WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Vai produzir cachaça? Aprenda mais sobre a destilação!

Vai produzir cachaça? Saiba, então, que a aguardente é separada do vinho pela operação de destilação, que se baseia na diferença do grau de volatilização dos seus componentes

Vai produzir cachaça? Aprenda mais sobre a destilação!    Artigos Cursos CPT

 

Vai produzir cachaça? Saiba, então, que o caldo de cana, após o seu preparo e durante a fermentação, é denominado de mosto. Após a fermentação adequada, recebe o nome de vinho. “A aguardente é separada do vinho pela operação de destilação, que se baseia na diferença do grau de volatilização dos seus componentes”, afirma Dr. José Benício Paes Chaves, professor do Curso a Distância CPT Cachaça - Produção Artesanal de Qualidade. Esta operação é realizada por meio de aquecimento do vinho em recipientes denominados destiladores (alambiques).

A qualidade sensorial da aguardente depende de sua composição qualitativa em ésteres, ácidos, álcoois, aldeídos e várias outras substâncias presentes em mínimas quantidades, mas é, principalmente, a proporção adequada destes componentes na mistura que condiciona o aroma e o sabor típico da bebida. Esta composição depende, dentre outras variáveis, da natureza e da composição do vinho, do tipo e da condução operacional da operação de destilação. Estes fatores controlam e determinam o buquê das aguardentes, que é resultante da combinação de aromas dos componentes não-álcoois.

A eficiência da destilação é influenciada por variáveis como: qualidade da mistura (vinho), projeto do alambique (destilador) e condições operacionais. A água é, quantitativamente, o principal componente do vinho e também da aguardente, e controla a separação dos não-álcoois, em razão do comportamento destas substâncias em solução de baixa graduação alcoólica, em que a separação se baseia na diferença de ponto de ebulição das substâncias e na solubilidade dos componentes em água e no álcool (etanol), o segundo componente em quantidade.

Nos vinhos com teor alcoólico variando de 5 a 8%, o comportamento da maioria das impurezas de cauda (ponto de ebulição maior que o do álcool) assemelha-se ao das impurezas de cabeça (ponto de ebulição menor que o do álcool). Deste modo, a operação de destilação deve ser conduzida de forma que a aguardente, tenha aroma e sabor de alguns componentes voláteis, provenientes do mosto ou formados durante a fermentação e a destilação, dando ao destilado uma composição de não-álcoois totais (aldeídos, ácidos voláteis, ésteres, furfural e álcoois superiores) entre 200 e 650 mg por 100 ml de álcool a 100%, para atender aos padrões de identidade e qualidade da aguardente de cana.

Terminada a fermentação do mosto (a leitura no areômetro de Brix é zero ou “menos"), o vinho deve ser destilado imediatamente, evitando-se, assim, que o álcool (etanol) venha a ser transformado em vinagre, provocando, em consequência, uma deterioração da qualidade sensorial (gosto) da aguardente. Além disso, após a fermentação, as infecções aparecem mais rapidamente no vinho. O vinho colocado no alambique contem de 7 a 10% de álcool (etanol) que, durante a destilação, eleva-se para 52 a 54% (52 a 54 ºGL), correspondente a 19,85 a 20,47 oCartier.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Vai produzir cachaça? Moa a cana no mesmo dia que foi cortada!
- Você sabe o quem transforma o açúcar em álcool? As leveduras!

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT da área Agroindústria.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!