WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Pastoreio de lotação rotacionada: definição e importância

Por preconizar esse cuidado com o controle só pastejo e sendo implementado adequadamente, garante maior desempenho aos animais, que passam a consumir somente forragem de boa qualidad

Pastoreio de lotação rotacionada: definição e importância   Artigos Cursos CPT

 

O método de pastoreio de lotação rotacionada é uma forma de manejar a pastagem e visa garantir que não ocorram subpastejo ou superpastejo. Por preconizar esse cuidado com o controle só pastejo e sendo implementado adequadamente, garante maior desempenho aos animais, que passam a consumir somente forragem de boa qualidade. Propicia ainda aumento da taxa de lotação, mesmo em pastagens que já tenham uma boa qualidade.

“O método baseia-se no ajuste da taxa de lotação e na divisão da pastagem em um número variável de piquetes, os quais, algumas vezes, podem ser subdivididos com cercas móveis”, afirma Adilson de Paula Almeida Aguiar, professor do Curso a Distância CPT Pastoreio de Lotação Rotacionada para Gado de Leite e Corte, em Livro+DVD e Curso Online.

Os animais permanecem por períodos que podem variar ao longo do ano em cada piquete, havendo, também, eventuais ajustes, tanto na área em pastejo com o uso de cercas móveis como no número de animais alojados em um piquete.

Essas alterações no tamanho do piquete, por meio de subdivisão, no período de ocupação dos piquetes e no número de animais em pastejo, são usadas para garantir adequação da pressão de pastejo e oferta de forragens de qualidade, ou seja, da taxa de lotação à capacidade suporte da pastagem. São utilizadas, para isso, tecnologias não muito complexas na sua implementação, mas tem por base um processo de busca e aplicação de informações mais aprofundadas, sobre a área em pastejo, nas decisões de manejo.

Passa a ser de grande importância o conhecimento das seguintes variáveis: ciclo de pastejo, período de ocupação, de permanência, período de descanso, altura do relvado no pré e no pós-pastejo, a estrutura do relvado e a capacidade de suporte da pastagem. Dados coletados sobre essas variáveis são comparados a parâmetros pré-estabelecidos para direcionamento do manejo.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Pastejo contínuo x pastejo rotacionado: qual o melhor?
- Você sabe o que é superpastejo e subpastejo?
- Forrageira perfeita: mito ou realidade?
- Divisão de piquetes: saiba mais sobre a cerca elétrica móvel

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!