WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Pastoreio Voisin: um encontro da vaca com o pasto

Este sistema procura conduzir o rebanho aos pastos descansados e aptos fisiologicamente ao rebrote

pastoreio voisin

O sistema de Pastoreio Voisin conduz o rebanho aos pastos descansados e aptos fisiologicamente ao rebrote

O Pastoreio Voisin foi concebido e sistematizado pelo agricultor, bioquímico e professor André Voisin. Seus princípios são universais, mas a aplicação depende de cada região ou propriedade porque são diferentes as condições de clima, solo e espécies de pastagens.

Trata-se de conduzir o rebanho aos pastos descansados e aptos fisiologicamente ao rebrote. André Voisin enfatiza que o pastoreio é o encontro da vaca com o pasto. Na prática, o pasto só deve ser comido quando possa rebrotar, após o corte, e no ponto certo ou seja, no momento em que ele está  mais tenro, nutritivo e saboroso para o animal.

A agricultura mundial tem sido de uma ineficiência monumental, além de ser uma das responsáveis pelo esgotamento progressivo de alguns dos mais importantes recursos naturais não-renováveis. Ao contrário desse sistema convencional, o Pastoreio Voisin passou por todos os testes. Não atenta contra o ambiente natural, não dilapida os recursos não renováveis, viabiliza a economia do produtor e oferece ao consumidor um produto final limpo, seguro, saudável e com todas as demais características por ele procuradas, percebidas e valorizadas. Isso lhe garante a sobrevivência e uma enorme vantagem competitiva diante dos outros sistemas.

No Brasil, país privilegiado por sua posição no globo terrestre, entre a linha do Equador e o trópico de Capricórnio, a luz solar incide sobre seu território durante todas as estações do ano, uma das condições essenciais para o acelerado crescimento dos vegetais, através da fotossíntese.

Com isso, pode-se manter permanentemente os animais em regime de pastoreio, ocontrário do que acontece nas nações desenvolvidas, obrigadas a recolhê-los aos estábulos para abrigá-los do frio e da neve por quatro ou cinco meses. Além dos bovinos, outras espécies podem ser utilizadas no sistema, de modo especial bubalinos, ovinos, caprinos e suínos.

Enquanto os países desenvolvidos estão enfrentando dificuldades extremas para produzir carne e leite  livres de contaminações, o Brasil, o Paraguai, a Argentina e outros países de nosso subcontinente apresentam perspectivas de produção que o mundo não conhece, mas procura.

pastoreio voisin

Seja em pastos tropicais ou em pastagens de clima temperado de baixo porte, os resultados têm sido animadores em termos de produtividade

“Nós, neste momento, não temos ainda condições de avaliar em todas as suas dimensões econômicas, sociais e políticas o que significará produzir carne sadia e barata nos próximos anos. O caminho para atingir essa meta é o Pastoreio Voisin, que carrega o nome de seu genial criador.”, afirma o professor Humberto Sório Júnior, do curso Pastoreio Voisin para Gado de Corte, produzido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

O pastoreio Voisin encontra-se em todas as regiões do Brasil. Instalado em minifúndios leiteiros do Rio Grande do Sul ou em grandes propriedades do centro-oeste, o Pastoreio Voisin conquista, a cada dia, novos adeptos. Com pastos tropicais ou em pastagens de clima temperado de baixo porte, os resultados têm sido animadores em termos de produtividade.

Seja nas regiões de secas sazonais ou de geadas frequentes, com vacas de cria ou ciclo completo, recria de garrotes ou bois de engorde, enfim, para todos os tipos de clima e solo, existe uma experiência em andamento.

Sendo a agricultura a ciência das condições locais, quem atua nesse setor, em especial aqueles com formação específica em universidades, não podem ignorar as peculiaridades locais, sob pena de cometerem, como amiúde cometem, erros derivados da pretensão de quererem ambiente, econômico e ecológico, adaptado à tecnologia e não o contrário.

Princípios e objetivos da agricultura sustentável

1. Conservação dos recursos naturais;
2. Adaptação da agricultura ao ambiente natural;
3. Manutenção de níveis altos de produtividade, sem retrocessos;
4. Reduzir emprego de energia e insumos;
5. Empregar métodos produtivos que restaurem os mecanismos homeostáticos;
6. Promover o regresso ao solo e a reciclagem da matéria orgânica e nutrientes;
7. Incrementar o múltiplo uso da terra;
8. Reduzir custos e aumentar a eficiência econômica das propriedades agrícolas
por meio do gerenciamento dos processos;
9. Promover um sistema agrícola diversificado e potencialmente resistente.

pastoreio voisin

No Brasil, a luz solar incide sobre seu território durante todas as estações do ano, uma das condições essenciais para o acelerado crescimento dos vegetais

Desenvolvendo a teoria, o bovino, ele mesmo, colhe a sua comida e distribui uniformemente seus excrementos sobre o solo, fertilizando-o sem o uso de adubos solúveis formulados e poupando-nos de algumas tarefas incômodas e normalmente induzidos a investir altas somas para atingir determinado patamar de produção por sistemas que não mantêm seus índices senão a custa de novos gastos e investimentos, como, por exemplo, a reforma de pastagens.


Confira mais informações, acessando os cursos da área Pastagens e Alimentação Animal.

Por Silvana Teixeira

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

JOÃO BATISTA OLIVEIRA

14 de out de 2014

É possível criar vacas para produção de terneiros neste sistema? Não é apertado? Qual lotação ideal por potreiros? atenciosamente João Batista Oliveira

Resposta do Portal Cursos CPT

21 de out de 2014

Olá, João Batista!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Para mais informações recomendamos um médico veterinário em sua região.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!