Segurança em condomínios começa no projeto arquitetônico

Sua função principal é prever os riscos e assim evitá-los, não há que se falar em segurança depois que os fatos aconteceram

https://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia1898/m-seguranca.JPG

Os síndicos e administradores  devem organizar e manter adequados e eficientes sistemas de segurança.

Antes de entrarmos na questão específica da segurança em condomínios, é importante que façamos algumas observações sobre a segurança das instituições no sentido mais amplo.  Se considerarmos que os condomínios são locais que concentram um grande número de pessoas e que sua manutenção exige planejamento e administração quase empresarial, torna-se necessário, então, conhecermos, antes, algumas noções de segurança empresarial, dentro de princípios técnicos e científicos, uma vez que esse  conhecimento serve de base para, praticamente, toda e qualquer política de segurança em ambientes privados.

A segurança é classificada como uma necessidade primária do homem, posterior apenas às necessidades fisiológicas ou animais, como alimentar-se, abrigar-se e reproduzir-se. Sem elas, o homem não consegue sobreviver e manter-se de forma estável em seu ambiente.  Nesse contexto, a segurança descrita pelo pesquisador Maslow, em suas pesquisas, enumera as necessidades humanas dentro de uma pirâmide de hierarquia, conhecida como a  “Teoria de Maslow”, e diz que não é apenas contra violência e a criminalidade, mas também contra qualquer ameaça ou perigo, como doenças, desemprego, situações difíceis ou simplesmente o desconhecido. Já a segurança empresarial é definida como o conjunto de medidas, capazes de gerar um estado, no qual os interesses vitais de uma empresa estejam livres de danos, interferências e perturbações.

O estabelecimento da segurança irá depender das características e formas que os condomínios assumem, determinando, assim, sua vulnerabilidade. Na realidade, a segurança dos condomínios começa com pelo projeto arquitetônico, no qual as características como localização, poder aquisitivo dos ocupantes, rotina interna, qualificação dos funcionários, nível de cooperação dos ocupantes e o uso de equipamentos de segurança, determinam o maior e o menor grau de vulnerabilidade do edifício no dia-a-adia, cabendo ao chefe de segurança desenvolver estudos e pesquisas, objetivando prever os riscos a antecipar-se aos problemas, provendo, assim, a necessária segurança das instalações e dos moradores.

Atualmente, o conceito de que condomínios são mais seguros do que casas já não é mais a realidade, uma vez que tem crescido acentuadamente os casos de assaltos e invasões aos mesmos, desde os mais simples até os de alto padrão. Por isso, é importante que os síndicos e administradores organizem e mantenham adequados e eficientes sistemas de segurança nos condomínios sob sua responsabilidade.

https://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia1898/m-central-seguranca.JPG

Para que a segurança tenha um nível elevado de profissionalismo comece organizando e implantando uma central de segurança.

Para que a segurança tenha um nível elevado de profissionalismo, é necessário que o condomínio comece organizando e implantando uma central de segurança, onde devem estar centralizados todos os serviços, sendo mais adequado organizá-la de uma única vez, adquirindo e instalando tudo o que ela precisa. Por outro lado, de nada adianta equipamentos sofisticados e uma organização adequada se o elemento humano que vai operar esse sistema não estiver treinado e qualificado para tal.

Para auxiliar nesse trabalho, o CPT – Centro de produções Técnicas elaborou o curso “Segurança em Condomínios” no qual você receberá informações de Plácido Soares, advogado, consultor de segurança e pesquisador criminal, com grande experiência em segurança pública e privada. É membro do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, de São Paulo, e da American Society for Industrial Security, com sede nos Estados Unidos.  

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On-line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

Toda atividade humana, para ser bem sucedida, deve basear-se em princípios. Com a segurança empresarial, não é diferente. Sua função principal é prever os riscos e assim evitá-los, não há que se falar em segurança depois que os fatos aconteceram. Em última análise, deve estar preparada para agir imediatamente após a ocorrência dos fatos danosos. A melhor forma de prevenir é por meio de treinamentos constantes, o que gera condicionamento, aguça e desenvolve as medidas preventivas.

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Cursos Relacionados

Curso Treinamento de Síndico - Administração de Condomínios Curso Treinamento de Síndico - Administração de Condomínios

Com Prof. Dr. Rômulo Gouvêa

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Segurança em Condomínios Curso Segurança em Condomínios

Com Prof. Plácido Soares

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Treinamento de Pessoal de Condomínio Curso Treinamento de Pessoal de Condomínio

Com Prof.ª Laura Smith

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Outros artigos relacionados à área Casa Prática

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade