WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Planejamento familiar e orçamento doméstico

É muito importante um planejamento familiar e orçamentário para que a organização de nossa casa seja plena e eficaz

 

Planejamento familiar

Cada membro da família deve ter o seu quadro de tarefas e de tempo, sendo um dos membros responsável por um caderno de capa dura onde serão anotados os gastos familiares

Sabemos que uma casa organizada, além de facilitar a vida, melhora a saúde, o humor e a harmonia. Daí a importância de se arrumar as gavetas e armários, colocar em ordem os livros, fitas, cds, calçados, objetos de estimação, entre outros. Além disso, é muito importante um planejamento familiar e orçamentário para que a organização de nossa casa seja plena e eficaz.

“Organizar é uma questão de usar a inteligência a nosso favor; o trabalho por si mesmo não traz resultados, ele deve ser metódico. Racionalizar, então, é um dos grandes motivos para se organizar”, afirmam os professores Karla M. Damiano Teixeira e Márcia Barroso Fontes, do curso Como Organizar sua Casa, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

 

Então, qual será o grande segredo para a organização? É o planejamento, pois “serviço planejado já é serviço quase pronto”. Sendo assim, devemos fazer uma lista de todas as tarefas domésticas, determinando o horário e o tempo de duração de cada tarefa. Cada membro da família deve ter o seu quadro de tarefas e de tempo, sendo um dos membros responsáveis por um caderno de capa dura onde serão anotados os gastos familiares.

 

Tudo deve ser planejado; a sua casa, os seus móveis, o seu guarda-roupa, os cardápios, as tarefas, o lazer e, principalmente, o seu dinheiro. Quem não tem controle do dinheiro se descontrola por inteiro. É interessante observar as leis do ganhar, do gastar, do economizar e do investir. O controle deve começar em casa.

 

Planejamento familiar

 

1. Sempre fazer listas para as compras e comprar somente o que foi colocado nelas.

2. Eliminar gastos, que não são essenciais, durante esse período.

3. Diminuir o consumo de alguns itens (cigarros, bebidas, entre outros).

4. Avaliar a necessidade de compras de roupas, calçados, perfumes e cosméticos e fazer pesquisas de preços.

5. O lazer é necessário; deve-se procurar aproveitar eventos gratuitos ou com preços mais acessíveis. Há diversas opções, tais como shows, concertos, visitas a parques, museus, galerias, teatros, entre outros.

6. Economizar em pequenos serviços , aproveitando as próprias habilidades dos familiares (ex.: arrumar uma torneira, pintar uma porta, fazer reparos na janela, entre outros).

7. Aproveitar as ofertas em supermercados e as liquidações das lojas.

8. Não comprar por impulso; verificar se os itens com bons preços são realmente necessários.

9. Ficar atento ao desperdício de alimentos. Verificar a quantidade de alimentos que a família não consome e calcular o consumo semanal.

10. Antes de comprar algum item, observar o estoque. É comum jogar fora um produto, porque venceu o prazo de validade.

11. Comprar um produto de melhor qualidade, também é fazer economia.

12. Evitar atrasos e multas, procurando companhias de serviços públicos com datas de vencimentos mais convenientes com a data de seu pagamento.

13. Verificar a cobrança de tarifas entre os bancos, pois há muita diferença entre elas. Escolha o banco que possui tarifas mais baixas e que atenda as suas necessidades.

14. Elaborar uma planilha, contendo sua renda e as despesas mensais. Comparar todo mês a receita com suas despesas.

 

Orçamento doméstico

 

Muitas vezes, acontece um desajuste entre o pagamento e as despesas que precisam ser pagas, gerando dificuldades financeiras. Isto ocorre devido a ausência de uma educação de seu dinheiro, ou seja, de um controle sobre o que está acontecendo com o que é recebido (receita) e o que é gasto (despesa).

 

Por isso, alguém da família deve ficar encarregado de anotar todas as receitas e todas as despesas por alguns meses e ter um controle, de preferência, semanal. A prática de viver dentro de um orçamento deve se tornar uma rotina saudável, observando-se o comportamento de cada membro da família diariamente.

 

Um bom planejamento financeiro pode fazer milagres, mas vai depender de muita disciplina e controle de todos os gastos, já que uma administração financeira significa gastar dentro dos limites do que se ganha.

 

Sugestão para planejamento financeiro

 

DESPESAS

          

PAGAMENTO MENSAL

HABITAÇÃO

Aluguel ou financiamento

 

UTILIDADES

 

Gás
Energia Elétrica
Água
Telefone
TV a cabo

 

ALIMENTAÇÃO

 

Mercearia
Suprimentos
Supermercado

 

TRANSPORTE

 

Financiamento Combustível
Manutenção do Carro
Seguro do Carro
Transporte Público

 

DESPESAS PERIÒDICAS

Seguro de Vida


IMPOSTOS

Imposto de Renda
IPTU
IPVA

 

EMERGÊNCIAS


 

VESTUÁRIO

Compra de Roupa
Lavagem


SAÚDE

Médico
Dentista
Medicamentos


CUIDADO COM AS CRIANÇAS

 

Escola
Babá


PESSOAIS

 

Cosméticos
Livros
Presentes
Outros


RECREAÇÂO

 

Diversão/Lazer
Férias


TOTAL DE DESPESAS


 

RENDA FAMILIAR


 

 

Confira mais informações sobre os cursos, acessando a área Casa Prática.

Por Andréa Oliveira

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!