Adquira 2 ou mais Cursos CPT e ganhe Frete Grátis.

Quais são as obrigações de um zelador?

O próprio nome diz, o que zela. O zelador cuida da parte do patrimônio dos moradores a qual é comum. As funções deste profissional são quase que domésticas

Obrigações do zelador


O próprio nome diz, o que zela. O zelador cuida da parte do patrimônio dos moradores a qual é comum. As funções deste profissional são quase que domésticas. Alguns condomínios oferecem a este profissional uma residência no local de trabalho. Segundo Laura Ditt Smith, professora do Curso a Distância CPT Treinamento de Pessoal de Condomínio, em Livro+DVD e Curso Online, "O zelador é o responsável pelo dia a dia do condomínio, portanto deverá ter orientações sobre prevenção e combate a incêndios, manutenção hidráulica e elétrica, cuidados com a piscina, procedimentos de segurança, técnicas de segurança, relacionamento entre funcionários e síndico". Ao zelador, entre suas obrigações, compete:

A - Em situações de emergência


Ter em mãos uma lista de telefones ou endereços úteis de órgãos, empresas e outros para as situações de emergências. Esta lista deverá estar exposta de forma que todos os funcionários, inclusive moradores possam ter acesso.
- Telefone residencial e comercial do síndico.
- Ponto de táxi.
- Corpo de bombeiro.
- Companhia de engenharia e trânsito.
- Companhia de abastecimento de água.
- Companhia de gás.
- Companhia de energia elétrica.
- Departamento de Controle de uso de Imóveis.
- Polícia Civil.
- Polícia Militar.
- Delegacia mais próxima.
- Farmácia mais próxima.
- Companhia telefônica.
- Telefone de contato ou recado dos funcionários.
- Pronto-socorro.
- Hospital mais próximo.
- Telefone da assistência dos geradores.
- Telefone da Construtora.
- Serviço de hora certa.
- Serviço de linhas telefônicas com defeito.
- Serviço de ambulância.
- Serviço de assistência técnica de bomba de piscina.
- Serviço de assistência técnica dos elevadores.
- Serviço de encanador.
- Serviço de mecânico de automóveis.
- Serviço de eletricidade privado.

Obs.: tenha anotado também a voltagem dos equipamentos, tomadas do condomínio, largura e altura dos portões, garagens e rampas.

B - Pequenos reparos


Fazer pequenos reparos de problemas domésticos das áreas comuns do condomínio, como troca de lâmpadas, resistência de chuveiros, reparos de encanamento, acertos de pequenos vazamentos de torneiras, pinturas de conservação de pequenas áreas ou objetos, apertos de parafusos soltos entre outros. Além dessas é preciso também:

- Reparar torneiras, fechando o registro e usar a chave de boca para retirar parte superior da torneira. Tirar também a válvula (courinho) e colocar outra, recolocar a parte superior e abrir o registro.
- Desligar as bombas d’água, quando o reservatório inferior estiver vazio, e verificar o estado das boias automáticas das bombas.
- Desentupir canalizações de esgoto (dependendo do local) e, se não tiver conhecimento, chamar o técnico responsável.
- Auxiliar em apartamentos alagados.
- Quando houver problemas nas bombas, chamar o técnico.

C - Quando e como tomar as providências


Sobre segurança do condomínio quanto a roubos, incêndios, vazamento de água ou gás e falta de energia elétrica. De que forma poderá fazê-lo?

- Em situações de vazamentos

Nas situações de emergências de vazamentos, procurar fechar registros e outros responsáveis pela condução destes e imediatamente chamar o órgão da sua cidade ou Estado responsável para atuar nas situações de emergências e avise imediatamente todos os moradores.

- Em situações de falta de energia

Na falta de energia elétrica, primeiro verifique se não é a chave geral do condomínio que por algum motivo foi desativada. Se não for, acione a energia alternativa do condomínio como geradores e outros. Em seguida, chame o órgão ou profissional competente.

- Em caso de incêndio

No caso de incêndio, tome as providências estabelecidas pelo órgão responsável, que já deverá ter passado por seu condomínio e feito o treinamento.

D - Deverá ter anotado


Uma autorização do síndico para tomar providências quanto ao mau comportamento de determinados condôminos que colocam em risco a ordem e a segurança do condomínio, relação de materiais e equipamentos que estejam faltando e tomar providências, quando lhe é dado autonomia para isto, através do síndico.

E - Segurar e entregar correspondências ou mercadorias


Quantas vezes por dia forem necessárias, pois correspondências podem ser emergenciais e prejudicar o destinatário se não for entregue. Por isso, é de extrema responsabilidade do zelador deixar ordens na portaria para que avisem assim que chegar correspondências urgentes ou fora do horário normal de entregas. Nunca deixe para entregar correspondência no dia seguinte, mesmo que estas cheguem após horário de expediente. Muitas pessoas, ao saírem pela manhã para o trabalho, já levam consigo contas e outros para pagarem ou resolverem naquele dia, que poderá ser a data de vencimento. Você poderá ser responsabilizado pela ocorrência de multas nas contas destes
moradores.

F - Estar atento às mudanças de rotina do condomínio


 Quaisquer mudanças devem ser comunicadas imediatamente aos moradores, tais como falta de água, de luz, limpeza ou dedetização de ambientes, manutenção de elevadores, mudanças, pois estas alterações podem ocasionar danos aos moradores se não forem comunicadas através de avisos nas áreas circuladas, interfones ou quadros de aviso, depende das normas de cada condomínio.

G - Anotações e controle de aluguéis


Do salão de festa, da sala de ginástica e das quadras. Sempre anotando quem utilizou estes locais, relacionando dia e hora. Assim, poderá se evitar possíveis transtornos na utilização indevida ou danos ao ambiente.

H - Deverá controlar os dias de mudanças


De moradores, seja para entrar ou para sair do condomínio. Deverá ter consigo anotações de dia, hora, empresa, quantidade de empregados, número do apartamento e nome do proprietário. O uso do elevador de serviço para esta atividade deverá ser controlada pelo zelador para que a empresa de mudanças, o proprietário que está mudando, nem os moradores do condomínio sejam prejudicados. É importante liberar o elevador nos horários de pico, e pelo menos a cada quinze minutos fazer uma pausa de dois minutos da mudança para que eventualmente algum morador possa fazer uso do elevador. Ou comunique os moradores o dia e hora da mudança, e se caso alguém for utilizar o elevador neste intervalo antes de tentar fazê-lo comunique-se com a portaria pedindo que se libere o mesmo por alguns minutos.

I - Deverá ter controle das chaves


Locais que são trancados com as mesmas e um livro com anotações de pessoas que os utilizarem, constando dia, horário da entrega e devolução das chaves, deverá, também, constar nome e número do apartamento.

J - A manutenção de equipamentos e objetos do condomínio


Devem ser feitas pelo zelador, caso não seja especializado deverá ter uma relação de profissionais competentes.

K - Controle das chaves dos moradores deixadas na portaria


Para o controle, tenha à mão as seguintes anotações:
a) número do apartamento e nome do proprietário ou pessoa que solicitou a guarda das chaves.
b) dia e horário da entrada e saída das chaves e assinatura do mesmo.
c) nome do receptor das chaves.
d) ao entregar as chaves para o receptor, verificar a identidade e fazê-lo assinar.

L - Organize seu trabalho em tarefas diárias


a) Verificar o funcionamento dos elevadores.
b) Verificar se os extintores de incêndio estão no local e se estão em bom funcionamento. Quando for data de recarregá-los ou trocá-los, fazer com sistema de rodízio para que o condomínio não fique totalmente sem equipamentos. Não se esqueça que recarregamentos são feitos por empresas especializadas que deverão constar na lista do item A.
c) Verificar carga e funcionamento de equipamento de energia alternativa como geradores.
d) Separar e entregar correspondências.
e) Anotar infrações cometidas pelos moradores, falta de materiais, objetos, toda e qualquer alteração da rotina e levar ao final do dia para o síndico.
f) Verificar o cumprimento das tarefas dos outros funcionários e após sua saída completar o que possivelmente possa estar faltando e que seja importante.
g) Estar atento a princípios de incêndio, vazamentos de gás e água, funcionamento da caixa d’água, presença de insetos e outros.
h) Pagar contas do condomínio se for preestabelecido nas normas.
i) Avisar constantemente à portaria onde se localiza o zelador, e fazê-lo a cada troca de ambiente;
j) Verificar funcionamento das câmeras de segurança.
k) Verificar o funcionamento dos sistemas de entrada e saída do condomínio como portões eletrônicos e outros.
l) Não permitir agrupamento de pessoas estranhas nas imediações do condomínio.
m) Vistoriar todos os equipamentos e materiais do condomínio verificando se a manutenção está em dia e se estiver para vencer, contate logo o fornecedor para não ter problemas técnicos importantes na rotina do condomínio. A manutenção preventiva é excelente forma de evitar grandes problemas, riscos e custos.
n) Vistoriar sistema de antenas coletivas.

M - Controle da utilização de carrinhos de transporte de cargas


No caso de uso pelos moradores, por exemplo, deixe no local um quadro que conste o número da unidade retirada pela última vez e que conste a sua devolução.

N - Cuidados com os Jardins


Para a conservação do jardim, podem ser contratadas pessoas ou empresas especializadas, tanto esporádica como diariamente. Mas se o condomínio for pequeno, o funcionários, no caso o zelador, poderá realizar a tarefa, cuidando para que não haja destruição de plantas e regá-las.

Canteiros e vasos de plantas: regá-los diariamente quando necessário, pois existem plantas que não podem ser regadas diariamente. Portanto, regue as plantas conforme as orientações do jardineiro ou da administração. Mas é preciso mantê-las limpas de folhas mortas, de lixos entre outros. A parte externa dos vasos devem ser limpa com água, esponja e sabão neutro.

Conheça os Cursos Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Casa Prática.
Por Silvana Teixeira.

Salvar

Cursos Relacionados

Curso Treinamento de Síndico - Administração de Condomínios Curso Treinamento de Síndico - Administração de Condomínios

Com Prof. Dr. Rômulo Gouvêa

R$ 335,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Segurança em Condomínios Curso Segurança em Condomínios

Com Prof. Plácido Soares

R$ 335,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Treinamento de Pessoal de Condomínio Curso Treinamento de Pessoal de Condomínio

Com Prof.ª Laura Smith

R$ 335,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Casa Prática

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade