WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Cruzamento industrial é mais vantajosos em função da expressão máxima da heterose

Cruzamento Limousin x Nelore gera novilhos que representam uma alternativa rápida e barata para se produzir animais de corte modernos, precoces e de alta qualidade

https://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia2124/m-cruzamento-industrial-limousin-nelore.jpg

O cruzamento entre raças zebuínas e raças europeias de corte gera rápido ganho qualitativo para o rebanho.

O Brasil está passando por uma fase de amadurecimento, como produtor e exportador de carne de qualidade, na qual a busca por novos caminhos para a pecuária tem sido uma constante no país. Os próximos anos e os próximos passos serão importantes para o futuro pecuário brasileiro, que tem a missão e a condição de se manter como o maior produtor e exportador de carne bovina do mundo.

Uma das fórmulas encontradas para o sucesso da pecurária é o cruzamento entre raças zebuínas e raças europeias de corte, denominado cruzamento industrial, que  está sendo usado há décadas no Brasil, gerando rápido ganho qualitativo para nosso rebanho. O resultado desse é a produção de um animal cujo vigor híbrido promove um ganho genético rápido, superior ao de seus pais. A heterose ou vigor híbrido é expressa, principalmente, no maior ganho de peso, maior rusticidade com facilidade de adaptação aos mais diversos ambientes, aliando precocidade e fertilidade.

Nesse contexto, a raça Limousin tem sido usada por pecuaristas de grande, médio e pequeno porte, em todas as regiões do Brasil. Suas qualidades tem atraído investidores de vários segmentos, como de genética pura, pecuaristas do setor de cria com rebanho de fêmeas zebu, produtores oriundos da pecuária de leite, engordadores e confinadores, motivados pelo padrão homogêneo da raça e de seus produtos em cruzamento. Os novilhos e novilhas meio sangue, resultantes do cruzamento Limousin x Nelore, representam uma alternativa rápida e barata para se produzir animais de corte modernos, precoces e de alta qualidade.

Os cruzamentos são as melhores alternativas para se obter um ótimo rendimento de carcaça. Os produtos 1/2 sangue Limousin x Zebu desmamam em média com mais de 240 kg, equivalente a 60% do peso das mães zebuínas, permitindo ganhos para quem cria, recria, quem engorda e toda a indústria da carne.

https://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia2124/m-limousin-nelore.jpg

Os 1/2 sangue Limousin x Zebu desmamam em média com mais de 240 kg, equivalente a 60% do peso das mães zebuínas.

Nossos pecuaristas conseguiram fazer do Limousin brasileiro o melhor do mundo, importando as melhores linhagens da França, dos Estados Unidos e do Canadá, e selecionando, em busca de um Limousin brasileiro adequado ao nosso clima e sistema pecuário. Dessa forma, podemos imaginar que, em curto prazo, estaremos exportando genética para o mundo, especialmente para a Europa.

A fim de disseminar o conhecimento sobre o cruzamento industrial, principalmente sobre o uso da raça Limousin, o CPT – Centro de Produções Técnicas elaborou o curso “Cruzamento Industrial Limousin x Nelore”, no qual você receberá informações do médico veterinário e consultor da Associação dos Criadores de Limousin, Paulo Eduardo Fonseca Loureiro. No livro, as informações são complementadas pela Mestre em zootecnia, Patrícia Tristão Mendonça.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On Line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

Há conhecimento consensual de que a composição genética obtida na geração F1, ou seja, animais híbridos frutos do cruzamento de duas raças puras, é aquela que oferece resultados econômicos mais vantajosos em função da expressão máxima da heterose. O F1 produz satisfatoriamente bem e em condições ambientais bastante variáveis, tornando-se muito apreciado comercialmente pelos produtores.

O cruzamento industrial é indicativo claro de que os produtores estão empenhados em buscar alternativas para produzir mais gastando menos. O cruzamento industrial entre raças europeias, como o Limousin, e zebuínas contribui muito para o aumento de produção no país.

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!