WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Alterações odontológicas em equinos que demandam extração a campo

Atenção especial deve ser dada aos equinos que apresentarem deformidades congênitas ou adquiridas nas regiões da mandíbula e, ou maxila que afetem os arcos dentários

Alterações odontológicas em equinos que demandam extração a campo   Artigos CPT

 

Segundo o Prof. Dr. Luiz Fernando Rapp de Oliveira Pimentel, do Curso CPT Odontologia Equina a Campo, “Atenção especial deve ser dada aos equinos que apresentarem deformidades congênitas ou adquiridas nas regiões da mandíbula e, ou maxila que afetem os arcos dentários”. Esse mesmo cuidado e preocupação também deve ser direcionado aos animais que apresentarem ausência dentária e fraturas de coroa clínica que alterem o movimento de excursão lateral da mandíbula, para que possa ser definida a abordagem terapêutica adequada.

Realizado o diagnóstico e constatada a necessidade extração a campo, o médico veterinário especializado em odontologia equina deverá realizar as seguintes técnicas básicas de ajuste oclusal:


- Após sedação odontológica do equino, afaste os lábios e verifique o formato dos dentes incisivos; curvatura ventral, dorsal ou diagonal; ausência e fraturas dentárias. Na dúvida, insira o gabarito de incisivos entre esses dentes.
- A primeira manobra a ser executada é a excursão lateral da mandíbula (ELM). Essa manobra é um procedimento obrigatório e fundamental para o sucesso do atendimento odontológico. Ela fornece informações importantes sobre a qualidade da sedação e sobre a relação oclusão entre Incisivos (I) e pré-molares/molares (M).
- Quanto à sedação, a ELM indica se a dose está adequada. Ao mover a mandíbula lateralmente, se o cavalo abrir a boca ou balançar a cabeça, indica que há uma dose abaixo da adequada e esta deve ser complementada. Após administrar nova dosagem, aguarde 5 minutos e repita a ELM.
- Durante a ELC, caso não ocorra a abertura da boca ou movimento de cabeça do cavalo fica constatado que a dose está adequada, podendo enfim dar início aos trabalhos.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Especialidade em veterinária? Faça odontologia equina!
- Infecção dentária em cavalos: como diagnosticar?

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Criação de Cavalos.
Por Silvana Teixeira.

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!