Codorna, com manejo correto se obtém bons resultados produtivos

Devido a dúvidas postadas no site Tecnologia e Treinamento, do grupo CPT, nosso profissional da área elaborou este artigo, que trata de alguns fatores que influenciam nos índices de postura e eclodibilidade na criação de codornas.

Para obtenção de bons índices produtivos é necessário que se realize algumas prática de manejo de produção, nutrição e reprodução.

Para obtenção de bons índices produtivos é necessário que se realize algumas prática de manejo de produção, nutrição e reprodução.

Na criação de codornas para produção de ovos a espécie Coturnix coturnix japônica é muito utilizada, e tem demonstrado índices de eclosão de 80%, enquanto a Coturnix coturnix coturnix demonstra taxas de 60%. No entanto, para que esse índice seja atingido, é necessário que se realize algumas prática de manejo de produção, nutrição e reprodução, determinantes do potencial produtivo das aves.

Na produção, fatores como programa de luz, alimentação, sanidade e ambiência são importantíssimos para o desenvolvimento das aves e, consequentemente, uma boa taxa de postura. De acordo com o sistema de criação e tipo de instalação adotada, recomenda-se que não deve existir mais que 100 aves/m2. É muito comum a criação inicial de 1 a 35 dias ser realizada no piso e, posteriormente, em gaiolas. A partir de 38 a 41 dias, a realização de um programa de luz é muito importante para postura, assim como a adequação da ração de acordo com o período de desenvolvimento das aves. Entre 42 e 45 dias de idade, espera-se que 50% das codornas estejam em produção. Apesar de serem consideradas aves rústicas, um programa sanitário e de vacinação deve ser implantado.

Na fase de reprodução, a proporção de macho por fêmea é muito importante na obtenção de melhores índices de fertilidade e eclodibilidade. Recomenda-se a utilização de um macho para cada duas a três fêmeas. Após a introdução dos machos sexualmente maduros nas gaiolas das fêmeas, já é possível obter ovos fertilizados após 48 a 72 horas, mas normalmente, aguardam-se 15 dias para realizar a primeira coleta para incubação, garantindo que todos os ovos postos naquela gaiola estejam realmente fertilizados.

O manejo adequado dos reprodutores e da incubadora são fatores que garantem uma boa taxa de eclosão.

O manejo adequado dos reprodutores e da incubadora são fatores que garantem uma boa taxa de eclosão.

O manejo adequado dos reprodutores e da incubadora são fatores que garantem uma boa taxa de eclosão. O período de incubação ocorre em condições muito precisas de temperatura, umidade e ventilação, por isso o controle dessas variáveis é de suma importância. A estocagem de ovos é uma prática comum nesse processo, e tem como objetivo obter número de ovos suficientes para preencher as máquinas incubadoras e sincronizar os nascimentos.
 
O armazenamento desses ovos deve ser feito em ambientes com temperaturas inferiores a 20ºC. Quando armazenados em temperatura de 18º e 80% de umidade, podem permanecer até 7 dias, a partir daí ocorre diminuição da taxa de eclosão em 3% ao dia, até que se tenha uma perda considerável, 14 dias após a postura. Outro fator importante é o transporte dos ovos, esse deve ser realizado com o máximo cuidado, evitando-se a trinca, o que se ocorrer, levará à desidratação dos mesmos, reduzindo a eclodibilidade.  

As principais causas de mortalidade embrionária, nos primeiros dias, são as seguintes: consanguinidade, idade, deficiência nutricional nas matrizes e temperaturas muito elevadas. Já nos últimos dias, problemas de regulagem de máquinas, principalmente temperatura, ventilação e umidade, e a transferência para a câmara de eclosão são responsáveis pela morte dos embriões.

Diante do exposto, a obtenção de maior produtividade está dependente de adequado manejo de produção, alimentar e reprodutivo do plantel, sempre devendo entrar em contato com um zootecnista ou médico veterinário para assisti-lo de forma correta, de acordo com cada tipo de criação, quanto ao manejo destinado em cada uma. Lembre-se que a visita desses profissionais em sua criação é muito importante, pois quanto mais informações forem obtidas, mais fácil será para assisti-lo no que for necessário.

Conheça os Cursos CPT da área Avicultura.

Cursos Relacionados

Curso Codornas - Iniciando a Criação Curso Codornas - Iniciando a Criação

Com Prof. Dr. Joji Ariki e Prof.ª Dr.ª Vera Moraes

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Codornas - Recria e Reprodução Curso Codornas - Recria e Reprodução

Com Prof. Dr. Joji Ariki e Prof.ª Dr.ª Vera Moraes

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Galinhas Poedeiras Cria e Recria Curso Galinhas Poedeiras Cria e Recria

Com Prof. Dr. Júlio Puppa

R$ 475,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,58 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Galinhas Poedeiras - Produção e Comercialização de Ovos Curso Galinhas Poedeiras - Produção e Comercialização de Ovos

Com Prof. Dr. Júlio Puppa

R$ 475,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,58 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Paulo Roberto Sousa Lapa

17 de mai de 2019

Boa noite Qual o tempo da parada de uma postura a outra?

Resposta do Portal Cursos CPT

20 de mai de 2019

Olá Paulo Roberto Sousa Lapa,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

A fase de postura das codornas inicia-se por volta da semana 18 de vida, tendo o ápice produtivo entre as semanas 28 e 30. Porém, para que se consiga ótimos resultados de postura, o manejo animal é fundamental. E para isso, a realização de cursos é uma excelente maneira para ter sucesso na atividade.

Sendo assim, em breve, uma das nossas consultoras entrará em contato com informações e esclarecimentos em relação aos cursos sobre a criação de codornas.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

Paulo Santana

27 de jun de 2018

tô com uma perda grande de ovos na chocadeira como controlar a umidade e também qual ambiente ideal para os filhotes ao nascer também perco muito.

Resposta do Portal Cursos CPT

27 de jun de 2018

Bom dia Paulo,

Recomendamos que consulte um técnico da área para auxiar na resolução dos problemas.

O armazenamento desses ovos deve ser feito em ambientes com temperaturas inferiores a 20ºC. Quando armazenados em temperatura de 18º e 80% de umidade, podem permanecer até 7 dias, a partir daí ocorre diminuição da taxa de eclosão em 3% ao dia, até que se tenha uma perda considerável, 14 dias após a postura. Outro fator importante é o transporte dos ovos, esse deve ser realizado com o máximo cuidado, evitando-se a trinca, o que se ocorrer, levará à desidratação dos mesmos, reduzindo a eclodibilidade.

As principais causas de mortalidade embrionária, nos primeiros dias, são as seguintes: consanguinidade, idade, deficiência nutricional nas matrizes e temperaturas muito elevadas. Já nos últimos dias, problemas de regulagem de máquinas, principalmente temperatura, ventilação e umidade, e a transferência para a câmara de eclosão são responsáveis pela morte dos embriões.

Saiba mais sobre criação de codornas. Conheça o curso Codornas - Iniciando a Criação, produzido pelo CPT.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Raphael Rodrigues

24 de mai de 2017

Deve se tratar quantas vezes por dia das codornas? O que é indicado para ter uma boa postura

Resposta do Portal Cursos CPT

25 de mai de 2017

Olá Raphael,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Guilherme

11 de jan de 2016

Bom dia! Eu obtive informações que as codornas podem fazer a postura de mais de 1 ovo por dia. Isso é verídico? Agradeço a atenção e compreensão. Aguardo retorno.

Resposta do Portal Cursos CPT

14 de jan de 2016

Olá, Guilherme!

Normalmente as codornas botam uma unidade diária no período de postura.

Veja o que diz, por exemplo, um especialista do Globo Rural, acessando a matéria: Como criar codornas.

Atenciosamente,

Silvana Teixeira.

Saniel maycon

19 de jul de 2015

Tem algum problema se criar burguesas no mesmo lugar que as codornas

Resposta do Portal Cursos CPT

20 de jul de 2015

Olá, Saniel!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Elas podem ser criadas no mesmo local.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

DANILO LUCIANO DE CASTRO

10 de out de 2014

Como fazer uma codorna suprir suas necessidades para produzir ovos 2 a 3 ovos diários

Resposta do Portal Cursos CPT

10 de out de 2014

Olá, Danilo!

Agraecemos sua visita e comentário em nosso site.

A partir de 38 - 40 dias de idade deve-se iniciar o fornecimento da ração de postura, pois até então a ração utilizada era a inicial.

O fornecimento de ração deve ocorrer no mínimo duas vezes ao dia. Deve-se realizar um trato pela manhã bem cedo e outro na parte da tarde, por volta das 16 horas. É o sistema mais usual, devendo-se observar a quantidade a ser distribuída na calha, para não ocorrer desperdícios.

O ideal seria realizar três tratos, com o preenchimento de um terço do volume do comedouro. O limite seria até a metade, pois assim evitaria desperdícios, contaminações e fermentação.

De qualquer forma, a ração deve ser fornecida à vontade,  sempre existindo alimento disponível para as aves.

A quantidade de consumo prevista é de 20 a 23 g/dia, por ave, mas esses valores dependerão, dentre outros fatores, da formulação da ração, da temperatura ambiente e fatores de estresse.

Para que haja maior estímulo alimentar recomenda-se a ração na calha. Nos tratadores automáticos, uma corrente uniformizadora desempenha essa função.

Para mais informações o CPT possui o Curso Codornas - Recria e Reproduçao que podera lhe auxiliar.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

bianor ribeiro neto

19 de jul de 2014

Eu já crio codornas. E quero aprender mais sobre as mesmas.Quero reproduzi-las. Eu tenho um pequeno número mais quero aumentar. Ok? Aguardo resposta Bianor.

Resposta do Portal Cursos CPT

22 de jul de 2014

Olá, Bianor!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

O tempo de incubação dos ovos de codorna é de aproximadamente 16 dias, com posterior rápido desenvolvimento físico. Ao nascer, a codorna japonesa pesa, em média 7 g, o que corresponde a 70% do peso do ovo, e aos 28 dias apresentam peso 10 vezes maior que o inicial.

Na fase adulta, as fêmeas chegam a pesar 180 g e os machos 160 g. Essa diferença ocorre devido ao maior desenvolvimento do aparelho reprodutor e do fígado das fêmeas.

A codorna, é considerada uma das aves com desenvolvimento fisiológico mais precoce, pois inicia sua postura entre 38 e 45 dias de idade, chegando a produzir 300 ovos no primeiro ano de vida.

O peso do ovo varia entre 9 e 12,5 g, representando aproximadamente 5% do peso corporal da ave. O ovo de codorna é constituído de 74,6% de água, 13,1% de proteína, 11,2% de lípideos e 1,1% de cinza total.

Vale ressaltar, que algumas práticas de manejo de produção, de cortina, de reprodução e de alimentação, são essenciais para melhorar o desempenho das codornas e a qualidade de seus ovos, reduzindo os seus custos e estimulando o produtor a persistir no investimento e ampliá-lo. Essas práticas incluem aspectos sanitários, ambientais e genéticos, associando à nutrição, para que as aves respondam com o máximo potencial produtivo.

Para mais informações recomendamos que conheça o Curso CPT Codornas - Recria e Reprodução.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

joao eudes

8 de nov de 2013

Excelente conteúdo com ele já tenho bastante conhecimento em codornas... to começando uma criação em meu quintal... e os macho fazem muita zoada... acho que esta incomodando meus vizinhos... será q tem algo q posso fazer para evitar essas ZOADA???? RESPONDE ME QUEM SOUBER POR FAVOR....

Resposta do Portal Cursos CPT

8 de nov de 2013

Olá, João Eudes!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Este barulho é natural das codornas, para mais informações se existe uma forma de evitar ou diminuir estte som recomendamos que procure um médico veterinário.

Atenciosamente,

Ana Carolian dos Santos

jackson junior

1 de abr de 2013

Este artigo me ampliou sobre o conhecimento desta devida espécie. E assim podendo ampliar meu conhecimento sobre esta ave ...

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de abr de 2013

Olá, Jackson!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Atencisoamente,

Ana Carolina dos Santos

roberto r l

10 de mar de 2013

Boa tarde! Gostaria de saber em quanto tempo vou ter retorno criando codorna?

Resposta do Portal Cursos CPT

11 de mar de 2013

Olá, Roberto!

Agradecemos sua visita e eu comentário em nosso site.

As codornas crescem e se reproduzem em 45a 50 dias e com 5 ou 6 semanas de vida estão prontas para abate.

Saiba mais sobre criação de codornas. Conheça o curso Codornas - Iniciando a Criação, produzido pelo CPT.

Atenciosamente,

Natália Parzanini Brum

Outros artigos relacionados à área Avicultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade