Conservação de alimentos por ensilagem: como funciona?

Para que o processo fermentativo preserve as características das forrageiras, a ensilagem deve contar com o correto teor de matéria seca, microflora epifítica e correto teor de carboidratos solúveis

Conservação de alimentos por ensilagem: como funciona?   Artigos Cursos CPT

 

A conservação dos alimentos, por meio da ensilagem deve-se à produção de ácidos orgânicos, principalmente o ácido lático, a partir de açúcares solúveis, o que promove redução do pH e, consequentemente, inibição de microrganismos deletérios indesejáveis. Esse processo ocorre em condições de anaerobiose, requerendo, por isso, uma boa compactação e vedação dos silos, fator que é básico no processo. Algumas características físicas e bromatológicas das forragens podem alterar a dinâmica do processo fermentativo, contribuindo para a perda de qualidade da forrageira ensilada. "Para que o processo fermentativo preserve as características das forrageiras in natura, faz-se necessária a atenção para alguns fatores como: a ensilagem com o correto teor de matéria seca, a microflora epifítica e, principalmente, o teor de carboidratos solúveis", afirma Juliano Resende, professor do Curso a Distância CPT Produção e Utilização de Silagem, em Livro+DVD e Curso Online.

Qualquer forrageira pode ser submetida a esse método de conservação. Milho e sorgo, porém, são as culturas mais tipicamente ensiladas, devido, principalmente, ao seu alto potencial de produção de matéria seca e sua quantidade de carboidratos solúveis, que propiciam silagem em quantidade, com grande quantidade de energia. Da mesma maneira, forrageiras como cana-de-açúcar e girassol podem ser conservadas como silagem, em um processo viável em determinadas  situações. Por outro lado, a ensilagem de capins vem se tornando realidade. Em muitos casos, aparece como alternativa para o excedente produtivo de pastagens nas estações mais favoráveis. Entretanto, necessitam de processos especiais como pré-murchamento e aplicação de aditivos. O capim-elefante é exceção, alcançando ótimos resultados, quando ensilado, sem a necessidade de pré-secagem.

Sabemos da necessidade de suplementação do rebanho com alimentos volumosos. Mas, por que silagem? Por que não usar de forma mais intensa o feno ou os pré-secados? Durante o período de baixa produtividade das forrageiras, a alimentação volumosa conservada é uma alternativa para se manter a adequada nutrição e produtividade dos animais. Exemplos de conservação de forragens são a ensilagem, os pré-secados e a fenação. Esses alimentos diminuem a variação de qualidade e quantidade de forragens fornecidas aos animais, propiciando o equilíbrio produtivo ao longo do ano. Além disso, em qualquer situação, é um componente da dieta fundamental ao bom funcionamento do trato gastrintestinal dos animais e para a produção contínua ao longo do ano.

Em várias partes do mundo, a produção de silagem tem se popularizado em relação ao feno, pois é menos dependente das condições ambientais e possibilita a colheita da forrageira na fase de maior produção de nutrientes digestíveis por área. Também requer menor quantidade de operações e equipamentos que a produção de feno. Já os pré-secados tendem a ser usados em situações bastante particulares de demanda por alimento de fibra longa de alta qualidade, não tendo, por isso, o mesmo nível de adoção que a silagem convencional. Essa modalidade de forragem conservada é, na verdade, um tipo de silagem, feita com gramínea parcialmente desidratada.

São muitos os motivos que levaram à grande popularização da silagem, havendo uma tendência de aumento crescente de sua adoção. Entre os diversos fatores que influenciam essa adoção, está o fato de praticamente todo o processo de ensilagem ser mecanizado, havendo necessidade de mão de obra relativamente baixa. Em algumas regiões do Brasil, há possibilidade, inclusive, de contratar todos os serviços de ensilagem, com máquinas de última geração, sem necessidade de imobilizar capital com esses equipamentos.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Pastagem e Alimentação Animal.
Por Silvana Teixeira.

 

Cursos Relacionados

Curso Formação e Manejo de Capineira Curso Formação e Manejo de Capineira

Com Dr. Dr. Humberto Resende e Prof. Dr. Henrique Brus...

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Formação de Pastagens com Braquiária em Consórcio com Milho Curso Formação de Pastagens com Braquiária em Consórcio com Milho

Com Prof. Dr. Dr.Adriano Jakelaitis, Prof. Dr. Francis...

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção e Utilização de Silagem Curso Produção e Utilização de Silagem

Com Prof. Juliano Resende

R$ 496,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Pastagens e Alimentação Animal

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade