Cursos da Área Curso Gestão na Pecuária de Corte Curso Terminação de Bovinos em Pasto Curso Pastoreio de Lotação Rotacionada para Gado de Leite e Corte Curso Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo Curso Planejamento Alimentar em Sistema de Pastejo - Para Gado de Leite e Corte Curso Fabricação de Ração na Fazenda Curso Nutrição de Bovinos de Corte Curso Alimentação de Bovinos de Corte Curso Como Avaliar Bovinos de Corte para Compra e Seleção Curso Cria de Bezerros de Corte Curso Bovinos de Corte em Confinamento - Instalações, Produção de Alimentos e Escolha dos Animais Curso Instalações e Equipamentos para Pecuária de Corte Curso Como Aumentar a Rentabilidade na Pecuária de Corte Curso Manejo Racional de Gado para Vaqueiro Curso Recria de Bezerros de Corte Curso Transferência de Embriões e Fertilização in Vitro Curso Bovinos de Corte em Confinamento - Manejo e Gerenciamento Curso Prevenção e Controle de Doenças em Bovinos - Verminose Curso Casqueamento e Correção de Aprumos em Bovinos Curso Enquanto o Veterinário Não Chega - Atendimento a Bovinos Curso Como Fazer uma Estação de Monta Curso Melhoramento Genético de Gado de Corte Curso Técnicas para Produzir mais Bezerros Curso Avaliação e Tipificação de Carcaças Bovinas Curso Cruzamento Industrial Red Angus X Nelore Curso Produção de Novilho Superprecoce Curso Produção de Novilho Precoce Curso Criação de Touros Curso Cruzamento Industrial Limousin X Nelore Áreas Afins 30Gado de Leite 17Pastagens e Alimentação Animal 2Produção Orgânica de Leite Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

Castração dos bovinos - por que deve ser feita e quais as principais técnicas

Embora algumas técnicas tradicionais não afetem o bem-estar do bovino, outras podem trazer algumas complicações; por isso, atualmente, alguns pecuaristas preferem a castração imunológica, sem riscos ao bovídeo

Castração dos bovinos - por que deve ser feita e quais as principais técnicas



Nos primórdios, a castração dos bovinos tinha o objetivo único de acalmar os machos. Com o passar dos tempos, este procedimento passou a ser usado pelos pecuaristas visando ao aprimoramento da qualidade da carne de boi, além da sanidade dos bovídeos. Entretanto, embora algumas técnicas tradicionais não afetem o bem-estar do bovino, outras podem trazer algumas complicações, como o estresse do animal, a perda de peso, ou até a morte resultante de infecções.

Por que a castração bovídea deve ser feita?

No Brasil, os bovinos começaram a ser castrados, pois, nas décadas de 20 e 30, o gado era criado solto, sem cercas. Com isso, para amansar os fujões, os pecuaristas adotaram alguns métodos de castração, para que os bovídeos não mais se afastassem da propriedade.

Atualmente, a castração ainda é feita para amansar os bois. Entretanto, a este fator foi associada a castração como aprimoramento da qualidade da carcaça. Descobriu-se que em bovinos castrados a carne era mais aceita no mercado, quando comparada a dos bois inteiros (não castrados).

Muitos ainda argumentam que a carne dos bois não castrados detém menor deposição de gordura e maior de músculo, o que faz com que a carne não fique tão macia e suculenta. Tal afirmação é questionável, pois alguns especialistas dizem obter dos bois inteiros os mesmos padrões de qualidade da carne dos castrados. Isso se a idade do abate estiver abaixo dos 24 meses.

Independente da polêmica que gera o assunto, a verdade é que o porquê da castração dos bovinos depende do propósito dos pecuaristas, bem como do tipo de exploração pecuária adotada nas propriedades.

Qual a melhor época do ano para se castrar os bovinos?

Como prevenção a infecções e outros males aos bovídeos, se a castração for feita pelos métodos torquês (burdizzo) ou ablação dos testículos, a melhor época do ano é o período da seca, cuja proliferação de moscas e/ou parasitas é bem menor. Caso a castração seja feita pelo método da vacinação, qualquer época pode ser escolhida.

Quais as principais técnicas de castração de bovinos?

No Brasil, as principais técnicas de castração de bovídeos são a castração cirúrgica e a não cirúrgica. A cirúrgica, que é a mais utilizada atualmente, é muito mais agressiva, pois causa estresse do bovino, infecções e até a morte, além de um período prolongado para a recuperação do animal (geralmente 1 mês). Já a técnica não cirúrgica, embora tenha curta duração (entre 3 a 5 meses – vacinação), promove o bem-estar animal, sem riscos à sua saúde.

