WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Frangos de corte: importância do concentrado na alimentação

É como diz o ditado: galinhas que não comem não engordam. Certo ou errado? Certo! Mas até que ponto?

Avicultura de corte:  o concentrado na alimentação

 

Precisando de uma ajudinha para entender a grande importância que tem o concentrado em uma granja de frangos de corte? Podemos ajudar! Leia essa matéria até o final e tire todas as suas dúvidas quanto a este assunto. Vamos lá?

É como diz o ditado: galinhas que não comem não engordam. Certo ou errado? Certo! Mas até que ponto? Como alimentar as galinhas corretamente, de forma a obter todo o seu potencial produtivo, e não ter prejuízos? O que fazer? Pois bem, às respostas, então!

Sem a alimentação adequada, os animais não conseguem expressar todo o seu potencial produtivo e, por isso, menos quilos de carne são obtidos ao final do ciclo de produção, o que consequentemente é convertido em menos dinheiro para o produtor, explica Marcelo Carvalho de Souza, professor do Curso CPT Gestão Econômica e Financeira na Avicultura de Corte.

Entretanto, mesmo sabendo que galinhas que não comem não engordam, nunca se deve fornecer alimento além do necessário, uma vez que isso pode sobrecarregar, e muito, os custos de produção.

Na avicultura de corte, o concentrado pode comprometer cerca de 80% do Custo Operacional Efetivo (COE) e 75% do Custo Total (CT), entretanto, é impossível fornecer menos ração que o necessário para os animais.

Em virtude disso, o que pode ser feito para amenizar o impacto dos gastos com a alimentação é proporcionar condições para que as aves tenham uma conversão alimentar o mais eficiente possível.

São medidas que podem ser adotadas nas granjas para um alto aproveitamento do alimento ingerido pelos animais:


• Proporcionar boa ambiência.
• Manejar galpão, comedouros e bebedouros adequadamente.
• Disponibilizar alimento e água na quantidade correta.
• Adquirir matérias-primas de qualidade para a composição da ração com bom custo-benefício.

Granjas com bons resultados econômicos que empregam essas medidas eficientemente chegam a comprometer, no máximo, apenas 50% da sua renda com gasto de ração.


Gostou da matéria? Quer saber mais sobre o assunto? Leia abaixo:


- Granja de frangos: como calcular o custo de produção?


Quer saber mais sobre o Curso CPT? Assista ao vídeo abaixo:


 

 

Conheça os Cursos CPT da área Avicultura.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!