WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Tabapuã, gado brasileiro do futuro

A raça como é conhecida hoje é originária do estado de São Paulo

Entre as características do Tabapuã destacam-se a fertilidade, a habilidade materna e a facilidade de manejo. Foto: ABCT

O gado Tabapuã é de origem brasileira e parte de sua história se passa no estado de São Paulo. Mas, com o tempo, avança para outras regiões e hoje é considerado um dos bovinos brasileiros do futuro. Os criadores acreditam no sucesso do gado mocho e o classificam como promissor. Devido às suas qualidades, a tendência é de que ele continue crescendo e ganhando, junto com outras raças, a preferência no mercado de gado de corte.

História

A raça como é conhecida hoje é originária do estado de São Paulo. Mas, a história do gado mocho começa em Góias, no início do século 20, o que demonstra um interesse antigo dos pecuaristas brasileiros pela constituição de rebanhos mochos. Entre as experiências de cruzamento para a formação do Tabapuã estão os gados Gir e Guzerá.

Na década de 40, o melhoramento alcançado nas experiências zootécnicas com o gado mocho na cidade paulista Tabapuã chamou a atenção dos pecuaristas. Por meio da junção de um taurino goiano com fêmeas Nelore e Gir, mansas, portadoras de habilidade materna e produtividade leiteira, fixou-se uma nova raça. Assim, fortaleceu-se o crescimento do gado mocho e nascia oficialmente o Tabapuã.

Contudo, inicialmente, entre os anos 40 e 50, esses animais ainda eram denominados de Zebu Mocho. Apenas no final da década de 60, os criadores resolveram adotar definitivamente o nome Tabapuã. Com o passar dos anos, o rebanho mocho tem ganhado cada vez mais espaço na pecuária nacional, destacando-se em exposições, leilões e provas de ganho de peso.

Algumas experiências de cruzamentos do gado Tabapuã merecem destaque, é o caso do que é realizado com a vaca da raça Nelore. O resultado gera filhotes rústicos e lucrativos. Existe também a mestiçagem com as raças zebuínas como o Guzerá e a europeia Holandesa, sendo essa última mais praticada nas regiões sulinas do país.

Características raciais

– Fertilidade e habilidade materna.
– Precocidade.
– Facilidade de manejo.
– Coloração branca ou cinza-claro.
– Cabeça de tamanha médio, de formato oval. Pescoço musculoso nos machos e comprido nas fêmeas.
– Corpo comprido, com boa cobertura muscular. O cupim é desenvolvido e firme.

Pensando em você, cliente CPT, o Centro de Produções Técnicas disponibiliza gratuitamente um manual prático com curiosidades e características do gado zebu e suas principais raças: Nelore, Gir e Guzerá.

Portanto, não perca tempo!

 

Leia também


Guzerá é conhecido por sua versatilidade

Angus destaca-se como gado fértil, rústico e excelente produtor de carne

Conheça o gado Nelore

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Manual do Gado Zebu

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!