As técnicas de castração cirúrgica ainda são bastante utilizadas pelos pecuaristas brasileiros

A técnica de castração cirúrgica ainda bastante utilizada pelos pecuaristas brasileiros é conhecida como Orquiepididectomia bilateral.

Técnicas cirúrgicas:

Orquiepididectomia bilateral

Esta é a técnica de castração cirúrgica ainda bastante utilizada pelos pecuaristas brasileiros, por meio da qual se retiram os testículos do boi (com ou sem a ligadura do cordão).

Entretanto, tal técnica está ultrapassada, pois é muito agressiva e de longa recuperação do animal, além de tornar o bovino susceptível a infecções e miíases (bicheiras).

Castração parcial ou russa

Por meio desta técnica cirúrgica, o parênquima espermático do bovídeo é removido. Se comparada à Orquiepididectomia bilateral, a castração russa é menos agressiva, mas ainda expõe o boi a alguns riscos, como infecções.

Técnicas não cirúrgicas:

Angiotripsia ou burdizzo

Por meio desta técnica não invasiva, a circulação para os testículos é interrompida com auxílio de um tipo de alicate, até que estes degenerem. Entretanto, se mal feita, deve-se proceder a uma nova castração.

Castração química

Por meio desta técnica não cirúrgica, aplica-se, nos testículos, uma solução de Aldeído-Fórmico + Cloreto de Cádmio, o que faz com que estes atrofiem. Tal técnica é consideravelmente não invasiva e de fácil execução.

Vacina antiGnRH

Por meio desta técnica, os machos são vacinados com antiGnRH, que interrompe o desenvolvimento normal dos testículos. Tal técnica não cirúrgica parece ser uma estratégia promissora.

A castração imunológica, ou imunocastração é não invasiva

A castração imunológica, ou imunocastração é não invasiva, aplicando-se uma vacina (Bopriva) no bovino, que age no sistema imunológico, suspendendo temporariamente a sua fertilidade.

Castração imunológica ou imunocastração

A vacinação conhecida como castração imunológica, ou imunocastração é uma castração não invasiva, aplicando-se uma vacina (Bopriva) no bovino, que age no sistema imunológico (tanto bois como vacas), suspendendo temporariamente a sua fertilidade.

Isso ocorre após a 2ª aplicação da vacina, quando os anticorpos do organismo do bovino impedem a produção dos hormônios sexuais.

O período de duração da vacina varia entre 3 a 5 meses, dependendo do tipo de exploração pecuária adotado. De todas as técnicas não cirúrgicas, esta é a mais inovadora.

Por Andréa Oliveira.

Fontes: Beefpoint, Infoescola, Grupo Cultivar e Bopriva.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os Cursos CPT, da área Gado de Corte, elaborados pelo Centro de Produções Técnicas.

Entre eles, destacam-se:

Curso CPT Transferência de Embriões e Fertilização in Vitro

Curso CPT Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo

Curso CPT Como Aumentar a Rentabilidade na Pecuária de Corte

Curso CPT Instalações e Equipamentos para Pecuária de Corte

Curso CPT Engorda em Confinamento

Curso CPT Engorda a Pasto

Cursos Relacionados

Curso Como Avaliar Bovinos de Corte  para Compra e Seleção Curso Como Avaliar Bovinos de Corte para Compra e Seleção

Com Prof. Carlos Henrique Cavallari Machado e Prof. Lu...

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Criação de Touros Curso Criação de Touros

Com Prof. Evandro Rigo

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Transferência de Embriões e Fertilização in Vitro Curso Transferência de Embriões e Fertilização in Vitro

Com Prof. Dr. Olavo Mendes

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo Curso Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo

Com Prof. Dr. Luis Fonseca

R$ 498,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Avaliação e Tipificação de Carcaças Bovinas Curso Avaliação e Tipificação de Carcaças Bovinas

Com Prof. Dr. Pedro Veiga

R$ 498,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

joão reis montijo

5 de jan de 2016

utilizo sempre a castração cirúrgica com anestésico, porém interessei muito pela castração química com solução de aldeído fórmico 40% + cloreto de cádmio 0,005g + aditivo(óleo de girassol). Encontro dificuldade de conseguir esse produto .Vocês podem me ajudar? Atenciosamente, João Reis

Resposta do Portal Cursos CPT

6 de jan de 2016

Olá, João Reis!

Recomendamos que procure por veterinárias especializadas neste tipo de procedimento.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Outros artigos relacionados à área Gado de Corte

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade