Guarupu é encontrada no Rio de Janeiro, em Minas Gerais, em São Paulo, no Paraná, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul). Se for de interesse venho informar que a Guarapu é comum encontrá-la na minha região é mais conhecida como Pé-de-Pau. Gostaria de parabenizar o site, aprendi muito com ele e continuo aprendendo. att, Leonardo Gonçalves

Resposta do Portal Cursos CPT

15 de jul de 2016

Olá Leonardo,

Ficamos muito felizes que tenha gostado do nosso conteúdo e agradecemos sua observação.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Outros artigos relacionados à área Apicultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade