Cursos da Área Curso Pastoreio de Lotação Rotacionada para Gado de Leite e Corte Curso Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo Curso Planejamento Alimentar em Sistema de Pastejo - Para Gado de Leite e Corte Curso Fabricação de Ração na Fazenda Curso Alimentação de Vacas Leiteiras em Pasto e em Confinamento Curso Enquanto o Veterinário Não Chega - Atendimento a Bovinos Curso Produção de Leite em Pasto Curso Prevenção e Controle de Mastite Curso Melhoramento Genético de Gado de Leite Curso Manejo da Vaca Gestante no Parto e Pós-Parto Curso Como Produzir Mais Leite e Mais Bezerras Curso Cana Ureia - Alimento de Baixo Custo para Bovinos Curso Sistema Superintensivo de Produção de Leite em Pasto Curso Bezerras de Raças Leiteiras - Do Nascimento ao Desaleitamento Curso Conforto Animal para Maior Produção de Leite Curso Shamballah - O Segredo da Alta Produtividade Leiteira Curso Ordenha Mecânica Curso Produção de Leite em Confinamento Curso Controle de Carrapato, Berne e Mosca-dos-Chifres Curso Formação e Manejo de Capineira Curso Recria de Novilhas para Produção de Leite Curso Sistemas Silvipastoris - Consórcio de Árvores e Pastagens Curso Criação de Bezerros de Raças Leiteiras para Corte Curso Pastejo Rotativo em Capim-Elefante Curso Pastoreio Voisin para Gado de Leite Curso Produção de Leite Orgânico Curso Vacas Meio-Sangue para Produção de Leite Curso Manejo Sanitário de Bovinos para Produção Orgânica de Leite Curso Avaliação, Julgamento e Preparo de Vacas Leiteiras para Eventos Curso Produção de Vitelos Áreas Afins 29Gado de Corte 17Pastagens e Alimentação Animal 2Produção Orgânica de Leite Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

Fatores ambientais são importantes na obtenção do valor genético do gado de leite

É muito importante corrigir a influência de fatores não-genéticos para que o gado de leite possa expressar ao máximo seu potencial produtivo

https://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia2329/m-melhoramento-gado-leite.jpg

Muitos dados podem ser influenciados por fatores não-genéticos.

O melhoramento genético do gado de leite pode ser realizado pela seleção dos melhores animais que serão mantidos no rebanho para pais da próxima geração ou pelo cruzamento entre uma ou mais raças. Qualquer que seja o procedimento a ser usado, é importante que os animais de genética superior sejam identificados.

Nas comparações dos dados das diversas vacas do rebanho, no momento de selecionar as melhores e descartar as piores, e entre vacas de diferentes rebanhos, será necessário considerar que muitos deles poderão estar influenciados por fatores não-genéticos e as conclusões obtidas poderão ser imprecisas, se nas comparações não levarmos em conta a existência dos mesmos.
 
Fatores não-genéticos

Por conveniência, esses são considerados como fatores ambientais, sendo muito importantes por contribuírem com cerca de 75% da variação na produção. Muitos deles podem ser medidos e, por serem responsáveis por padrão conhecido de variação na produção, essa poderá ser ajustada levando-os em consideração, por meio dos fatores de ajustamento.

Alguns são literalmente por causa do ambiente, como por exemplo: região, fazenda dentro da região, diferenças sazonais de ano para ano, doenças, entre outros. Outros são de natureza fisiológica, como: sexo, idade, gestação, lactação, efeitos maternos, entre outros. Em algumas situações, parte da variação não é atribuível a qualquer causa específica genética ou de meio ambiente, sendo, entretanto, também atribuída ao ambiente. Por exemplo, a variabilidade em virtude de interações de herança e ambiente.

Conhecem-se bem os efeitos de vários fatores de meio ambiente na variação da produção de leite. Dentre os mais importantes, destacam-se: duração da lactação, número de ordenhas, idade da vaca e época de parição.

Duração da lactação

O estudo do período de lactação, tempo decorrido entre o parto e a secagem da vaca, assume importância considerável, por ser a variável que reflete diretamente na produção total de leite do rebanho e, portanto, na eficiência econômica da atividade.

O desempenho durante uma porção da lactação pode ser usado para previsão da lactação total, assim, durações diferentes são causas de distinções nas quantidades de leite produzidas.  O padrão usual, comumente adotado nas avaliações genéticas, é a produção em 305 dias, que corresponde ao ciclo produtivo de uma vaca com um parto por ano. Sendo assim, a duração da lactação deve ser de 10 meses, para se ter uma maior produção de leite.

Em um dado ano, a lactação pode ser interrompida por fatores como, por exemplo, erros no manejo, mascarando o verdadeiro potencial da vaca. Por isso, há a possibilidade de usar uma projeção da produção em 305 dias ou o descarte da produção naquela lactação. O objetivo é evitar que a vaca seja prejudicada ou favorecida quando sua produção for comparada com a de outras vacas.

De acordo com o professor Rui da Silva Verneque, do curso “Melhoramento Genético de Gado de Leite”, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “quando procura-se prever o valor genético dos animais de um rebanho, leva-se em conta todos os fatores de origem não-genética, procurando corrigir todos eles. Para tanto, é preciso uma base de dados, de ter todas essas informações registradas. Desde a data de nascimento dos animais, qual o tipo de manejo submetido, de modo que quando executar a avaliação, esse valor genético esteja livre de todos os efeitos de origem não-genética. Portanto, o valor obtido poderá e deverá ser usado com grande precisão para identificar as melhores vacas que permanecerão no rebanho e as piores que serão descartadas”.

Por: Patrícia Tristão

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Manual do Gado Zebu

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Cursos Relacionados

Curso Controle de Carrapato, Berne e Mosca-dos-Chifres Curso Controle de Carrapato, Berne e Mosca-dos-Chifres

Com Prof. Dr. John Furlong

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Melhoramento Genético de Gado de Leite Curso Melhoramento Genético de Gado de Leite

Com Prof. Dr. Roberto Teodoro e Prof. Dr. Rui da Silva...

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Conforto Animal para Maior Produção de Leite Curso Conforto Animal para Maior Produção de Leite

Com Prof. Dr. Aloisio Torres de Campos e Prof.ª Fáti...

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

ANDRÉ LUIZ DAL BELLO

30 de jan de 2013

Boa tarde! Tenho uma distribuidora de genética no estado de Santa Catarina, da qual representamos a TRANS AMÉRICA GENÉTICA (TAG) OU TAG DO BRASIL. Sempre procuro me manter informado sobre as novidades e as novas tecnologias que vem surgindo a exemplo do GENOMA. Sou também estudante do curso de agronomia, e temos uma parceria com o INSTITUTO FEDERAL DE CONCÓRDIA S.C. CAMPUS CONCÓRDIA, para fazermos cursos de inseminação artificial, devido a região ser uma bacia leiteira muito boa e a atividade é promissora, sendo umas das principais para minimizar a saída do homem do campo, ou seja,o Êxodo Rural. Gostei da matéria e gostaria de manter contato, para sempre estarmos atualizados nas tendências de mercado novas tecnologias. Obrigado.

Resposta do Portal Cursos CPT

30 de jan de 2013

Olá, André!

Agradecemos sua visita e seu comentário em nosso site.

Ficamos felizes em saber que gostou de nosso artigo. Continue visitando nosso portal e fique sempre informado sobre as novidades em sua área de atuação.

Atenciosamente,

Natália Parzanini Brum

Outros artigos relacionados à área Gado de Leite

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade