WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Conheça nossos Cursos Profissionalizantes (combos) com 40% de DESCONTO
Cursos da Área Curso Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo Curso Fabricação de Ração na Fazenda Curso Planejamento Alimentar em Sistema de Pastejo - Para Gado de Leite e Corte Curso Alimentação de Vacas Leiteiras em Pasto e em Confinamento Curso Enquanto o Veterinário Não Chega - Atendimento a Bovinos Curso Produção de Leite em Pasto Curso Prevenção e Controle de Mastite Curso Pastoreio de Lotação Rotacionada para Gado de Leite e Corte Curso Melhoramento Genético de Gado de Leite Curso Manejo da Vaca Gestante no Parto e Pós-Parto Curso Como Produzir Mais Leite e Mais Bezerras Curso Bezerras de Raças Leiteiras - Do Nascimento ao Desaleitamento Curso Conforto Animal para Maior Produção de Leite Curso Cana Ureia - Alimento de Baixo Custo para Bovinos Curso Sistema Superintensivo de Produção de Leite em Pasto Curso Ordenha Mecânica Curso Shamballah - O Segredo da Alta Produtividade Leiteira Curso Produção de Leite em Confinamento Curso Controle de Carrapato, Berne e Mosca-dos-Chifres Curso Recria de Novilhas para Produção de Leite Curso Formação e Manejo de Capineira Curso Sistemas Silvipastoris - Consórcio de Árvores e Pastagens Curso Criação de Bezerros de Raças Leiteiras para Corte Curso Pastejo Rotativo em Capim-Elefante Curso Manejo Homeopático para Gado de Leite Curso Produção de Leite Orgânico Curso Pastoreio Voisin para Gado de Leite Curso Manejo Sanitário de Bovinos para Produção Orgânica de Leite Curso Vacas Meio-Sangue para Produção de Leite Curso Avaliação, Julgamento e Preparo de Vacas Leiteiras para Eventos Curso Produção de Vitelos Áreas Afins 30Gado de Corte 17Pastagens e Alimentação Animal Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

Dicas de construção e manejo da esterqueira na pecuária leiteira

A função da esterqueira é o armazenamento do estrume das vacas por determinado tempo para que seja usado posteriormente como adubo

Dicas de construção e manejo da esterqueira na pecuária leiteira

Na pecuária leiteira, uma estrutura chamada esterqueira, em algumas regiões, e chorumeira ou lagoa, em outras, serve para armazenar o estrume das vacas. Sua função não é o tratamento do esterco, mas sim o seu armazenamento por determinado tempo para que seja usado posteriormente como adubo. Para isso, tanto a construção como o manejo da esterqueira devem apresentar viabilidade ambiental, econômica, técnica e social.

Construção da esterqueira


A construção da esterqueira tem início com a escavação do terreno. O tamanho da estrutura depende da área disponível na propriedade para dar andamento à obra. Quanto à profundidade, ela não deve ultrapassar 3 metros para que os resíduos degradem mais facilmente. Tanto as paredes como o fundo da chorumeira devem ser impermeabilizados (manta elástica de liga plástica ou alvenaria) para que o chorume não infiltre no solo.

Para conduzir o líquido para esterqueira por gravidade, os canos devem apresentar 2% de declividade no mínimo. Ao receber esses resíduos, o material grosseiro (pedriscos e galhos) deve ser retido em uma tela colocada na esterqueira. Caso contrário, poderão surgir problemas, como bombas desgastadas por esforço, canos entupidos e parte do volume da estrutura ocupada por pedriscos e galhos.

A recomendação básica em relação à distância entre a sala de ordenha e a esterqueira é que ambas estejam afastadas, pelo menos, 25 metros uma da outra. Para maiores detalhes, basta procurar o órgão ambiental de sua região e averiguar quais os critérios a serem seguidos quanto à distância entre a chorumeira e as demais edificações existentes na propriedade ou próximas a ela.

Manejo da esterqueira


Devem ser plantadas espécies gramíneas, em toda a área de entorno da chorumeira, para não ocorrer erosão. Além disso, a vegetação serve de barreira para evitar que o chorume se espalhe em caso de transbordamento. Outro cuidado a ser tomado em relação à estrutura é quanto à segurança. Para isso, a esterqueira deve ser cercada com tela de 1 metro de altura. Se a estrutura não estiver sendo usada, ela deve ser coberta para evitar riscos ambientais.

Para evitar o transbordamento, a distância entre o nível máximo do resíduo líquido e a borda da esterqueira (distância chamada bordo livre), deve ser de, pelo menos, 0,3 metro. Para retirar o efluente da chorumeira sem revirar os sólidos precipitados, deve ser introduzida uma mangueira a 1 metro de profundidade mínima e 2 metros de profundidade máxima.

Na retirada do efluente, é importante manter a camada de lodo do fundo da esterqueira coberta com resíduo líquido na altura de 1 metro (máximo). Caso contrário, se o nível estiver baixo demais (visualização do lodo do fundo), haverá emissão de fortes odores. Para facilitar o processo de retirada dos dejetos, basta marcar o nível na alvenaria ou manta de revestimento.

Conheça os Cursos CPT da Área Gado de Leite:

Gestão Zootécnica na Pecuária Leiteira

Produção de Leite em Confinamento

Controle de Carrapato, Berne e Mosca-dos-Chifres

Fonte: Milk Point

Por Andréa Oliveira

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis E-book Segredos para a Prevenção de Mastite e Produção de Leite de Qualidade

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!