WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Cursos da Área Curso Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo Curso Fabricação de Ração na Fazenda Curso Planejamento Alimentar em Sistema de Pastejo - Para Gado de Leite e Corte Curso Alimentação de Vacas Leiteiras em Pasto e em Confinamento Curso Enquanto o Veterinário Não Chega - Atendimento a Bovinos Curso Produção de Leite em Pasto Curso Prevenção e Controle de Mastite Curso Manejo da Vaca Gestante no Parto e Pós-Parto Curso Melhoramento Genético de Gado de Leite Curso Como Produzir Mais Leite e Mais Bezerras Curso Pastoreio de Lotação Rotacionada para Gado de Leite e Corte Curso Bezerras de Raças Leiteiras - Do Nascimento ao Desaleitamento Curso Cana Ureia - Alimento de Baixo Custo para Bovinos Curso Conforto Animal para Maior Produção de Leite Curso Sistema Superintensivo de Produção de Leite em Pasto Curso Ordenha Mecânica Curso Shamballah - O Segredo da Alta Produtividade Leiteira Curso Produção de Leite em Confinamento Curso Controle de Carrapato, Berne e Mosca-dos-Chifres Curso Recria de Novilhas para Produção de Leite Curso Formação e Manejo de Capineira Curso Sistemas Silvipastoris - Consórcio de Árvores e Pastagens Curso Criação de Bezerros de Raças Leiteiras para Corte Curso Pastejo Rotativo em Capim-Elefante Curso Pastoreio Voisin para Gado de Leite Curso Produção de Leite Orgânico Curso Vacas Meio-Sangue para Produção de Leite Curso Manejo Sanitário de Bovinos para Produção Orgânica de Leite Curso Avaliação, Julgamento e Preparo de Vacas Leiteiras para Eventos Curso Produção de Vitelos Áreas Afins 30Gado de Corte 17Pastagens e Alimentação Animal 2Produção Orgânica de Leite Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

Você sabe preparar as vacas corretamente para a ordenha?

Para que a ordenha ocorra com eficiência, é necessária uma preparação geral do sistema, o que inclui não apenas o equipamento, mas o ambiente e as pessoas que vão trabalhar

Ordenha
 

Geralmente, a ordenhadeira mecânica é acionada por um único comando feito em um painel de controle. Assim que é ligada, a unidade de vácuo passa a operar. Desse momento em diante, basta colocar os conjuntos de ordenha nos quatro tetos e esperar que o leite seja coletado. Mas, para que a ordenha ocorra com eficiência, é necessária uma preparação geral do sistema, o que inclui não apenas o equipamento, mas o ambiente e as pessoas que vão trabalhar.

Antes da chegada das vacas provenientes do pasto ou do confinamento, o ordenhador deve checar se está tudo preparado. Devem ser checados aspectos relacionados ao bom andamento da ordenha, tais como:

- Se há energia elétrica;
- Se há água disponível;
- Se as porteiras e portões estão em ordem;
- Se os equipamentos a serem utilizados na ordenha estão em funcionamento; e
- Se os produtos de desinfecção e limpeza estão acessíveis.

Segundo Juliano Ricardo Resende, professor do Curso CPT Ordenha Mecânica, “Tudo isso é importante para que o trabalho não tenha de ser interrompido depois de iniciado”.


A sala de espera e a sala de ordenha deverão estar limpas, ação que deverá ser feita em uma operação prévia, imediatamente após a ordenha anterior. Será necessário cuidar, também, da higiene do ordenhador, dos animais e dos materiais usados, de forma a garantir os mais baixos índices de contaminação bacteriana do leite e o mais alto nível de prevenção da mastite.

Como práticas indispensáveis, ao longo de toda a ordenha, devem ser consideradas:

- Lavagem das mãos do ordenhador com água e sabão;
- Atenção contínua à higiene das mãos durante toda a operação;
- O ordenhador deve lavar as mãos todas as vezes que sair da sala de ordenha;
- Botas e aventais devem ser imediatamente lavados com água quando receberem respingos de dejeto.

A realização da ordenha envolvendo todos os procedimentos necessários para que ela seja bem conduzida é a função rotineira do ordenhador. Entre esses procedimentos, destacam-se:

- Cumprimento dos horários de ordenha;
- Preparação das instalações;
- Acompanhamento da saúde das vacas; e
- Realização da ordenha e acompanhamento da qualidade do leite.

O ordenhador também deve apresentar competências pessoais de grande valor para sua profissão:

- Paciência, habilidade e sensibilidade no manejo das vacas;
- Preparação física suficiente para o desenvolvimento do trabalho;
- Saúde (em caso de enfermidades, deverá ser afastado da função).


Além disso, o ordenhador tem de conhecer os procedimentos de manutenção das instalações e dos equipamentos e deve ter meios para garantir boas condições de saúde para si e para os animais. Deverá ter conhecimentos sobre o comportamento típico dos bovinos e as estratégias que facilitam seu manejo. Também, deve ter consciência da importância do seu trabalho para que a ordenha tenha um bom desempenho, sendo essa uma das características mais importantes.

A ordenha é ferramenta indispensável ao aumento da escala de produção e também para a redução de custos. Sistemas de ordenha bem dimensionados e projetados têm muito a contribuir com a atividade.

Conheça os Cursos CPT da área Gado de Leite.
Por Silvana Teixeira.

Salvar

Salvar

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!