WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão
Cursos da Área Curso Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo Curso Fabricação de Ração na Fazenda Curso Planejamento Alimentar em Sistema de Pastejo - Para Gado de Leite e Corte Curso Alimentação de Vacas Leiteiras em Pasto e em Confinamento Curso Enquanto o Veterinário Não Chega - Atendimento a Bovinos Curso Produção de Leite em Pasto Curso Prevenção e Controle de Mastite Curso Pastoreio de Lotação Rotacionada para Gado de Leite e Corte Curso Melhoramento Genético de Gado de Leite Curso Manejo da Vaca Gestante no Parto e Pós-Parto Curso Como Produzir Mais Leite e Mais Bezerras Curso Bezerras de Raças Leiteiras - Do Nascimento ao Desaleitamento Curso Conforto Animal para Maior Produção de Leite Curso Cana Ureia - Alimento de Baixo Custo para Bovinos Curso Sistema Superintensivo de Produção de Leite em Pasto Curso Ordenha Mecânica Curso Shamballah - O Segredo da Alta Produtividade Leiteira Curso Produção de Leite em Confinamento Curso Controle de Carrapato, Berne e Mosca-dos-Chifres Curso Recria de Novilhas para Produção de Leite Curso Formação e Manejo de Capineira Curso Sistemas Silvipastoris - Consórcio de Árvores e Pastagens Curso Criação de Bezerros de Raças Leiteiras para Corte Curso Pastejo Rotativo em Capim-Elefante Curso Manejo Homeopático para Gado de Leite Curso Produção de Leite Orgânico Curso Pastoreio Voisin para Gado de Leite Curso Manejo Sanitário de Bovinos para Produção Orgânica de Leite Curso Vacas Meio-Sangue para Produção de Leite Curso Avaliação, Julgamento e Preparo de Vacas Leiteiras para Eventos Curso Produção de Vitelos Áreas Afins 30Gado de Corte 17Pastagens e Alimentação Animal Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

Mastite na pecuária: sintomas e como controlar atendendo a IN 77

Mastite é uma inflamação da glândula mamária. Pode se apresentar nas formas clínica e subclínica e ambas prejudicam a glândula mamária, reduzindo drasticamente a produção de leite

Pecuária de leite? Saiba o que é a mastite, seus sintomas e como controlar   Artigos Cursos CPT

 

Mastite é a inflamação da glândula mamária geralmente desencadeada com o objetivo de destruir ou neutralizar bactérias e suas toxinas que adentram no úbere da vaca. “A mastite pode se apresentar de duas formas: clínica e subclínica. Ambas prejudicam o funcionamento da glândula mamária reduzindo drasticamente a produção de leite”, afirma Leonardo Cotta Quintão, professor do Curso CPT Controle de Mastite (CCS) e Contagem Bacteriana Total (CBT) do Leite - De Acordo com a IN 77.

Os principais sintomas da mastite clínica no rebanho leiteiro são:


- apatia;
- inchaço e vermelhidão no úbere;
- presença de grumos ou pus no leite;
- diminuição no consumo de alimentos pelos animais acometidos;
- diminuição drástica na produção do leite.

Os sintomas da mastite subclínica são mais difíceis de ser identificados a olho nu, pois esta forma de doença não apresenta nenhum dos sinais acima a não ser a redução drástica da produção de leite. Por esse motivo, a mastite subclínica quase sempre passa despercebida aos produtores.

Os agentes mais comuns causadores de mastite são as bactérias dos gêneros estreptococos, estafilococos e coliformes. Contudo, existem mais de 100 tipos de bactérias diferentes que podem causar a doença. Além disso, fatores ambientais e o manejo incorreto são as principais causas de contágio e disseminação dos agentes causadores da mastite no rebanho.

O controle da mastite e a redução da CCS podem ser realizados quando atentamos para os seguintes procedimentos:


a) rotina de ordenha.
b) manutenção do equipamento.
c) acompanhamento.
d) tratamento, segregação e descarte do leite.

Ordenhadores e produtores devem observar a fisiologia do rebanho. Muitas vezes, o descarte de animais leiteiros é necessário. Isso é feito observando-se a posição anatômica do úbere.

Dica:


Ao se traçar uma linha imaginária na altura do jarrete, animais saudáveis e aptos à produção de leite devem sempre apresentar o úbere e tetos acima da linha do jarrete. Essa posição proporciona maior segurança para a glândula mamária diante dos desafios e contaminações advindas do ambiente, entre elas: escore de sujidades e riscos de ferimentos e lesões nos quartos mamários.

Pecuária de leite: mastite    Artigos Cursos CPT

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Clínica ou subclínica? Qual forma a mastite se apresenta mais?
- A mastite atacou seu rebanho? Isole os agentes causadores! 

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 



Conheça os Cursos CPT da Área Gado de Leite.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!