Tipos de pimentas mais consumidas no Brasil

As pimentas Malagueta, Dedo-de-Moça e Cumari representam a grande maioria das pimentas consumidas no Brasil

 

 

As pimentas pertencem ao gênero Capsicum. As Capsicum annuum são originadas do México e do Norte da América Central. Já as Capsicum frutescens são originadas da América do Sul. As primeiras são as designadas pimentas doces, como o pimentão e as últimas, pimentas picantes, como a tabasco. Além de conferirem um sabor todo especial aos pratos, a capsaicina contida em algumas espécies de pimenta alivia dores de cabeça e dores musculares, além de melhorar a digestão. Tais propriedades são encontradas na Malagueta, na Dedo-de-Moça e na Cumari. Estas representam a grande maioria das pimentas cultivadas no Brasil. Já a pimenta-do-reino pertence a outro gênero e a substância que causa sua ardência recebe o nome de piperina.

A maioria das cultivares de pimentas plantadas no Brasil, como a Malagueta (C. Frutescens), a Dedo-de-Moça (C. baccatum), a Cumari (C. baccatum var. praetermissum), a De Cheiro e a Bode (C. chinense), são consideradas variedades botânicas, com características de frutos bem definidas. Nos últimos anos, o estado que mais se destacou na produção de pimentas é Minas Gerais, além de ser também um dos seus principais consumidores.

Vejamos abaixo as principais características das cultivares mais comuns encontradas em nosso país:

Pimenta Biquinho (Capsicum chinense):

Altura da planta:  entre 0,80 e 1,20 m;
Tamanho do fruto: 3 cm de comprimento e 1,5 cm de diâmetro;
Forma do fruto: arredondada, terminando em uma ponta;
Coloração do fruto: vermelha;
Pungência: suave;
Colheita: de 40 a 70 dias após a semeadura.
Utilização:consumo “in natura” ou em conserva.

Dedo-de-Moça (Capsicum baccatum):

Altura da planta: aproximadamente 1,0 m;
Tamanho do fruto: 7,5 cm de comprimento e 1,0 a 1,5 cm de diâmetro;
Forma do fruto: alongada e curva;
Coloração do fruto: vermelha intensa;
Pungência: mais suave que a Malagueta;
Colheita: de 50 a 55 dias após a semeadura.
Utilização:consumo “in natura” ou em conserva.

Pimenta Cumari (Capsicum praetermissum):

Altura da planta:  entre 70 e 90 cm;
Tamanho do fruto: 0,6 a 0,7 cm de comprimento e 0,5 cm de diâmetro;
Forma do fruto: arredondado ou ovalado;
Coloração do fruto: da amarela à vermelha intensa;
Pungência: bastante picante e um pouco amarga;
Colheita: de 100 a 150 dias após a semeadura.
Utilização:consumo “in natura” ou em conserva.

Pimenta Malagueta (Capsicum frutescens):

Altura da planta: entre 0,90 e 1,20 m;
Tamanho do fruto: entre 1,5 e 3,5 cm de comprimento e 0,3 a 0,5 cm de diâmetro;
Forma do fruto: alongada;
Coloração do fruto: vermelha;
Pungência: bastante picante;
Colheita: de 110 a 120 dias após a semeadura.
Utilização:consumo “in natura”,  em conserva ou em molhos.

Pimenta Tabasco (Capsicum frutescens):

Altura da planta:  aproximadamente 58 cm;
Tamanho do fruto: de 2,5 a 5,0 cm de comprimento e 0,5 cm de diâmetro;
Forma do fruto: alongada;
Coloração do fruto: varia da verde, à amarela ou laranja e, depois, vermelha;
Pungência: bastante picante;
Colheita: 90 dias após a semeadura.
Utilização: consumo em molhos.

Aprimore seus conhecimentos acessando os Cursos CPT, da área Agroindústria, elaborados pelo CPT - Centro de Produções Técnicas, entre eles o Curso Produção e Processamento de Pimenta.

Por Andréa de Lélis.

