WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Concentrados energéticos para a alimentação de bois

São alimentos ricos em energia e pouca proteína bruta. São representados pelos grãos de cereais e seus subprodutos, assim como óleos e outras fontes de gordura

Concentrados energéticos para a alimentação de bois   Artigos Cursos CPT
 

Os concentrados energéticos apresentam alta concentração de nutrientes, principalmente carboidratos de reserva e gordura. "São alimentos ricos em energia e que contém menos de 20% de PB (Proteína Bruta), sendo representados pelos grãos de cereais e seus subprodutos, assim como óleos e outras fontes de gordura", afirma Gilmar Ferreira Prado, professor do Curso a Distância CPT Nutrição de Bovinos de Corte, em Livro+DVD e Curso Online. As principais características dos concentrados energéticos são:

- Possuem baixo teor de fibra.
- Geralmente possuem boa aceitabilidade pelos animais.
- O valor nutritivo não varia tanto dentro de um determinado alimento.
- São alimentos ricos em fósforo e pobres em cálcio.
- Possuem grande variabilidade na qualidade da proteína, mas geralmente é baixa.
- São pobres em PB, quando comparados aos concentrados proteicos.

Concentrados energéticos



I- Milho em grão

Quando o objetivo é a engorda dos animais, seja ela a pasto ou em sistema intensivo, o nutriente mais limitante é a energia, e o milho garante esse suprimento, já que é rico em energia e pobre em proteína. Sendo o principal e mais usado concentrado energético, o milho possui boa aceitabilidade por parte dos animais e ótima disponibilidade no mercado.

II- Milho Desintegrado com Palha e Sabugo (MDPS)

Derivado da produção de milho, o MDPS é comumente conhecido como “Rolão de Milho”, espiga integral moída ou, simplesmente, “Rolão” e apresenta cerca de 70% do valor nutritivo do milho e a mesma proporção em relação aos preços.

III- Sorgo em grão (Sorghum vulgare)

O milho não pode ser considerado como concentrado energético exclusivo. Em meio às oscilações de mercado, deve-se sempre procurar substitutos que, quando usados corretamente, não reduzirão de forma drástica a qualidade da dieta, e que podem proporcionar diferenças significativas em relação ao custo e o sorgo em grão se encaixa perfeitamente como alternativa.

IV- Milheto em grão (Pennisetum typhoides)

Com custo consideravelmente mais barato, o milheto é uma cultura de safrinha comum, de produção estacional e com colheita nos meses de maio e junho. É um substituto para o milho na porção energética da dieta, porém pelo fato de não possuir as características ideais para animais de alta produtividade, como aceitabilidade e grão mais fino e duro, ele só é recomendado como único alimento energético no caso de produção de animais de baixa produtividade, o que não impede a sua utilização em animais mais exigentes. O milheto, se utilizado substituindo o milho em 25% a 50%, não gera problemas.

V- Farelo de arroz integral (Oriza sativa)

O farelo de arroz integral é um concentrado energético com alto teor de extrato etéreo, o que o torna  alimento muito susceptível à rancificação. Deve ser armazenado por, no máximo, 30 dias. É pobre em proteínas e cálcio e rico em energia, fósforo e Vitaminas do complexo B.

VI- Farelo de arroz desengordurado

É o farelo de arroz que foi prensado para a retirada do óleo. Possui maior teor de proteína bruta e menor teor de energia, devido à retirada da gordura. É mais resistente à rancificação e pode ser armazenado por até 3 meses. Em análises, devem-se observar possíveis presenças de cascas nesses farelos, o que deprecia seu valor devido à redução da energia.


VII- Semente de aveia com casca (Avena sativa)

É um concentrado energético que apresenta alto teor de fibras (devido à presença de casca), porém de alta digestibilidade. Apresenta boa aceitabilidade e é encontrada desde o sul até o sudeste e centro-oeste do Brasil, cultivada como cultura de inverno. Não existe diferença nutricional entre as variedades de aveia em grãos (preta ou amarela). Deve apresentar densidade de 50%, ou seja, cada 100 litros de aveia, deve conter 50 kg do grão.

VIII- Farelo de trigo (Triticuma estivum)

Dentre os concentrados energéticos é um produto que possui relativamente altos índices de proteína (não o suficiente para obter a classificação de alimento proteico). Possui baixo valor energético e grande quantidade de fibras. Apresenta alta aceitabilidade pelos bovinos e é um alimento que pode ser usado sem muitas restrições para animais com baixa demanda energética, como bezerros, novilhas e touros. Seu uso é limitado em animais confinados, quando se deseja alto desempenho (tanto corte quanto leite), devido ao baixo valor energético. É um alimento rico em fósforo e pobre em cálcio. Possui boa disponibilidade no mercado e o preço é relativamente bom, em regiões próximas aos moinhos.

IX- Casca de soja (Casquinha de soja peletizada)

As indústrias de ração e os produtores a utilizam como concentrado energético, em substituição ao milho, por apresentar valor proteico baixo (10% de PB) e energia média (70% de NDT). Porém, esse é um alimento que pode ser classificado como volumoso, devido à presença de alto teor de fibras (40% FB) e pela alta digestibilidade. É muito utilizada em dietas com altos níveis de concentrados, por meio da qual melhora o funcionamento do rúmen. Tanto em gado de corte, quanto de leite, a casca de soja pode ser utilizada em quantidades de 2 a 4 kg por animal ao dia, observando o suprimento de energia da dieta.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Gado de Corte.
Por Silvana Teixeira.

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Arão Artur Pedro

19 de set. de 2021

Gostei das informações e continue assim.

Resposta do Portal Cursos CPT

20 de set. de 2021

Olá, Arão! Como vai?

Fiquei feliz em saber que você gostou da nossa matéria, não deixe de nos visitar sempre. Aqui você encontrará, em nossa sessão de artigos e dicas, muitos outros assuntos interessantes que poderão te ajudar.

Forte abraço!                       

Marcela Teixeira.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!