WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Como controlar infestação de carrapato em pastagens com homeopatia?

O medicamento homeopático deve ser prontamente fornecido aos animais, pois, dessa forma, interrompe-se o ciclo do carrapato e, assim reduz-se a contaminação da pastagem

Controle carrapatos


O medicamento homeopático deve ser prontamente fornecido aos animais, pois, dessa forma, interrompe-se o ciclo do carrapato e, assim reduz-se a contaminação da pastagem, que representa milhares de larvas para cada carrapato presente no animal parasitado. Lembre-se, cada fêmea engorgitada deposita no solo até 3.000 ovos viáveis.

Ação dos medicamentos no carrapato


Segundo Maria do Carmo Arenales, professora do Curso a Distância CPT Manejo Homeopático para Gado de Leite, em Livro+DVD e Curso Online, "Quando o gado recebe o medicamento pelo sal ou pela ração, o medicamento homeopático é absorvido na mucosa oral e torna-se sistêmico. Dessa forma, o carrapato, ao sugar o sangue, recebe sangue impregnado do medicamento homeopático". Após 10 dias da absorção desse sangue, os carrapatos apresentam dificuldade para se alimentar e começam a murchar, até adquirir um aspecto de involução, geralmente com estrias amareladas em todo o corpo. O sangue das fêmeas engorgitadas estará negro e coagulado. Algumas fêmeas engorgitadas caem nas pastagens. Os testes de ovopostura dessas fêmeas determinaram uma massa amorfa, sem larvas viáveis. Na realidade, os animais parasitados representam uma armadilha para os carrapatos.

Sistematicamente, o medicamento atrairá e mumificará os carrapatos das pastagens. Na prática, com regularidade, no gado leiteiro (que é mais susceptível ao carrapato), a limpeza da pastagem é satisfatória entre 6-9 meses de tratamento. Importante é sempre ter presente que a Homeopatia limpa o pasto através do boi (ou cavalo), paulatinamente, sem maior sacrifício da rigidez, ou seja, de saúde. O medicamento ficará em contato com o carrapato por um período de três a quatro semanas. Após esse período, não mais existirá informação genética do medicamento homeopático.

No início do tratamento, em muitas regiões do Brasil, ocorre, naturalmente, um aumento da presença de garças, ditas ou alcunhadas de “carrapateiras”. Essas aves se alimentam de carrapatos, e possuindo um apetite voraz, percebem que a oferta de carrapato no gado está mais abundante. Essas aves representam uma ajuda importante no tratamento, pelo auxílio em limpar a massa desses parasitas. Em algumas localidades, as galinhas cumprem essa função, ou determinados pássaros como as perdizes.

Associação dos banhos ao tratamento homeopático


Quando as pastagens estão intensamente infestadas, os animais devem ser banhados uma vez na semana (essa situação ocorre no gado de leite). A recomendação é, nos meses iniciais do tratamento, associar os banhos ao medicamento homeopático. Esse artifício é necessário para manter a produção do leite e impedir o desfalque do gado, pela anaplasmose, babesiose ou outras patologias. Recomenda-se espaçar os banhos, sistematicamente, de acordo com a necessidade do rebanho.

Como proceder ao banho


Selecione o gado a ser banhado. Animais que se apresentam com uma pequena carga parasitária, ou estão limpos, devem ser excluídos do banho. É importante saber que quanto menos carrapaticida aplicado, mais rápido se atinge os resultados propostos pela homeopatia. Durante o banho, muitos carrapatos se desprendem e realizam a ovopostura, reinfestando, dessa forma, as pastagens. Quanto maior o tempo de aplicação do medicamento homeopático, mais rápida se realiza a limpeza das pastagens.

No controle de carrapato, quando for possível, selecionar no rebanho o gado que não lambe sal, realizando banhos, periodicamente, pois além de existir o perigo da anaplasmose e babesiose, esses animais representam um depositório de carrapatos e permitem a reinfestação das pastagens.

Controlar os carrapatos é mais simples e eficaz que as moscas de chifre, por terem uma mobilidade pequena. Cada propriedade é responsável pelos seus carrapatos, pois carrapato não voa e pouco se locomove. Bovinos e carrapatos não são nativos do Brasil, pertencem ao processo de globalização.

Conheça todos os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Produção Orgânica de Leite.
Por Silvana Teixeira.

Salvar

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

carlos Luiz Gomes

29 de mai. de 2018

Qual e o produto homeopático ideal? Qual nome comercial

Resposta do Portal Cursos CPT

30 de mai. de 2018

Olá Carlos Luiz,

Recomendamos quue consulte um médico veterinário em sua região. Ele poderá lhe passar quais são os melhores remédios homeopáticos existentes.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!