Cursos Relacionados

Curso Produção e Processamento de Pimenta-do-Reino Curso Produção e Processamento de Pimenta-do-Reino

Com Prof. Barachisio Lisboa

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Montar e Operar uma Pequena Fábrica de Vegetais Desidratados Curso Como Montar e Operar uma Pequena Fábrica de Vegetais Desidratados

Com Prof. Dr. Paulo Stringheta e Prof. Pedro Meloni

R$ 460,00 à vista ou em até 12x de R$ 38,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo de Urucum e Produção de Corantes Naturais Curso Cultivo de Urucum e Produção de Corantes Naturais

Com Prof. Dr. Abel Rebouças de São José

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção e Processamento de Pimenta Curso Produção e Processamento de Pimenta

Com Prof.ª Roseane Mendonça de Figueiredo

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Valdeci Aparecido da Silva

21 de jan de 2017

Aonde posso comprar as sementes desse tipos de pimenta .

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de fev de 2017

Olá Valdeci,

Você pode encontrar em sites especializados na internet.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

maria de fatima da silva

1 de set de 2015

GOSTARIA DE SABER SE DEPOIS QUE EU FIZER UMA MOLHEIRA EU POSSO GUARDAR FORA DA GELADEIRA.

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de set de 2015

Olá, Maria de Fátima!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Ela pode ser conservada fora da geladeira.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Eliana

21 de jul de 2014

Gostaria de saber como embalar em vidros as pimentas para a comercialização. Obrigada

Resposta do Portal Cursos CPT

25 de jul de 2014

Olá, Eliana!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

O banho-maria é uma técnica muito utilizada na conservação dos alimentos, que coloca garrafas e vidros com produtos a serem conservados numa vasilha grande e finda com água fervente, por determinado período de tempo. É recomendado colocar um pano ou uma grade de madeira no fundo da panela, para evitar que os vidros e as garrafas com alimentos se quebrem.

O tempo de fervura necessário para a pasteurização dos pote é dependente do tamanho do pote utilizado. Os potes grandes demoram mais a atingir a temperatura necessária e necessitam de tempo de fervura maiores.

Para mais informações o CPT possui o Curso Produção e Processamento de Pimenta.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Adriana evangelista

30 de mai de 2014

Gostaria de ter mais conhecimentos sobre pimenta malagueta e dedo de moça, estou querendo plantar.

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de jun de 2014

Olá, Adriana!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Como plantar: Os melhores solos para o cultivo da pimenteira são os profundos, leves, férteis e bem drenados. Quando plantada no campo, faça em sulcos de 30 a 40 centímetros de largura e 20 a 25 centímetros de profundidade, com uma distância de 80 centímetros. Para o plantio em vasos, a dica é comprar mudas de produtores experientes.

Covas: Há a necessidade de covas apenas para os cultivos nos quais não são feitos os sulcos. O tamanho delas varia de acordo com o tipo de embalagem - bandejas ou saquinhos - da muda, mas um padrão de medida utilizado é 20 x 20 x 20 centímetros.

Transplantio: Assim que as mudas apresentarem cinco folhas, ou atingirem dez centímetros de altura, pode ser feito o transplante para o campo ou vaso. Deve-se ter cuidado para não ferir as raízes ao retirá-las da embalagem. Após esse processo, irrigue regularmente as mudas, mas evite o encharcamento.

Cuidados: Na escolha de variedades, dê preferência às mais resistentes. Elas são uma das alternativas mais eficazes no combate às doenças que atacam a pimenteira. Uso de proteção nas mudas, controle adequado das plantas daninhas e aplicação correta de fungicidas e bactericidas registrados também ajudam a evitar doenças. As mesmas medidas podem ser utilizadas para impedir a presença de pragas na cultura.

Poda: Faça após o período de frutificação e no caso de colheitas contínuas. A prática deve ocorrer logo que a produção tenha cessado. A poda estimula o rebrotamento e a produtividade da planta.

Produção: A pimenteira pode produzir por vários meses, mas isso depende de condições favoráveis, como temperatura, fertilidade e variedade da espécie utilizada. Em geral, a colheita leva de 50 a 55 dias após a floração. Em locais de temperaturas mais elevadas, o desenvolvimento da pimenta é mais rápido.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

jenifer

13 de nov de 2013

Nossa eu e minhas amigas aprendemos muito com esse texto e explicamos ele até na escola no trabalho de história e todos gostaram.

Resposta do Portal Cursos CPT

14 de nov de 2013

Olá, Jenifer!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Ficamos felizes que tenha este artigo possa ter lhe ajudado.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Outros artigos relacionados à área Agroindústria

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade