WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão
Cursos da Área Curso Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo Curso Fabricação de Ração na Fazenda Curso Planejamento Alimentar em Sistema de Pastejo - Para Gado de Leite e Corte Curso Alimentação de Vacas Leiteiras em Pasto e em Confinamento Curso Enquanto o Veterinário Não Chega - Atendimento a Bovinos Curso Produção de Leite em Pasto Curso Prevenção e Controle de Mastite Curso Pastoreio de Lotação Rotacionada para Gado de Leite e Corte Curso Melhoramento Genético de Gado de Leite Curso Manejo da Vaca Gestante no Parto e Pós-Parto Curso Como Produzir Mais Leite e Mais Bezerras Curso Bezerras de Raças Leiteiras - Do Nascimento ao Desaleitamento Curso Conforto Animal para Maior Produção de Leite Curso Cana Ureia - Alimento de Baixo Custo para Bovinos Curso Sistema Superintensivo de Produção de Leite em Pasto Curso Ordenha Mecânica Curso Shamballah - O Segredo da Alta Produtividade Leiteira Curso Produção de Leite em Confinamento Curso Controle de Carrapato, Berne e Mosca-dos-Chifres Curso Recria de Novilhas para Produção de Leite Curso Formação e Manejo de Capineira Curso Sistemas Silvipastoris - Consórcio de Árvores e Pastagens Curso Criação de Bezerros de Raças Leiteiras para Corte Curso Pastejo Rotativo em Capim-Elefante Curso Manejo Homeopático para Gado de Leite Curso Produção de Leite Orgânico Curso Pastoreio Voisin para Gado de Leite Curso Manejo Sanitário de Bovinos para Produção Orgânica de Leite Curso Vacas Meio-Sangue para Produção de Leite Curso Avaliação, Julgamento e Preparo de Vacas Leiteiras para Eventos Curso Produção de Vitelos Áreas Afins 30Gado de Corte 17Pastagens e Alimentação Animal Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

Gestão zootécnica na pecuária de leite: a categorização do rebanho

Para a gestão eficiente do rebanho, o primeiro passo é a categorização do rebanho, ou seja, alocar os animais em diferentes categorias, tanto na classificação zootécnica quanto na classificação física da fazenda

Gestão zootécnica na pecuária de leite: a categorização do rebanho   Artigos CPT

 

Conhecer a importância da categorização dos bovinos para uma eficiente gestão do rebanho leiteiro é fundamental para o produtor. Para que essa premissa seja alcançada, todo pecuarista deve aprender a realizar o processo de organização, além de conhecer também as ferramentas específicas de controle zootécnico.

“Para a gestão eficiente do rebanho, o primeiro passo é a categorização do rebanho, ou seja, alocar os animais em diferentes categorias, tanto na classificação zootécnica quanto na classificação física da fazenda, a fim de proporcionar medições e tomadas de decisões diferentes. Para isso, é preciso saber o que medir, como interpretar os resultados e como agir diante dos resultados obtidos”, afirma Lucas Repolês Lourenço, professor do Curso CPT Gestão Zootécnica na Pecuária Leiteira.

Ações para gestão eficiente do rebanho


a) Identificação dos animais

É muito comum nas fazendas os animais serem conhecidos apenas pelo proprietário por meio dos seus nomes. Contudo, para uma boa gestão do rebanho, é preciso que seja feita a identificação visual de cada animal utilizando-se brincos ou colares com número ou mesmo nome. Essa identificação possibilita a localização de qualquer animal dentro dos lotes e torna as informações de cada animal mais confiáveis.

b) Categorias animais
É importante a separação física dos animais de uma propriedade em algumas categorias específicas, a saber:

I- Idade

- Bezerras recém-nascidas: necessita de cuidados específicos;
- Bezerras em aleitamento;
- Desmama/transição: exige atenção redobrada devido aos problemas que podem surgir relacionados à queda da imunidade dos animais;
- Recria: é definida pela idade e principalmente pelo ganho de peso das bezerras. O número de lotes deve ser de acordo com a necessidade da propriedade;
- Novilhas: o lote de novilhas aptas e inseminadas pode ser junto. A separação entre os animais deve ser feita na medida em que forem confirmadas as gestações, colocando as vacas prenhas em lotes de novilhas gestantes; e
- Vacas: podem ser separadas em duas categorias: primípara e multípara.

II- Peso e tamanho

- É o critério para desmama/transição: associado ao histórico de saúde do animal;
- Recria (1, 2, 3): recomenda-se entre 8 a 12 animais por lote; e
- Novilhas aptas: >300 a 330 Kg.

III- Status produtivo e reprodutivo - Vaca em lactação (VL)

- Vaca em lactação vazia normal (Período de espera voluntária PEV):vacas em resguardo;
- Vaca em lactação vazia atrasada: animais que precisam ser trabalhados para retornar ao cio para emprenhar novamente;
- Vaca em lactação inseminada/coberta: vacas que estão aguardando a confirmação da prenhez;
- Vaca em lactação gestante: vacas com gestação confirmada.
- Vaca em lactação descarte: é feita a separação zootécnica para descarte e não faz mais parte do rebanho;
- Vaca seca gestante: vaca aguardando para entrar no pré-parto;
- Vaca seca gestante no pré-parto: exige separação física. É essencial para que o animal expresse seu potencial produtivo ao parir. Um pré-parto eficiente representa mais produção de leite;
- Vaca seca inseminada/coberta: fazer um acompanhamento e analisar a viabilidade de aguardar mais nove meses e meio para que o animal entre em lactação;
- Vaca seca vazia atrasada: recomenda-se encaminhamento para abate; e
- Vaca seca descarte: vaca separada para descarte devido a problemas sanitários ou problemas para emprenhar.

Atenção


Os produtores que mais apresentam problemas com o fluxo de caixa são aqueles que têm resistência em descartar vacas, mantendo animais improdutivos e doentes. Esses animais consomem o lucro gerado e levam a fazenda à falência. 

IV- Status produtivo e reprodutivo - Novilha (NOV)

- Novilha gestante;
- Novilha inseminada/coberta;
- Novilha atrasada;
- Novilha apta; e
- Novilha descarte.

Cada categoria animal possui uma demanda específica, e como a pecuária leiteira envolve muitos detalhes, é preciso reduzir variáveis. Nesse sentido, a separação em categorias facilita a rotina na fazenda, permitindo a definição da quantidade e do tipo de alimento para cada categoria e possibilita a criação de mais estratégias e recursos para a organização do rebanho na propriedade.

V- Escrituração zootécnica

Consiste em fazer anotações sobre todos os eventos relacionados ao rebanho, tais como: parto, inseminação/cobertura, secagem das vacas, produção por vaca, desmama de bezerras, e ganho de peso diário.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


Gestão zootécnica na pecuária de leite: quantidade x qualidade do volumoso

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Gado de Leite.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!