Organize seu orçamento e faça seu dinheiro render mais em 2012

Aprenda a administrar suas finanças e realize todos os seus sonhos de consumo

O curso Finanças na Família, elaborado pelo Centro de Produções Técnicas, discute valiosas informações no que tange à administração consciente da sua renda. A professora Nerina Aires Coelho Marques, bacharel em economia doméstica, mestre e doutora em administração de recursos da família, dá dicas de como realizar todos os seus sonhos de consumo sem se endividar. Antes de qualquer coisa, ela enfatiza que o bom planejamento financeiro depende unicamente da sua disciplina. Desse modo, não basta apenas elaborar uma planilha que controle as suas despesas. Você precisa ser fiel a ela e seguir à risca a exata quantia de dinheiro que pode ser gasta e que deve ser poupada. Colocar no papel todas as fontes de renda e observar onde e por que o dinheiro está sendo empregado é o primeiro passo para controlar-se mais e gastar menos.

Dicas para comprar no supermercado

Tire uns minutos do seu dia para contabilizar e anotar todos os seus gastos

Pequenas mudanças nas atividades e atitudes diárias podem representar uma significativa economia em um curto espaço de tempo. Confira abaixo as dicas de Marques e aprenda a melhor maneira de fazer compras no supermercado:
a) planeje as compras, antes de sair de casa, fazendo uma lista do que necessita, e tenha sempre sua lista à mão;
b) evite levar crianças, pois elas nem sempre conseguem resistir às tentações dos doces, biscoitos, brinquedos e outros produtos que foram colocados ali propositadamente para atraí-las e “obrigar” os pais a comprarem;
c) evite fazer compras com fome;
d) confira os preços lançados no caixa com os que estavam nas prateleiras;
e) chegando em casa, confira os produtos que você trouxe com as notas de vendas do supermercado e com a sua lista. Fazendo assim, você poderá reclamar, na eventualidade de um engano ou de uma mercadoria danificada que tenha passado despercebida.

A economista doméstica lembra ainda que aproveitar as promoções no supermercado só é válido se os produtos estiverem na sua lista. Além disso, o consumidor deve ficar atento quanto à qualidade desses produtos, bem como ao prazo de validade, pois as ofertas geralmente acontecem quando eles já estão prestes a vencer. Promoções podem ser bastante atrativas e vantajosas, mas também podem esconder armadilhas ao consumidor desatento.

Dicas para comprar roupa

Para economizar, é imprescindível que o modismo seja completamente ignorado, pois roupas da moda normalmente deixam de ser usadas muito rápido, causando um grande prejuízo a quem se arrisque na compra de peças que serão usadas pouquíssimas vezes.

a) compre peças que combinem com o que já tem, que possam ser usadas em diversas ocasiões e que sejam fáceis de cuidar e manter;
b) não gaste muito em artigos que vai usar pouco. Por exemplo, se comprar um vestido por R$ 150,00, usando-o em apenas 5 ocasiões, este custará R$ 30,00 por uso. Se por outro lado, trata-se de um artigo a ser muito usado como, por exemplo, um sapato escolar ou para o trabalho, vale a pena gastar mais um pouco pela durabilidade.

Educação financeira para crianças

Toda a família deve se comprometer a organizar o orçamento

A doutora em administração de recursos da família acredita que a educação financeira deve começar ainda na infância, quando a criança começa a ter as primeiras noções em relação ao dinheiro, por volta dos 3 anos de idade. É importante que os pais nunca associem o dinheiro ao bom desempenho da criança na escola ou a trabalhos domésticos que ela tenha ajudado no dia a dia. A doutora explica que ele não deve ser cortado caso a criança não se comporte bem. Em outras palavras, o dinheiro não pode ser visto como prêmio nem como castigo pelos pequenos.

Marques aconselha que as crianças comecem a lidar com o dinheiro com aproximadamente 3 anos de idade, recebendo uma determinada quantia por semana. Ao completar 10 anos de idade, elas já podem receber quantias mensais, as famosas mesadas. O valor ideal pode ser calculado da seguinte maneira: R$ 1 por ano de idade e por semana. De acordo com a economista doméstica, os pais devem deixar os filhos à vontade para gastar no que quiserem, pois “aprender a lidar com dinheiro exige tempo e persistência. É até positivo quando os filhos vão à falência algumas vezes. Vai fazer com que se policiem sobre erros e não os cometam na vida adulta”.

Como evitar o suicídio financeiro

Para quem pretende ter o domínio das finanças e tem uma família, é imprescindível que seja realizada uma reunião na qual devem ser discutidos temas como os valores que cada membro preza, quais são as prioridades de consumo e como cada pessoa pode contribuir com o novo planejamento financeiro da família. É importante também especificar quais despesas podem ser diminuídas ou até mesmo cortadas. Conscientizar-se em relação à economia de luz, por exemplo, pode reduzir o valor da conta em consideráveis proporções. Se o clube não tem sido frequentado, talvez não valha a pena manter-se sócio e ter que pagar a mensalidade.

Descubra onde seu dinheiro está sendo empregado e avalie a necessidade de cada despesa

O valores dos juros e outras taxas inerentes ao preço de cada produto comprado são altíssimos. O uso do cartão de crédito e de outras formas de crediário aparentemente vantajosos podem se tornar um grande problema no orçamento. Não caia nessas armadilhas. A dica é pagar à vista, pois é possível obter descontos e economizar nas compras. No entanto, caso você não tenha condições de guardar o dinheiro todo (o que geralmente acontece na aquisição de bens mais caros, como móveis, eletrodomésticos e carros), poupe pelo menos 50% do preço e tente negociar o restante em formas de pagamento com valores menores.

Por fim, Marques ensina que a organização dos documentos pode auxiliar sua economia de maneira significativa, pois além de evitar cobranças repetidas, eles contêm as garantias dos produtos que você adquire, poupando um gasto desnecessário caso eles necessitem de conserto e ainda estejam dentro do prazo. Por fim, ela afirma que “quando você planeja a conquista dos  objetivos, eles começam a deixar de ser sonhos para se tornarem realidade, e são eles que vão nortear seus investimentos”. Por isso, é fundamental que, aliado à elaboração detalhada da sua planilha, você estabeleça prioridades e prazos e seja disciplinado a fim de alcançar um equilíbrio financeiro com bons resultados.

Por Camila Guimarães Ribeiro

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Cursos Relacionados

Curso Finanças na Família - Administração e Controle Curso Finanças na Família - Administração e Controle

Com Prof.ª Dr.ª Nerina Marques

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Organizar Sua Casa Curso Como Organizar Sua Casa

Com Prof.ª Karla Teixeira e Prof.ª Márcia Fontes

R$ 348,00 à vista ou em até 12x de R$ 29,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Serviço de Mesa e Arranjos Florais Curso Serviço de Mesa e Arranjos Florais

Com Prof.ª Júnia Zacour del Giudice e Prof.ª Valéria Vitarelli

R$ 348,00 à vista ou em até 12x de R$ 29,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Outros artigos relacionados à área Casa Prática

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade