WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Esquenta Black Friday 25%OFF nos cursos online
Cursos da Área Curso Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo Curso Fabricação de Ração na Fazenda Curso Planejamento Alimentar em Sistema de Pastejo - Para Gado de Leite e Corte Curso Alimentação de Vacas Leiteiras em Pasto e em Confinamento Curso Enquanto o Veterinário Não Chega - Atendimento a Bovinos Curso Produção de Leite em Pasto Curso Prevenção e Controle de Mastite Curso Pastoreio de Lotação Rotacionada para Gado de Leite e Corte Curso Melhoramento Genético de Gado de Leite Curso Manejo da Vaca Gestante no Parto e Pós-Parto Curso Como Produzir Mais Leite e Mais Bezerras Curso Bezerras de Raças Leiteiras - Do Nascimento ao Desaleitamento Curso Conforto Animal para Maior Produção de Leite Curso Cana Ureia - Alimento de Baixo Custo para Bovinos Curso Sistema Superintensivo de Produção de Leite em Pasto Curso Ordenha Mecânica Curso Shamballah - O Segredo da Alta Produtividade Leiteira Curso Produção de Leite em Confinamento Curso Controle de Carrapato, Berne e Mosca-dos-Chifres Curso Recria de Novilhas para Produção de Leite Curso Formação e Manejo de Capineira Curso Sistemas Silvipastoris - Consórcio de Árvores e Pastagens Curso Criação de Bezerros de Raças Leiteiras para Corte Curso Pastejo Rotativo em Capim-Elefante Curso Manejo Homeopático para Gado de Leite Curso Produção de Leite Orgânico Curso Pastoreio Voisin para Gado de Leite Curso Manejo Sanitário de Bovinos para Produção Orgânica de Leite Curso Vacas Meio-Sangue para Produção de Leite Curso Avaliação, Julgamento e Preparo de Vacas Leiteiras para Eventos Curso Produção de Vitelos Áreas Afins 30Gado de Corte 17Pastagens e Alimentação Animal Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

Responda: Quantos dias dura o período seco das vacas?

O período pré-parto das vacas, também conhecido como período seco, dura 60 dias. Esse período é muito importante para que a glândula mamária (células da glândula) se regenere

Responda: Quantos dias dura o período seco das vacas?   Artigos Cursos CPT

 

Considera-se que o período pré-parto das vacas, também conhecido como período seco, dura 60 dias. Esse período é muito importante para que a glândula mamária (células da glândula) se regenere e a vaca tenha uma lactação normal, ou seja, expresse todo o seu potencial de produção de leite, desde que a alimentação não limite o processo.

“No período seco da vaca, é feita a terapia da vaca seca (tratamento com antibióticos), para evitar a ocorrência da mastite na próxima lactação”, afirma Oriel Fajardo de Campos, professor do Curso CPT Bezerras de Raças Leiteiras - Do Nascimento ao Desaleitamento.

Nesse período, a alimentação de vacas gestantes difere-se da alimentação de novilhas. A gestante, independente da raça, deve atingir peso adequado ao parto. Chama-se a atenção para o fato de que esse peso é o fator mais importante para se atingir o máximo potencial de produção de leite. O peso ao parto é característico de cada raça.

Além do peso vivo ao parto, é importante a condição corporal ou escore da condição corporal da novilha. A novilha gestante não pode chegar ao parto magra, ou abaixo do peso vivo, pois a produção de leite da primeira lactação pode ser prejudicada, assim como seu desempenho reprodutivo (pode atrasar o aparecimento do cio no período pós-parto e aumentar o intervalo de partos).

As vacas de primeira cria são os animais do rebanho que apresentam o pior desempenho reprodutivo, ou seja, o maior intervalo entre partos. Se a vaca de primeira lactação tem alto potencial de produção de leite, ela não vai conseguir ganhar peso durante a lactação, pois vai usar os nutrientes da dieta e também as reservas corporais acumuladas na forma de gordura para a produção de leite.

A vaca de primeira lactação que parir magra vai ser um animal pequeno e magro, com tendência de ser eliminado do rebanho, seja por baixa produção de leite ou por baixo desempenho reprodutivo.

É importante realçar que novilhas gestantes podem ganhar até 1 kg/cabeça/dia, sem prejudicar a lactação, mas isso por períodos curtos e sempre após a confirmação da gestação. Por outro lado, novilhas não gestantes não devem ganhar acima de 800 g/cabeça/dia do nascimento à gestação, pois se ocorrer acúmulo de gordura na glândula mamária pode prejudicar o crescimento de tecido secretor de leite.

Por essa razão, deve-se evitar novilhas gordas no período antes da gestação, pois além de prejudicar a produção de leite na primeira lactação, os custos de alimentação são aumentados, devido à maior exigência para atender às necessidades do animal.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Gado de Leite.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!