A história do Jeans - da calça de lona usada por mineradores às passarelas do mundo

No início, as calças criadas por Levi Strauss eram de uma cor amarronzada, depois, ele teve a ideia de tingir o tecido com um corante de cor azul, extraído de uma planta chamada Indigus

A história do Jeans - da calça de lona usada por mineradores às passarelas do mundo

O jeans entrou no mercado da moda, em 1970, quando Calvin Klein, um famoso estilista da época, trabalhou o jeans nas passarelas, por sua praticidade, simplicidade e estilo moderno. Foto: reprodução.

Na metade do século XIX, nos Estados Unidos, dois imigrantes chamados Levi Strauss (da Alemanha) e Jacob Davis (da Letônia) transformaram em calça a lona usada na cobertura das barracas, já que eram mais resistentes. Antes disso, já havia na cidade de Nimes, na França, uma calça com tecido e costura parecidos com o modelo de Strauss e Davis, inicialmente na cor marrom, depois emergido para a cor verde e finalmente para o tradicional blue. Assim nasceram as primeiras calças jeans, usadas por mineradores do Oeste americano. Somente depois, para  reforçar as calças, é que Davis adicionou rebites, dando uma característica bastante peculiar à peça. No entanto, foi Levi Strauss quem registrou essa invenção, começando a produzi-la com brim azul, adotando a marca, até hoje conhecida, Levi's.

Em 1890, surgia o seu modelo mais famoso, a calça 501. No entanto, o nome Jeans passou a ser usado somente na década de 1940, nos Estados Unidos, designando as calças feitas com brim índigo blues. A partir de 1950, toda a juventude americana adotou o jeans como o símbolo da rebeldia. O conceito de uso do jeans como símbolo de rebeldia jovem e despojada surgiu por meio do cinema, em filmes que tinham James Dean e Marlon Brando como símbolos de juventude. Nesta época, as marcas Levi´s, Lee e Mustang passaram a competir mais fortemente no mercado. No entanto, ele entrou no mercado da moda, em 1970, quando Calvin Klein, um famoso estilista da época, trabalhou o jeans nas passarelas, por sua praticidade, simplicidade e estilo moderno.

Modelos

Tradicional: Cintura no lugar e pernas de corte afunilado. Já foi chamada de five pockets (cinco bolsos), três na frente e dois atrás, uma referência à pioneira 501 americana da Levi's. Seu corte acompanhar as linhas do corpo, vestindo bem todo o tipo de pessoa.

Antifit: Adota o modelo da 501, só que com botões ou zíperes. Apresenta cintura baixa, quadril desestruturado e corte reto nas pernas, por isso não é um jeans de caimento perfeito. No entanto, oferece conforto e estilo à pessoa que o usar.

Bootcut: É uma variação do antifit, apresentando a perna um pouco mais larga do joelho para baixo, para facilitar o uso de botas para dentro da calça.

Semibaggy: Cintura no lugar, quadril largo e corte da perna ligeiramente afunilado, de cintura fina e quadril largo.

Tight Fit ou Slim Fit: Com cintura baixa, tipo Saint-Tropez, destaca os quadris e apresenta as pernas justas, com corte afunilado ou reto.

Cigarrete: É ajustada ao contorno do corpo, com cintura baixa. Algumas versões usam a mistura de jeans com lycra, ficando ainda mais justa.

Oversized: Modelo bem folgado. Apresenta base extra dimensionada, com cintura larga, quadril desestruturado e pernas amplas.

Skinny: Modelo bem justo, principalmente abaixo do joelho. Parecida com a Legging, porém com tecido jeans.

Curiosidades sobre o jeans    

- Desde 1857, havia um tecido semelhante ao atual jeans, criado em Nimes, na França.

- O nome jeans vem do apelido genes, dado pelos norte americanos aos marinheiros que trabalhavam no porto de Gênova (Itália) e usavam uniformes feitos com o tecido criado em Nimes, na França.

- Em 1873,  Levi Strauss, um comerciante de lonas da Califórnia, cujo negócio não ia muito bem, teve a brilhante ideia de fazer algumas calças para atender o desejo dos mineradores que queriam roupas mais resistentes ao trabalho que exerciam.

- Foi Jacob Davis, fabricante de estribos para cavalo, que criou os rebites de reforço para o jeans.

- No início, as calças criadas por Levi Strauss eram de uma cor amarronzada, depois, ele teve a ideia de tingir o tecido com um corante de cor azul, extraído de uma planta chamada Indigus.

A história do Jeans - da calça de lona usada por mineradores às passarelas do mundo

O quinto bolso da calça jeans, bem pequeno, que se localiza na frente, do lado direito da calça, surgiu para guardar relógios, tabaco, moedas e até tachas e pregos. Foto: reprodução.

- O quinto bolso, bem pequeno, que se localiza na frente, do lado direito da calça, surgiu para guardar relógios, tabaco, moedas e até tachas e pregos.

- A tradicional Levi’s 501 teve seu nome emprestado do número do lote onde este modelo se encontrava.

- O jeans era usado exclusivamente para trabalho. Somente nos anos 50, após ser usado por astros do cinema norte-americano, é que a peça se tornou o uniforme dos jovens americanos.

- Em 1970, Calvin Klein inovou trazendo o jeans para as passarelas e lançando moda, até hoje bastante atual.

- O desgaste do jeans vinha com o uso no dia a dia e dava uma cara nova ao jeans. Mas com a chegada da lavagem na pedra vulcânica ou stonewashed, em 1980, tornou-se possível comprar um jeans novo com aparência de usado.

- Nos anos 90, o jeans recebeu novas lavagens, mais cores e teve a adição de poliester e elastano, garantindo caimento perfeito e conforto.

- A partir de 2.000, o grande chamariz foi o jeans premium, com mais detalhes, tratamento com jatos de areia, simulando desgaste em pontos específicos, rasgos estratégicos, modelos exclusivos e quantidades limitadas, renovando o desejo das pessoas pelo jeans e criando peças com valores muito além do que já havia sido visto até então.

- Atualmente o jeans virou artigo de luxo presente nas passarelas de todo o mundo.

Aprenda sobre outras confecções de roupa, acessando os cursos da área Confecção de Roupas, elaborados pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Por Andréa Oliveira.

Fontes: Wikipédia, Abril, Infoescola.

Cursos Relacionados

Curso Confecção de Saias Curso Confecção de Saias

Com Prof. Escola Sigbol Fashion

R$ 386,00 à vista ou em até 12x de R$ 32,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Confecção de Blusas Curso Confecção de Blusas

Com Prof. Escola Sigbol Fashion

R$ 386,00 à vista ou em até 12x de R$ 32,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Confecção de Vestidos Curso Confecção de Vestidos

Com Prof. Escola Sigbol Fashion

R$ 386,00 à vista ou em até 12x de R$ 32,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Confecção de Calças Femininas Curso Confecção de Calças Femininas

Com Prof. Escola Sigbol Fashion

R$ 386,00 à vista ou em até 12x de R$ 32,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Confecção de Camisas Masculinas Curso Confecção de Camisas Masculinas

Com Prof. Escola Sigbol Fashion

R$ 386,00 à vista ou em até 12x de R$ 32,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Confecção de Calças Masculinas Curso Confecção de Calças Masculinas

Com Prof. Escola Sigbol Fashion

R$ 386,00 à vista ou em até 12x de R$ 32,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Confecção de Roupas

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade