WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Esquenta Black Friday 25%OFF nos cursos online

Criação de frangos em alta densidade exige ração especial

A ração a ser utilizada para alta densidade deve ter uma formulação apropriada para esta condição, não podendo ser usada a mesma que para criação em baixa densidade

Criação de frangos em alta densidade exige ração especial   Artigos CPT

 

Muitos fatores têm grande importância para a criação de frangos em alta densidade além daqueles relativos às instalações e à qualidade do ar. Um deles refere-se à nutrição das aves. “A ração a ser utilizada para alta densidade deve ter uma formulação apropriada para esta condição, não podendo ser usada a mesma que para criação em baixa densidade”, afirma Ilda de Fátima Ferreira Tinôco, professora do Curso CPT Produção de Frango de Corte em Alta Densidade.

O balanceamento nutricional, o transporte e os cuidados com o manejo da ração são de grande importância. É de conhecimento comum daqueles inseridos nessa área que à medida que a temperatura começa a subir, não importando qual condição de densidade, a ave deixa de comer, o que se denomina de estresse calórico. Teoricamente, as modificações de ambiente satisfazem as condições do efeito do estresse calórico, mas o que fazer quanto ao estresse nutricional? Se há estresse calórico, a ave não vai alimentar.

Então, deve-se buscar nessas condições, não de temperatura, mas de alta densidade, modificar ou alterar os níveis nutricionais de ração dessas aves de corte. Essas alterações podem ser baseadas em dois pontos: alterações físicas, ou seja, usar uma ração granulada com níveis nutricionais normais ou rações de alta densidade nutricional, rações fareladas, sem nenhum aspecto físico.

Quando se usam as rações granuladas, ou seja, alterações do aspecto físico das rações, exige-se ter um investimento grande nos equipamentos e manutenção desses equipamentos. Então, o investimento é alto e o custo é elevado. Para aqueles que têm condições de fazer isso é perfeitamente viável, mas o retorno desse investimento vai demorar muito, principalmente em épocas de economia instável. Então, a maneira mais fácil é alterar as medidas das rações, usando as rações normais fareladas.

Esses níveis nutricionais, ou seja, uma ração de alta densidade nutricional se baseiam mais na alteração dos níveis de energia e dos níveis de determinados nutrientes, como metionina, lisina, cálcio e fósforo. Nessas condições, mesmo as aves ingerindo pouco, elas vão ingerir a quantidade de nutrientes necessária ao seu desempenho.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo: 


Conheça os Cursos CPT da área Avicultura.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!