WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Apesar do custo, o feno tem sua vantagem. Confira!

Apesar do maior custo, o feno apresenta como vantagem ser o único que pode ser fornecido sem o complemento da alimentação concentrada, e ainda assim garantir bom desempenho

Apesar do custo, o feno tem sua vantagem. Confira!   Artigos Cursos CPT

 

Apesar de ser o alimento volumoso suplementar de maior custo, o feno apresenta como vantagem ser o único que pode ser fornecido sem o complemento da alimentação concentrada, e ainda assim garantir bom desempenho.

“Porém, de forma diferente da ensilagem, a fenação necessita de maquinário específico, o que pode aumentar muito os custos produtivos desse alimento”, afirma Juliano Resende, professor do Curso a Distância CPT Produção e Utilização de Silagem.

Devido ao baixo teor proteínas nas gramíneas, todos os alimentos volumosos suplementares, com exceção dos fenos de alta qualidade, deverá ter seus teores de proteína corrigidos com ureia ou concentrado, para que se consigam bons ganhos médios diários. Sem a correção nos teores de proteína, estima-se que, de forma geral, os volumosos suplementares propiciem ganhos de 300 g/dia.

Na prática, os produtores têm maior facilidade em produzir capim-elefante ou cana com eficiência, do que milho ou sorgo, o que se deve à maior rusticidade, às menores necessidades de manejos e à grande produção de matéria seca dessas espécies.

A grande disseminação na utilização de cana corrigida com ureia, como alimentação volumosa suplementar, nas propriedades brasileiras, comprova a preferência por cultivos mais simples. Não há dúvida sobre a motivação dos produtores: a produtividade da cana ou do capim-elefante atingem 80 e 150 t/ha/ano, enquanto a produtividade do milho, dificilmente, ultrapassa 30 t/ha de silagem.

Em confinamentos comerciais brasileiros, bons índices de ganho de peso podem ser observados através da utilização de cana corrigida com ureia. São observados ganhos de até 1,2 kg/dia, quando utilizados como alimentação volumosa suplementar, aliados às silagens de capins e concentrado balanceados. Da mesma maneira, produtores em pequena escala, que dispõem de pequena área para a produção de alimentos volumosos suplementares, precisam produzir o máximo por área, de forma a aumentar sua eficiência, diminuir custos e aumentar os potenciais de renda. Nessas realidades, a silagem de capim-elefante e a cana corrigida com ureia despontam como as opções mais indicadas.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- O segredo da rentabilidade em confinamentos de gado? SILAGEM
- Alimentação animal de qualidade e em quantidade tem nome: SILAGEM

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT da área Pastagens e Alimentação Animal.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!