As pragas e a falta de diversificação de pastagens

A falta de diversificação provoca o rápido desenvolvimento de pragas e doenças das pastagens, como da cigarrinha das pastagens e, pior ainda, os casos de ataques severos da cigarrinha-da-cana

As pragas e a falta de diversificação de pastagens   Artigos Cursos CPT

 

A falta de diversificação provoca o rápido desenvolvimento de pragas e doenças das pastagens como, por exemplo, da cigarrinha das pastagens (que atacam anualmente milhões de hectares de pastagens formadas com forrageiras susceptíveis a elas) e, pior ainda, os casos de ataques severos da cigarrinha-da-cana, que até em um ano passado recente só atacava canaviais e o capim-elefante, mas que agora ataca milhões de hectares de pastagens de capim-braquiarão. Esses ataques foram apontados em 25% dos casos como a terceira principal causa da degradação de pastagens nos Estados do Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima (BARBOSA, 2006).

É provável que dois fatores explicam, pelo menos em parte, as causas daqueles ataques: a monocultura da espécie Brachiaria brizantha, principalmente o cultivar Marandu (capim-braquiarão), que ocupa metade da área de pastagens cultivadas do país (MACEDO, 2005) e seu modo de reprodução assexuada, por apomixia. Na região Norte, mais de 65% da área de pastagem era de B. Brizantha cv Marandu (ZIMMER, 2006).

A infestação por plantas invasoras, estas competem com a planta forrageira pelos fatores de crescimento luz, água e nutrientes, como também por espaço. “Aquelas de folha larga conferem menor proteção ao solo contra o impacto de chuvas e a radiação solar, contra o pisoteio de animais e de máquinas, devido aos seus hábitos de crescimento e morfologia de sistema radicular”, afirma Adilson de Paula Almeida Aguiar, professor do Curso a Distância CPT Recuperação de Pastagens - Método Direto, em Livro+DVD.

Segundo Barbosa (2006), o declínio da fertilidade do solo por ausência de adubação foi apontado em 50% dos casos como a principal causa da degradação de pastagens nos Estados do Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima. Esse resultado está em acordo com a baixa adoção do uso de fertilizantes em pastagens no Brasil. Menos de 2% de todo fertilizante vendido no país teve destino à aplicação em pastagens, sendo que menos de 1,6% das propriedades aplicavam fertilizantes em pastagens. Nos Estados do Acre, Pará e do Tocantins, apenas 0,22; 0,82 e 1,57% das propriedades, respectivamente, aplicavam fertilizantes nas pastagens (IBGE, 2006).

Segundo Cunha e Ribeiro (2013), em 2012, das quase 30 milhões de toneladas de fertilizantes NPK comercializados no Brasil, apenas 1,42% foi destinada para a cultura de pastagem, quantidade que foi suficiente para adubar apenas 1,22% da área de pastagem.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Bovinos: quais fatores influenciam o comportamento de pastagem?
- Se é perene como pode degradar? Explique!
- Como explicar o declínio do potencial de produção da pastagem?

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Pastagens e Alimentação Animal.
Por Silvana Teixeira.

Cursos Relacionados

Curso Produção de Feno para Uso na Propriedade e Comercialização Curso Produção de Feno para Uso na Propriedade e Comercialização

Com Prof. Juliano Resende

R$ 520,00 à vista ou em até 12x de R$ 43,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Pastoreio de Lotação Rotacionada para Gado de Leite e Corte Curso Pastoreio de Lotação Rotacionada para Gado de Leite e Corte

Com Prof. Adilson Aguiar e Prof. Mateus Contatto

R$ 496,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Recuperação de Pastagens - Método Direto Curso Recuperação de Pastagens - Método Direto

Com Prof. Adilson Aguiar

R$ 496,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Pastagens e Alimentação Animal

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade