WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Vantagens do milho hidropônico para alimentação animal

O milho hidropônico apresenta boa palatabilidade e digestibilidade, como uma ótima alternativa de alimento para animais

Vantagens do milho hidropônico para alimentação animal

“O cultivo de milho hidropônico surgiu como mais uma boa alternativa para a obtenção de volumoso de qualidade. Os valores energético e proteico dessa forragem hidropônica suprem efetivamente as necessidades nutricionais dos animais”, afirma Augusto Luis Ruegger Almeida Neves, Doutor em Energia na Agricultura e professor do Curso CPT a Distância e Online Cultivo de Milho Hidropônico - Para Alimentação Animal.

Além disso, o milho hidropônico apresenta boa palatabilidade e digestibilidade, como uma ótima opção de alimento para bovinos de leite (produção de 20 quilos de leite/dia) e bovinos de corte (confinamento intensivo), além de cavalos, caprinos, ovinos, suínos, aves e peixes. Outra vantagem a ser destacada é que o milho cultivado no sistema hidropônico pode ser produzido durante todo o ano.

Rápida produção e alta produtividade


A produção do milho hidropônico é mais rápida quando comparada à produção do milho convencional. Além disso, o sistema hidropônico abrange áreas com menor extensão e altos índices de produtividade. Seu ciclo menor e sua produtividade maior são outras grandes vantagens dessa forrageira hidropônica. Sem falar que o seu cultivo não requer uso de defensivos agrícolas nem práticas como capinas.

Semeadura do milho hidropônico


Primeiramente, as sementes de milho são submersas em água, por um dia, para estimular a germinação. Em seguida, são distribuídos dez cm de substrato em uma área coberta com lona. O próximo passo é a aplicação da solução nutritiva, constituída de 450g de calcário calcítrico e 250g de supersimples. Por fim, são distribuídos oito quilos de sementes de milho, cobertas com cinco centímetros de substrato.

Dicas importantes!


Após uma semana da semeadura, o produtor procede à adubação foliar com nutrientes quelatizados. Com o passar de dez dias, o procedimento deve ser repetido para garantir a boa nutrição da planta. Vale lembrar que, desde o primeiro dia da semeadura, é indispensável irrigar as sementes pela manhã e à tarde. Entretanto, três dias antes da colheita, a irrigação deve ser essencialmente interrompida.

Quando colher?


Ao seguir tais recomendações, a colheita do milho hidropônico pode ser realizada com 15 dias. No processo, a forrageira é enrolada como um tapete, picada e misturada ao farelo de trigo. Com isso, o alimento torna-se mais completo para ser fornecido aos animais. Entretanto, para implantar essa cultura na propriedade, o produtor deve realizar um bom planejamento para avaliar a viabilidade técnica e econômica do cultivo.

Quer saber mais sobre o curso? Dê play no vídeo abaixo:

Conheça os Cursos CPT a Distância e Online da Área Pastagens e Alimentação Animal.

Fonte: comprerural.com

Por Andréa Oliveira.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Alimentação de Gado de Corte

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!